Jump to content
Forum Autoracing
Filhão

Rubens Barrichello : bala de prata ou estaca no peito ?

Recommended Posts

Médico da F1 diz que Rubinho precisa ser avaliado para voltar às pistas

Que coisa né!

 

Daqui a pouco ele só vai poder ser piloto virtual

Se fazer só os "volta rápida" do Acelerados já tá bom :risada1:

 

Está em melhor situação que um certo SAPATEIRO :ninja::whistling:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha a selfie! Stock Car reúne dez ex-F1 no grid da Corrida de Duplas em Interlagos

 

Somando 795 corridas na maior categoria do automobilismo mundial, nomes como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Nelsinho Piquet, Lucas di Grassi e Felipe Nasr abrilhantam o grid em SP

 

 

 

post-170-0-33560300-1520700706_thumb.jpg

 

Por Alexander Grünwald, São Paulo

 

07/03/2018 19h58 Atualizado 08/03/2018 09h15

No fim da tarde desta quarta-feira, em Interlagos, titulares e convidados da Corrida de Duplas da Stock Car com passagem pela Fórmula 1 se reuniram para uma foto oficial. Que começou séria, mas terminou descontraída na hora em que o mais experiente deles, Rubens Barrichello, sacou o celular para fazer uma selfie.

 

 

post-170-0-62864100-1520700687_thumb.jpg

Corrida de Duplas da Stock Car reúne dez ex-pilotos de Fórmula 1 em Interlagos (Foto: Fernanda Freixosa)

 

Juntos, eles somam quase 800 GPs disputados na maior categoria do automobilismo mundial. Só Barrichello, campeão da Stock em 2014, soma 326. Felipe Massa, principal estrela entre os convidados para esta prova, mais 269. São nomes e rostos que o público do esporte a motor conhece, reconhece, e que agregam ainda mais valor a uma categoria que já é conhecida pela sua extrema competitividade na pista.

 

- É um momento muito especial para a Stock Car, para mostrar o nível do campeonato, o nível dos pilotos. Existem dez que passaram pela F1, mas a gente não pode esquecer que os pilotos que correm na Stock Car são todos excepcionais, pilotos que tiveram resultados em tantas outras categorias importantes no mundo todo. Sem dúvida, é positivo ter competidores de nome, mas de qualquer forma é um campeonato muito forte - frisa Massa, que vai dividir a pilotagem do carro 0 com Cacá Bueno, pentacampeão da categoria.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aos 16 anos, filho de Barrichello correrá de Fórmula 4 nos Estados Unidos em 2018
Vencedor das 500 Milhas de Kart ao lado do pai em dezembro, Dudu fará sua estreia no automobilismo em categoria de base norte-americana, correndo cinco provas entre abril e outubro

 

328912-758962-img-8279.jpg

 

 

Por GloboEsporte.com, Luisiana, EUA

 

29/03/2018 20h13 Atualizado 30/03/2018 12h12

Rubens Barrichello tinha apenas 16 anos quando iniciou sua trajetória no automobilismo. pentacampeão brasieliro de kart, Rubinho fez sua iniciação na extinta Fórmula Ford brasileira, em 1989. Quase três décadas depois, é a vez de seu filho mais velho tomar também o caminho dos monopostos. Com os mesmos 16 anos, Dudu disputará em 2018 a Fórmula 4 Americana, primeiro degrau entre as categorias de base da américa do Norte.

 

formula4dudubarrichellodivulgacao.jpg

 

No fim do ano passado, Dudu venceu pela primeira vez as 500 Milhas de Kart, em São Paulo. Na ocasião, ele correu em parceria com o pai, além de outros pilotos de renome e jovens kartistas como ele. Àquela altura, o competidor já estava intensificando seus treinos em monopostos para obter bagagem antes da estreia nos carros de fórmula.

