F1 – Button: Direção errada no acerto provocou a má fase

Jenson Button afirmou que retornar ao básico em seu acerto e adaptar seu estilo de pilotagem aos pneus Pirelli de 2012 foram a chave para voltar ao ritmo.

“Em Valencia e no GP da Inglaterra, eu estava confiante no carro e senti que estava fazendo um bom trabalho, nós simplesmente não tivemos ritmo como equipe”, disse ele. “Antes daquilo, estávamos tentando compreender coisas novas com o carro; definitivamente, elas não funcionaram, e eu não estava satisfeito com o equilíbrio”.

“Para mim, as piores corridas foram Mônaco e Canadá. Foi difícil, mas quando você está correndo há muito tempo, sabe que existem razões para estar fora do ritmo, e creio que solucionamos muitos desses problemas. Grande parte foi voltar ao que conhecíamos um pouco melhor, e, em Valencia, eu estava bem mais satisfeito com o carro – nós só não conseguimos o resultado que queríamos e nada deu certo”.

Ele disse que seus problemas com os pneus Pirelli haviam levado a equipe na direção errada a partir de Mônaco.

“Acho muito difícil de entender (os pneus), é por isso que tentamos algumas coisas novas neste ano no Canadá e em Mônaco, porque senti que eu precisava encontrar um pouco mais de direção com os pneus, e o que tentamos certamente não funcionou”.

“Portanto, voltamos ao que tínhamos no início do ano em Valencia, e foi quando começamos a ser mais competitivos em termos da minha velocidade dentro da equipe, não em relação a Ferrari, Mercedes e Red Bull, mas comparado a Lewis (Hamilton)”.

Button explicou que manter os Pirellis na janela operacional correta vinha sendo seu maior problema, com seu estilo de pilotagem suave nem sempre dando resultados.

“Neste ano, a maior parte do problema tem sido entrar e sair da janela onde eles funcionam, essa é a dificuldade. Você tenta ser suave e cuidar deles, mas eles saem da janela e você acaba danificando mais o pneu do que se o mantiver dentro da janela sendo agressivo”.

“Tem sido bastante difícil, principalmente para mim, porque meu estilo de pilotagem inicialmente não se adaptou aos pneus – precisei me adaptar um pouco. O carro, quando os pneus se aquecem e funcionam, é bom em qualquer condição – o problema é que não chegamos a lugar nenhum se não conseguirmos aquecê-los, o que é compreensível”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.