Circuito argentino não quer corrida de Fórmula 1

Termas de Rio Hondo

Um oficial argentino disse que o país não está procurando um lugar no calendário da Fórmula 1.

Apesar do calendário já agitado, a Liberty Media está pressionando por novas corridas.

O Vietnã está se juntando em 2020, a Finlândia também está ligada a uma corrida e, de acordo com o jornalista de negócios Christian Sylt, da Fórmula 1, a detentora dos direitos Liberty Media registrou o nome de ‘Grand Prix da Filipinas’.

A Liberty não comentou o relato de Sylt no jornal Independent.

A Argentina também tem estado ligada a um retorno ao calendário, mas essa corrida presumivelmente não aconteceria no circuito Termas de Rio Hondo, na província de Santiago del Estero.

Essa pista atualmente recebe a MotoGP, e o ministro do Turismo da província, Ricardo Sosa, disse ao jornal esportivo Marca que não há planos para adicionar uma corrida de Fórmula 1.

“Sonho com a Fórmula 1, mas somos realistas e, neste momento, estamos com a MotoGP”, afirmou Sosa.

IB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.