F1 – Brawn devia assumir um papel na FIA, diz Ecclestone

Bernie Ecclestone e Ross Brawn

Bernie Ecclestone e Ross Brawn

Bernie Ecclestone considera que Ross Brawn seria mais adequado para um papel dentro da FIA, do que com a nova proprietária da Fórmula 1, a Liberty Media.

Uma especulação ligou o ex-diretor técnico da Ferrari e o chefe da equipe Mercedes a um cargo administrando os aspectos esportivos e comerciais da F1, mas Brawn disse à BBC Sport na quarta-feira que ele não recebeu tal proposta.

Ele disse que a Liberty Media, que está comprando os direitos comerciais da F1 da atual acionista majoritária CVC Capital Partners, o contratou como consultor para ajudá-la a entender como a F1 funciona.

O site Autosport entende que a Liberty pode estar interessada em oferecer a Brawn um papel permanente no setor de corridas, esportivo e técnico do negócio no futuro, uma vez que a aquisição esteja completa, mas Brawn disse à BBC Sport que “tudo depende” do que Ecclestone fará no futuro.

Ecclestone permanece na posição como CEO da F1 enquanto a aquisição continua, e disse à Autosport que a experiência técnica de Brawn seria mais adequada para um papel com o órgão regulador da F1, em vez do dirigente comercial.

“Eu ficaria encantado se ele fosse para a FIA – ele seria absolutamente de primeira classe”, disse Ecclestone.

“Não falei com ele há muito tempo, não tenho a menor ideia do que ele pode fazer. Mas nada com a gente, não precisamos de um engenheiro, nem de ninguém com a experiência de Ross”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.