F1 – De la Rosa nega preocupação com a segurança dos pilotos no Bahrain

f111-de la_rosa_fone-350O presidente da GPDA, Pedro de la Rosa, insiste que não tem preocupações em relação à segurança no GP do Bahrain, tendo visto como está a situação no país. O espanhol destacou que a associação dos pilotos confia no processo de decisão da FIA.

“Não é uma preocupação”, declarou de la Rosa ao site Autosport. “Nossa posição é que não conhecemos a situação no Bahrain bem o suficiente para ter uma opinião forte a respeito dela, e confiamos na FIA, que fez toda a pesquisa. Não analisamos mais detalhes”.

“Confiamos nas pessoas que tomaram a decisão. É o melhor que você pode fazer, e se afastar da controvérsia. Somos esportistas e precisamos atuar na pista, ponto final”.

Enquanto alguns pilotos falaram sobre as medidas de segurança adicionais, de la Rosa não está tratando a prova do Bahrain de modo diferente dos eventos realizados em anos anteriores.

“Estou seguindo o mesmo processo e tomando as mesmas medidas de qualquer outro GP do Bahrain em que estive envolvido. Não vi nenhuma diferença até agora. Talvez haja um pouco mais de segurança nas entradas dos hotéis, mas não vi nada diferente”.

Ao ser questionado sobre o incidente da última noite, no qual membros da Force India foram surpreendidos por um conflito entre os manifestantes e a polícia e um coquetel Molotov explodiu perto de seu carro, de la Rosa admitiu que não estava ciente da situação.

“É claro que não é uma situação segura se isso acontece, mas não sei o suficiente sobre isso para fazer comentários”.

LS – www.autoracing.com.br 

 

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.