Alonso: Indy 500 não é um “distanciamento” da F1

Fernando Alonso

Fernando Alonso

Fernando Alonso insiste que sua decisão de ficar fora do prestigioso GP de Mônaco do próximo mês não indica que seu comprometimento com a Fórmula 1 está diminuindo.

“Não, (a Indy 500) é uma única corrida”, disse o espanhol depois que ele e a McLaren-Honda chocaram o mundo do automobilismo na quarta-feira anunciando sua participação na Indy 500 deste ano.

Alguns interpretaram a atitude de Alonso como um distanciamento claro da F1, particularmente com seu contrato de três anos com a McLaren terminando neste ano.

“Isso vai influenciar minha renovação? Não”, declarou ele ao El Mundo Deportivo. “Também não me deixa mais perto da McLaren ou longe da F1. Não é a sensação que tenho”.

De fato, ele afirmou que seu comprometimento com a F1 continua grande, tendo como meta “prova que sou o melhor e me preparei melhor do que nunca”.

“Fui ultracompetitivo nas duas primeiras corridas com o nível que temos no momento. A Indy 500 é uma final dos campeões, um presente, uma oportunidade, e precisamos tirar vantagem dela. Mas meu principal objetivo é lutar pelo terceiro campeonato mundial. Sem dúvida. A F1 é minha vida e é o que continuarei fazendo”.

“Todas as minhas habilidades foram desenvolvidas ao redor da F1, e não posso esperar ser melhor do que um piloto de outra categoria da noite para o dia. Não tenho a frustração que talvez você possa sentir de fora. É claro que eu gostaria de vencer, mas não é a frustração que outra pessoa talvez sentiria”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.