F1 – Chefe da Red Bull está triste pela saída de Ricciardo

Daniel Ricciardo

Christian Horner admite estar triste porque Daniel Ricciardo deixou a Red Bull. O chefe da equipe disse que o australiano, ao lado de Max Verstappen, foi “a melhor dupla da história” da equipe de bebidas energéticas.

Ricciardo chocou tanto a Red Bull quanto o resto do mundo da Fórmula 1 ao anunciar sua mudança para a Renault em 2019. “Houve um momento e respeito entre os dois, o que significava que eles continuavam se empurrando até o limite”, disse Horner, referindo-se a Ricciardo e Verstappen.

A Red Bull inicialmente colocou Ricciardo na HRT em 2011, antes de ser promovido pela Toro Rosso e depois pela Red Bull Racing. “Nunca nos preocupamos com o ritmo de Daniel”, declarou Horner à RTL, admitindo que a grande preocupação era a capacidade de Ricciardo de disputar roda em roda.

“Agora ele é um dos melhores pilotos no grid quando se trata de ultrapassagens. Sua personalidade também foi uma combinação perfeita para a nossa marca”, finalizou o chefe da Red Bull.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.