F1 – Chilton não consegue assistir imagens do acidente de Bianchi

Max Chilton e Jules Bianchi em 2014

Max Chilton e Jules Bianchi em 2014

Apesar de duas tragédias recentes, Max Chilton, ex-piloto de Fórmula 1, está dando sequência à sua carreira no automobilismo.

Chilton era o companheiro de equipe de Jules Bianchi na Marussia quando o francês sofreu seu acidente fatal em Suzuka no final de 2014. O britânico diz que ainda não consegue assistir as imagens da batida.

“A morte de Jules me afetou profundamente”, declarou Chilton ao jornal britânico Sun. “Nosso carro tinha a pior performance do grid – a menor pressão aerodinâmica – e eu levei um susto naquela curva. Poderia ter acontecido com qualquer um de nós”.

Agora, Chilton está indo para a Fórmula Indy, principal categoria de monopostos dos Estados Unidos, onde o colega britânico Justin Wilson perdeu sua vida no ano passado.

“Quando eu estava tomando minha decisão (sobre o que fazer em 2016), Justin teve seu acidente fatal, o que tornou as coisas dez vezes mais difíceis. Mas eu disse a mim mesmo que poderia ter ocorrido a qualquer momento. Foi como Jules – um acidente bizarro”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.