F1 – Comentários pós treinos livres – Lotus – GP da Itália 2015

Lotus

Jolyon Palmer, 15º colocado/não participou: Foi uma sessão difícil já que dei algumas voltas no primeiro jogo de pneus, enquanto fazíamos um trabalho de mapeamento aerodinâmico antes de ser interrompido por uma bandeira vermelha. Isso significava que tinha muito que fazer assim que a sessão começasse e conseguimos um bom número de voltas. O objetivo mais uma vez foi para trabalhar na nova asa dianteira que levamos para Spa e tentar fazer mais progressos com ela. Foi uma sessão útil, mas há mais trabalho a ser feito.

Romain Grosjean, não participou/7º colocado: Tivemos uma boa tarde, o carro estava funcionando bem, especialmente nas saídas mais curtas, onde marcamos o sétimo melhor tempo. Nós temos um pouco mais de trabalho a fazer nas nossas saídas mais longas, o que vamos fazer durante a noite e ver onde estamos no sábado. No geral, estamos satisfeitos com o que fizemos até agora. Para a classificação, devemos ter uma boa luta com a Force India, Williams e Ferrari. E a chuva – se vier – poderia ser um desafio já que corremos com downforce muito baixo, o que torna o carro muito escorregadio no molhado.

Pastor Maldonado, 10º/8º colocado: Foi um bom começo hoje, temos um equilíbrio decente com o carro e ainda temos mais potencial para conseguir para amanhã. Nós também temos muitos dados para analisar para as novas pressões dos pneus antes da classificação e, especialmente, para a corrida de domingo. Vai ser importante cuidar bem dos pneus durante a corrida. Para a classificação, é difícil dizer já que todo mundo está muito próximo atrás da Mercedes. Vamos forçar como sempre.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.