DTM – Rockenfeller larga em terceiro e se mantém forte na disputa pelo título

Mike Rockenfeller

A julgar pelas posições dos dois candidatos ao título de campeão da temporada de 2013 da DTM – o campeonato alemão de carros de turismo -, a penúltima etapa do calendário promete ser eletrizante. O treino classificatório para a prova deste domingo (29) em Zandvoort, na Holanda, terminou com o brasileiro Augusto Farfus (BMW) e o alemão Mike Rockenfeller (Audi) na segunda e na terceira posições do grid, respectivamente, o que projeta uma disputa franca pelo título neste domingo.

Para se manter na disputa até a última etapa – marcada para o dia 20 de outubro na Alemanha -, Farfus precisa descontar oito dos 33 pontos que o separam do alemão na disputa (124 a 91). Como os dez primeiros colocados na DTM pontuam a cada etapa, algumas combinações de resultado de fato são favoráveis a Farfus neste fim de semana, mas a maior parte das chances está com Rockenfeller. Caso termine a corrida em segundo, ele será campeão mesmo que a vitória fique com o brasileiro.

A prova deste domingo terá 44 voltas pelo circuito holandês, que são aguardadas com muita expectativa pelo piloto do Schaeffler Audi RS 5 DTM do Audi Sport Team Phoenix. “Naturalmente eu preferiria largar na frente do Augusto na corrida de amanhã. Mas desde o treino livre da manhã de hoje (sábado), ele já tinha mostrado estar muito competitivo neste circuito. Agora precisamos ser igualmente rápidos na corrida deste domingo para vencê-lo. Foi uma sessão de classificação muito difícil para nós, então estou feliz com a terceira posição. Tenho que agradecer muito a Audi e à minha equipe. Meu objetivo continua sendo vencer a corrida, e para isso sei que preciso de uma boa largada amanhã”, comentou Rockenfeller.

O retrospecto da Audi neste circuito de 4.307 metros ajuda o alemão a sonhar com a conquista antecipada do título. Desde que voltou a dar suporte de fábrica a times da categoria, em 2004, a marca das quatro argolas conquistou seis das nove vitórias possíveis na Holanda. A pista de Zandvoort é reconhecida por exigir bastante dos pneus e ter poucos pontos de ultrapassagens. Por isso, mais do que em outras provas, uma boa posição no grid, a estratégia correta de corrida e um setup que economize os pneus são cruciais para a conquista de um bom resultado.

A quarta posição no grid ficou com o Timo Scheider (Audi RS 5 DTM da Audi Sport Team Abt Sportsline). Filipe Albuquerque (Audi Financial Services RS 5 DTM da Audi Sport Team Rosberg) encerrou o treino na sexta posição. Edoardo Mortara (Playboy Audi RS 5 DTM), Adrien Tambay (Audi ultra RS 5 DTM), Miguel Molina (Audi RS 5 DTM) and Mattias Ekström (Red Bull Audi RS 5 DTM) largam, respectivamente, nas posições sete, nove, dez e onze do grid. Após a punição imposta a Bruno Spengler, Jamie Green subiu da 18a para a 17a posição.

“Os dois candidatos ao título estão muito próximos, e nas duas primeiras filas do grid. Por isso o início da corrida deste domingo poderia, dificilmente, ser mais emocionante do que este”, disse Dieter Gass, chefe da divisão de DTM da Audi Sport. “Mike (Rockenfeller) foi muito competitivo neste treino de classificação e Timo (Scheider) foi, novamente, muito veloz em Zandvoort. Com seis carros da Audi entre os dez primeiros, temos uma boa base de largada para uma corrida em que a estratégia terá papel fundamental. Há muitas variáveis que influem no resultado desta prova, o que a torna muito interessante”, encerrou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.