Entrada do Grupo Lotus pode prejudicar a F1, segundo Hunt

A entrada do Grupo Lotus na Fórmula 1 pode prejudicar a histórica marca e manchar a imagem da categoria. Essa é a opinião de David Hunt, irmão de James Hunt, que deteve os direitos do nome “Team Lotus” por vários anos até vendê-los recentemente à organização de Tony Fernandes.

O Grupo Lotus, de propriedade da montadora de carros esporte Proton e liderado por Dany Bahar, que já trabalhou no marketing da Ferrari e Red Bull, comprou a parcela restante da equipe Renault e será patrocinador título. Isso levou ao prospecto bizarro de duas equipes chamadas Lotus, impulsionadas por motores Renault e pinturas preta e dourada quase idênticas em seus carros em 2011.

“Todos os patrocinadores no carro da Renault foram avisados sobre o que estão enfrentando e os danos que podem sofrer por meio de sua associação ao que é efetivamente uma declaração de guerra da Proton?” questionou Hunt.

“E considerando que a Renault ainda tem uma sentença suspensa por manchar a imagem da categoria em 2008 (devido ao “crashgate”), eles estão fazendo isso mais uma vez ao confundir o público deliberadamente em relação à marca Lotus?” declarou ele ao Norwich Evening News.

“Acho que é estúpido, independente do ângulo pelo qual você olha”, concluiu Hunt. “Isso é o que chamo de confundir o público”.

LS – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.