F1 considera congelamento do motor de combustão em 2021

UP Mercedes 2019

A Fórmula 1 está considerando um congelamento do motor de combustão interna que faz parte das atuais unidades de potência a partir de 2021.

Anteriormente, acreditava-se que as regras de motores permaneceriam estáveis até 2025.

Contudo, preocupações com os altos custos de desenvolvimento agora estão provocando a especulação de que um congelamento antes disso pode estar nos planos, deixando apenas as partes elétricas das UPs abertas ao desenvolvimento constante.

O primeiro passo é limitar o tempo de testes na bancada. “Isso reduziria os custos em 5% como um bom primeiro passo”, declarou Toto Wolff, da Mercedes, à Auto Motor und Sport. “Mas precisa haver mais”.

Ele afirma que um congelamento do motor de combustão interna seria o próximo passo. “Seria melhor para a sustentabilidade se continuássemos desenvolvendo a parte elétrica da UP”, disse Wolff.

Atualmente, o MGU-K proporciona 20% da potência total. “Nós podemos imaginar um aumento desse número para 50%”, acrescentou Wolff.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.