F1 – Conversas para manter GP da Alemanha estão difíceis

Chase Carey

Chase Carey admitiu que as conversas sobre o futuro do GP da Alemanha são “difíceis”. Espera-se que Hockenheim e Barcelona sejam excluídos do calendário de 21 corridas do próximo ano para criar espaço para as próximas corridas no Vietnã e em Zandvoort.

“Ainda não publicamos o calendário para 2020, então não quero antecipar que corridas vão estar lá”, disse Carey, diretor executivo da F1, ao Sport Bild.

“Mas, como sempre digo, a Alemanha é um mercado incrivelmente importante para nós. Há muitos fãs alemães, uma equipe alemã ganhou os últimos cinco títulos e um piloto alemão está correndo pelo campeonato mundial. Vamos continuar trabalhando para oferecer algo aos torcedores”, acrescentou Carey.

No entanto, é improvável que o ‘algo’ seja um GP da Alemanha de 2020, como o chefe da Hockenheim, Georg Seiler, admitiu esta semana. Na verdade, Carey admitiu que as conversações com Hockenheim são “difíceis”. “Mas o nosso entusiasmo pela Alemanha e pelo mercado alemão permanecerá sempre”, concluiu ele.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.