F1 – Button vence no Japão, mas Vettel confirma o bi

f111-suzukapodio
Nenhuma grande surpresa no GP do Japão. Conforme se esperava, Sebastian Vettel (Red Bull) confirmou o bicampeonato da F1 com quatro corridas de antecedência, justamente em Suzuka, tradicional e seletivo circuito que já coroou outros dez campeões mundiais.

O piloto alemão precisava de apenas um ponto para sacramentar a sua conquista, ou que seu único rival, Jenson Button (McLaren), não conseguisse a vitória. O inglês venceu, Fernando Alonso (Ferrari) foi o segundo, mas Vettel completou o pódio em terceiro e conseguiu o que queria com sobras.

A quarta posição ficou com Mark Webber (Red Bull), seguido por Lewis Hamilton (McLaren) e Michael Schumacher (Mercedes). Felipe Massa (Ferrari chegou em sétimo, com Sergio Perez (Sauber), Vitaly Petrov (Renault) e Nico Rosberg (Mercedes) completando a zona de pontuação.

Além de Massa, os outros dois brasileiros também chegaram ao final da corrida. Bruno Senna (Renault) foi 16º e Rubens Barrichello (Williams) o 17º. O único dos 24 pilotos a abandonar a corrida foi Sebastien Buemi (Toro Rosso), que perdeu uma roda na 12ª das 53 voltas.

Vettel manteve a liderança após a largada, pressionando Button e fazendo com que Hamilton assumisse o segundo posto. O alemão foi investigado pela manobra, mas não foi punido. Massa era o quarto, seguido por Alonso e Webber, com Senna em 13º e Barrichello em 17º. Na sexta volta, o espanhol ultrapassou o brasileiro no duelo interno da Ferrari.

Um pouco antes de entrar nos boxes, Hamilton teve um pneu levemente furado e foi superado por Button. A rodada inicial de paradas nos boxes começou na oitava volta com Hamilton, seguido por Vettel (nona), Button, Alonso e Webber (décima) e Massa (11ª). Alonso passou para terceiro com Hamilton em quarto.

O segundo pit stop de Vettel ocorreu na 19ª volta. Button parou na 20ª e voltou na frente do rival. Alonso e Hamilton entraram nos pits na 21ª passagem e Massa na 23ª, sendo que o brasileiro voltou atrás de Webber, o novo quarto colocado.

Um pouco antes, Massa havia se envolvido em nova confusão com Hamilton, desta vez perdendo apenas um pedaço de sua asa. O piloto da McLaren foi investigado mas também escapou de punição, enquanto o ferrarista não perdeu grande rendimento. Na 24ª volta, o Safety Car foi acionado para limpeza da pista.

A terceira rodada de pit stops começou na 33ª volta, com Vettel colocando os pneus médios, com os quais iria até o final da prova. Webber entrou na 34ª, Hamilton na 35ª, Button e Massa na 36ª e Alonso na 37ª. O espanhol passou para segundo, na frente do alemão.

Hamilton ganhou a posição de Massa na 38ª volta, ultrapassando o brasileiro na reta dos boxes. Michael Schumacher a essa altura liderava a corrida, mas precisou parar pela terceira vez nos boxes na 41ª volta, voltando na frente do brasileiro, em sexto.

Na frente, Vettel pressionou Alonso por um tempo, até se conformar com o terceiro posto. Nas voltas finais, o piloto da Ferrari descontou a diferença para Button, mas o inglês resistiu bem e recebeu a bandeirada com 1s160 de vantagem.

A 16ª etapa da F1 acontece dentro de duas semanas, o GP da Coréia.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Tempo/Dif
1.  Jenson Button McLaren 1:30:53.427
2.  Fernando Alonso Ferrari +1.160
3.  Sebastian Vettel Red Bull +2.006
4.  Mark Webber Red Bull +8.071
5.  Lewis Hamilton McLaren +24.268
6.  Michael Schumacher Mercedes +27.120
7.  Felipe Massa Ferrari +28.240
8.  Sergio Perez Sauber +39.377
9.  Vitaly Petrov Lotus Renault +42.607
10.  Nico Rosberg Mercedes +44.322
11.  Adrian Sutil Force India +54.447
12.  Paul di Resta Force India +1:02.326
13.  Kamui Kobayashi Sauber +1:03.705
14.  Pastor Maldonado Williams +1:04.194
15.  Jaime Alguersuari Toro Rosso +1:06.623
16.  Bruno Senna Lotus Renault +1:12.628
17.  Rubens Barrichello Williams +1:14.191
18.  Heikki Kovalainen Team Lotus +1:27.824
19.  Jarno Trulli Team Lotus +1:36.140
20.  Timo Glock Virgin +2 voltas
21.  Jerome d` Ambrosio Virgin +2 voltas
22.  Daniel Ricciardo HRT +2 voltas
23.  Vitantonio Liuzzi HRT +3 voltas
Abandono
24.  Sebastien Buemi Toro Rosso +42 voltas

Volta mais rápida: Button, 1min36s568

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.