F1 – Controvérsia sobre patrocínio título da Haas continua em Spa

Haas

A patrocinadora título da Haas permanece estampando seu logo no carro de F1 da equipe, em Spa Francorchamps.

Antes do intervalo de agosto, o chefe da Rich Energy estava preso em uma disputa com outros acionistas e disparando farpas sobre o carro de 2019 da Haas, que a certa altura ele descreveu como uma “caixa de leite flutuante”.

O chefe da equipe, Gunther Steiner, disse que a questão seria resolvida durante o intervalo. Mas em Spa, a controvérsia com a marca de bebidas energéticas britânica permanece.

“As pessoas lá se acalmaram um pouco, agora vamos ver o que acontece a seguir”, disse Steiner na Bélgica. “Para começar, era importante que todos se acalmassem para que as decisões racionais pudessem ser tomadas”.

“Faremos o que é exigido de nós, talvez em uma reunião em Londres na próxima semana”, ele acrescentou.

A questão principal parece ser que o chefe da Rich Energy, William Storey, declarou originalmente que tinha “terminado” o acordo com a Haas.

Steiner declarou em Spa: “Eu não quero entrar em detalhes do contrato, mas primeiro eles precisam decidir se vão continuar a cooperar conosco. Eu não tenho nada a ver com isso. Eu tenho o suficiente para fazer”.

Mas Steiner admitiu que a saga parece improvável de ser resolvida até a próxima corrida em Monza. “Acho que depois”, comentou ele. “Monza já é na próxima semana, por isso não há tempo suficiente para fazer tudo o que tem que ser feito”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.