F1 – Campeã feminina descarta vaga em 2020 na Williams

Williams

Uma piloto do sexo feminino rejeitou sugestões de que é candidata a passar para a Fórmula 1 em 2020. Jamie Chadwick, britânica de 21 anos, venceu a primeira edição da W Series, categoria totalmente feminina, este ano.

Ela também é uma piloto de desenvolvimento da Williams. Mas depois de conquistar seu título, Chadwick admite pensar que sua estreia na F1 está “mais longe” do que antes.

“Agora sei o que preciso aprender nos próximos anos”, disse ela ao jornal The Guardian. “Recebo comentários nas redes sociais perguntando se vou substituir Robert Kubica. Essa não é sequer uma opção realista. Preciso de tempo para me desenvolver”.

“Se eu chegar à F1, quero ser a melhor piloto possível para deixar a marca que preciso e fazer o melhor trabalho possível, em vez de estar lá um ano ou dois sem nenhuma razão”, completou Chadwick.

Clique AQUI para apostar no GP do Brasil

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.