F1 confirma saída do chefe comercial

Sean Bratches

A Fórmula 1 anunciou que o chefe comercial Sean Bratches deixará seu cargo na organização a fim de passar mais tempo com sua família.

Bratches, que sai oficialmente no final de janeiro, continuará tendo uma função de consultoria.

Tendo feito seu nome na ESPN, Bratches foi nomeado diretor de operações comerciais quando a Liberty comprou a F1 há três anos, em janeiro de 2017, e fez parte de um gerenciamento de três homens ao lado de Chase Carey e Ross Brawn.

Seu principal foco foi aumentar a renda das taxas de corrida, patrocínio e acordos de transmissão. Ele trabalhava em Londres e estava achando cada vez mais difícil justificar o tempo afastado de sua esposa e família em Connecticut, com as viagens para os GPs aumentando sua agenda ocupada.

“Os últimos três anos na F1 foram uma jornada incrível que eu apreciei profundamente”, declarou Bratches.

“Quero agradecer pessoalmente a equipe na F1 por sua dedicação e esforços extraordinários, eles são os melhores dos melhores e estou confiante de que continuarão servindo os fãs e entregarão a estratégia que definimos nos próximos anos”.

“Estou orgulhoso por deixar a F1 em uma posição melhor do que quando entrei em 2017, e sei que a fundação que estabelecemos como equipe continuará servindo nossos fãs em todo o mundo e alcançará novas audiências”.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.