F1 – Chefe rival diz que Ricciardo está frustrado

Daniel Ricciardo – Renault 2019

Um chefe de equipe diz que Daniel Ricciardo está “frustrado” com a vida na Renault. Em 2019, o australiano deixou de ser o companheiro de equipe de Max Verstappen na Red Bull e passou para a equipe de fábrica francesa, declarando que precisava de um novo desafio.

Mas o desenvolvimento da Renault tem sido lento e problemático e, segundo Andy Stevenson, diretor da equipe Racing Point, a frustração de Ricciardo está se mostrando.

Stevenson estava comentando depois que Ricciardo supostamente quebrou um “acordo de cavalheiros” sobre não ultrapassar os carros rivais na volta de aquecimento na classificação.

“Parece que Daniel está começando a ficar muito frustrado por estar numa Renault em vez de numa Red Bull”, afirmou à revista alemã Auto Motor und Sport, depois de Ricciardo ter tentado passar Sergio Perez na última curva de uma volta de aquecimento da classificação na Hungria.

Stevenson disse que o “acordo de cavalheiros” sobre estas jogadas foi feito em Mônaco. “Houve uma discussão entre os pilotos e a FIA e foi aí que o acordo de cavalheiros foi feito”, lembrou ele.

Na corrida, a frustração de Ricciardo voltou a se manifestar quando mostrou o dedo médio a Kevin Magnussen depois de uma disputa. Também praguejou via rádio.

O ex-piloto de F1 Christian Danner concorda que tanto Ricciardo quanto Nico Hulkenberg estão frustrados com a situação atual da Renault. “Eles são prisioneiros de seu carro”, comentou ele à TV alemã RTL.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.