Alonso disse que comprar um lugar na Indy 500 é “antiético”

Fernando Alonso

Fernando Alonso descartou a possibilidade de assumir o lugar do compatriota Oriol Servia na Indy 500 por ser “antiético”. Essa não é a alegação de Alonso, nem do seu patrão Zak Brown, mas do próprio espanhol Servia.

O lugar ocupado por Servia, 44 anos, foi visado pelo patrão da McLaren, Zak Brown, sob um sistema em que os lugares no grid podem ser “comprados” por aqueles que não se classificam.

Quando Brown disse a Alonso que o carro de Servia era uma possibilidade, Alonso falou com o próprio piloto. “Falei com o Fernando na mesma noite em que a questão foi levantada”, disse Servia ao jornal El Mundo Deportivo.

“Ele me ligou e foi super transparente. Perguntou-me o que pensava e eu disse-lhe que, obviamente, não gostaria que alguém ocupasse o meu lugar, mas que sabia que não era pessoal e que faria o que tinha de fazer”, prosseguiu.

“Para ele, parecia antiético tomar o meu lugar, ou o assento de qualquer um que se classificou. É apenas mais um detalhe que demonstra sua classe”, acrescentou. “Eu teria entendido se ele se sentasse em outro carro porque a McLaren queria e ele queria tentar ganhar a tríplice coroa. Mas ele mostrou ética e moral”.

Servia disse que Alonso ficou realmente “surpreso” com a possibilidade de compra de lugares no mundo da F-Indy. Ele me disse: “Eles são loucos! Quando uma equipe como a McLaren chega e diz ‘somos a McLaren e estamos aqui para lhe mostrar o que podemos fazer’, penso que é muito feio se comprar o lugar”.

Servia diz que espera que Alonso tente novamente em 2020 ou depois. “Espero que sim, com ou sem a McLaren”, comentou ele. “Se for a McLaren, eles voltarão preparados. E se não, ele pode sentar-se em qualquer outro carro que quiser”.

“Acho que o que aconteceu com a McLaren foi que eles se concentraram demais na Fórmula 1. Milagres não acontecem e eles chegaram aqui despreparados demais”, concluiu o espanhol.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.