Alonso: “Vai ser difícil manter-se acordado a 110 km/hora”

f111-alonso-rosto-350O bicampeão mundial de Formula 1, Fernando Alonso, alertou hoje que será “difícil manter-se acordado com o novo limite de velocidade imposto na Espanha”.

O governo espanhol vai abaixar o limite de velocidade nas estradas do país de 120 para 110 km/hora a partir de 7 de março. A medida visa diminuir o consumo de combustível para enfrentar o aumento do preço do petróleo devido à crise no Oriente Médio.

“Eu não apoio essa medida. Existem outras coisas muito mais efetivas que poderiam ser feitas. A 110 km/hora vai ser difícil manter-se acordado ao volante”, afirmou o piloto da Ferrari.

Além da redução do limite de velocidade, o governo espanhol vai reduzir em 5% o preço da passagem dos trens suburbanos e os de curta distancia. Outra medida é elevar a proporção de bio-combustível usado no diesel e na gasolina de 5,8 para 7%.

A Espanha é quase totalmente dependente de combustível importado para seu transporte rodoviário e, apesar de um quinto de sua produção de eletricidade ser gerada por energia eólica, a alta nos preços do petróleo contribuiu para as pressões sobre a inflação e o déficit comercial.

Cada aumento de 10 euros no custo do barril de petróleo adiciona cerca de seis bilhões de euros para a conta anual de energia da Espanha, de acordo com cálculos do governo.

Durante a crise do petróleo dos anos 70, tanto os Estados Unidos quanto a Grã-Bretanha reduziram temporariamente o limite de velocidade nas rodovias, a fim de reduzir o consumo de combustível.

AS – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.