F1 – Brawn: Novas equipes em 2021 seriam a medida do sucesso

Fórmula 1

O diretor esportivo de Fórmula 1, Ross Brawn, está esperançoso de que a revisão do regulamento de 2021 ajudará a “criar um ambiente mais atraente” para que novas equipes entrem na categoria.

Brawn, ao lado de um grupo de especialistas técnicos, foi encarregado de supervisionar o período de transição para o próximo conjunto de mudanças de regras, já que a Fórmula 1 procura garantir sua posição como o auge do automobilismo, melhorando o espetáculo na pista.

Entre os principais objetivos da F1 está a criação de um campo de competição equilibrado, assim como a redução de custos em uma tentativa de fornecer a todas as equipes competidoras a chance de disputarem vitórias, além de ser uma proposta atraente para novas equipes e fabricantes.

“Isso seria outra medida de sucesso”, disse Brawn à F1 Fan Voice. “Francamente, não vejo uma nova equipe entrando hoje porque a distribuição de receita e de fundos e as regulamentações técnicas são muito assustadoras. Queremos criar um ambiente onde haja uma fila de organizações profissionais que querem possuir e ser uma equipe de F1”.

“Sempre tivemos essa margem de equipes no fundo do grid que está pendurada nas unhas dos dedos, e muitas vezes caindo, e queremos competidores de qualidade, não apenas pessoas fazendo número e dizendo que estão na Fórmula 1 e não podem melhorar”.

“Então, queremos que as equipes profissionais bem financiadas e bem estruturadas entrem na F1 no futuro e isso será uma medida do nosso sucesso”, acrescentou. “Mas elas não virão hoje. Espero que possamos criar o ambiente até então que torne isso mais atraente”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.