F1 – Alonso disse estar disponível para a Red Bull

Christian Horner e Fernando Alonso

De acordo com o jornal Marca e a revista Motorsport, a Red Bull revelou que Fernando Alonso se colocou à disposição para um retorno à Fórmula 1 no próximo ano.

Apesar de ter passado um tempo afastado da F1 no ano passado, o jornal afirma que Alonso entrou em contato com eles após rumores recentes de que Verstappen poderia sair e as óbvias más performances de Pierre Gasly.

As alegações do Marca são apoiadas por uma peça publicada na versão em holandês da Motorsport:

“Os representantes de Alonso nos informaram que ele está disponível”, disse o assessor da Red Bull, Helmut Marko.

“Mas para a Honda, Alonso é algo impossível”.

É improvável que Alonso retorne a uma vaga de corrida na McLaren Renault. De fato, ontem a McLaren antecipou sua confirmação para 2020, permanecendo com Carlos Sainz e Lando Norris.

Parece que Alonso também está acompanhando os acontecimentos com Sebastian Vettel e os recentes rumores sobre aposentadoria do alemão ou sua volta para a Red Bull.

Esta oferta de Alonso para a Red Bull pode ser uma surpresa para alguns, mas não para todos, já que foi dito na edição 11 do Podcast Loucos por Automobilismo de ontem  que Alonso na Red Bull pode ser uma possibilidade, caso Max Verstappen vá embora no final deste ano para Mercedes ou Ferrari.

É irônico que a Red Bull tenha dito que Alonso e Honda é algo impossível, já que no ano passado foi Alonso quem pegou todos desprevenidos com sua alegação de que ele tinha tido 6 ou 7 ofertas, incluindo uma da Red Bull – que já sabia que usaria motor Honda nesta temporada – , quando ele deu a seguinte entrevista para a Sky Sports abaixo:

“Eu disse não às ofertas, incluindo uma da Red Bull, porque os projetos não eram vencedores”, disse Alonso em setembro passado.

“Meus objetivos não estão mais na F1 neste momento. Tomei minha decisão há dois meses e estou feliz”, concluiu Alonso.

Horner, em seguida, provocou polêmica quando admitiu que Alonso não se encaixaria na dinâmica da equipe na Red Bull, no entanto, isso é algo que o espanhol refuta.

“Não houve confusão, fiquei desapontado com os comentários dele no verão sobre minha maneira de trabalhar e meu caráter”, disse Alonso.

“Ele nunca trabalhou comigo e eu não acho que as pessoas que trabalharam dirão que tiveram problemas … Foi estranho ler isso de alguém que nunca trabalhou comigo e também tentou me contratar várias vezes em minha carreira.”

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.