F1 – Briatore: A Ferrari perdeu tempo com Raikkonen

Flavio Briatore

Flavio Briatore disse que a Ferrari desperdiçou tempo com Kimi Raikkonen, pois deveria ter promovido Charles Leclerc mais cedo, ao invés de “ir a lugar nenhum” com o finlandês.

Enquanto Leclerc provou ser um dos pilotos maus rápidos da F1 no ano passado, Briatore acha que a equipe italiana deveria tê-lo colocado no carro antes para dar ao monegasco experiência de andar na frente.

Em vez disso, quando a Ferrari teve a chance de colocar Leclerc em seu carro durante a temporada de estreia, em vez de ir para a Sauber, ficou com o veterano Raikkonen.

Falando ao podcast Beyond the Grid sobre a atual safra de pilotos na F1, Briatore disse: “Leclerc é jovem. Ele tem garra e está demonstrando isso”.

“Se eu estivesse na Ferrari, já teria colocado Leclerc há dois anos para substituir Raikkonen, porque, sabe, com Raikkonen você não vai a lugar algum.”

“Você nunca ganhará nada com ele. Eu correria o risco e teria colocado Leclerc no carro. Leclerc é um cara muito, muito forte”.

Briatore acha que a falta de experiência de Leclerc em um carro top significa que ele ainda não é um dos maiores astros do esporte, com Briatore convencido de que Lewis Hamilton e Max Verstappen estão uma prateleira acima do resto do grid.

“Leclerc ainda não tem todo o reconhecimento”, disse Briatore. “Verstappen para mim é o piloto mais incrível. Ele é fantástico na maneira como ultrapassa, na maneira como é um gladiador.”

E enquanto Hamilton está a um título de igualar o recorde de Michael Schumacher em número de títulos, Briatore acha que suas conquistas não são diretamente comparáveis.

“Michael brigava com os grandes como Ayrton Senna. Você precisa reconhecer que quando Michael chegou, a competição era difícil: você está falando sobre Nigel Mansell, você está falando sobre Senna.

“Agora, a competição é menor. Você tem dois pilotos, três pilotos … a competição é menor do que antes. Para Hamilton, novamente, ninguém o pressiona: ele pode ir embora”.

Briatore disse que o verdadeiro teste de qualquer piloto é quando eles são pressionados por um rival.

“É o mesmo para todos. Quando alguém se aproximava de Schumacher, ele cometia um erro, Fernando (Alonso) cometia um erro. Todo mundo comete um erro. Se ele está guiando como um motorista de táxi e está ganhando tudo, é porque ele é um super piloto, é fantástico. Hamilton e Verstappen são as duas estrelas da Formula 1.”

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.