 

 

Apesar do sobrenome famoso, Dudu ainda busca patrocínio para este salto do kart para os carros. Residindo nos Estados Unidos, o piloto esteve no último final de semana em Savannah, no Estado da Geórgia, para uma nova bateria de treinos.

 

- Tivemos um treino muito bom. A pista era nova, e começar aprendendo nela foi ótimo. Tive um pouco de dificuldade com o peso do volante e ainda estou me acostumando com a força, pois difere muito de um kart. Conseguimos evoluir e acabamos com um tempo legal - destacou Dudu.

 

formula4dudubarrichellodivulgacao2.jpg

 

 

O campeonato da F4 Americana é composto por cinco datas entre abril e outubro, mas tem muitas sessões de treinos ao longo do ano para ajudar no desenvolvimento dos jovens pilotos. Confira o calendário:

 

Testes Oficiais: Avodale/ Lousiana (31 de março a 1 de abril)
Corrida 1: Aton/ Virginia (26 a 29 de abril)
Corrida 2: Atlanta/ Georgia (10 a 12 de maio)
Testes Oficiais: Wampum, Pennsylvania (11 e 12 de junho)
Corrida 3: Lexington, Ohio (28 de junho a 1 de julho)
Corrida 4: Wampum, Pennsylvania (3 a 5 de agosto)
Corrida 5: Austin, Texas (19 a 21 de outubro)

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eduardo Barrichello estreia na Fórmula 4 americana

sexta-feira, 30 de Março de 2018 às 15:40

Dudu-Barrichello-300x168.jpg

Eduardo Barrichello

 

O piloto Eduardo Barrichello inicia, no próximo fim de semana, sua primeira temporada na Fórmula 4 americana. Os testes oficiais acontecerão no estado da Luisiana, mais precisamente em Nova Orleans, no sul dos Estados Unidos, no tradicional circuito de NOLA. Aos 16 anos, o também conhecido como “Dudu Barrichello” e filho de Rubens Barrichello corre pela primeira vez em uma categoria de Fórmula.

 

Dudu, que correu pela primeira vez de Kart ainda criança e já passou por inúmeros campeonatos está entusiasmado para o pontapé inicial na Fórmula 4 americana. O piloto desenvolveu seus talentos em eventos de kart nacionais e internacionais. O brasileiro competiu pelas 500 milhas de Kart KGV durante dois anos consecutivos, correu períodicamente na série Rotax Max, no Florida Winter Tour, e registrou inúmeras vitórias em sua carreira de oito anos no kart. Mais recentemente, Dudu conquistou o troféu senior de vice-campeão da ROK na super competitiva “Rok Cup Florida Winter Tour”, vencendo a primeira rodada em Palm Beach, Flórida. No último final de semana, o piloto esteve em Savannah, no Estado da Geórgia, para treinos extras com o carro de Fórmula: “Tivemos um treino muito bom! A pista era nova, e começar aprendendo nela foi ótimo. Tive um pouco de dificuldade com o peso do volante e ainda estou me acostumando com a força, pois difere muito de um kart. Conseguimos evoluir e acabamos com um tempo legal”, comentou Dudu.

 

A equipe de Dudu no campeonato americano é a “DC Autosport with Cape Motorsport”, trata-se de uma junção da campeã Cape com a nova DC. O chefe de equipe, tal como dono é Don Conner. “Estou extremamente animado por ter Eduardo conosco. Ele é talentoso e tem uma grande paixão pelo esporte a motor, que sem dúvida foi passado pelo pai dele. Estou honrado pelo fato de Rubens ter escolhido nossa equipe para o inicio de carreira profissional no fórmula do Eduardo,”disse Conner.

 

A temporada ocorre em 5 corridas no calendário anual, sendo que a última etapa acontece junto à Fórmula 1. Os primeiros testes oficiais da categoria acontecem entre esta sexta e domingo, e a primeira corrida do ano está marcada para o final do mês de abril, no estado da Virginia, entre os dias 26 e 29.

 

Calendário Formula 4 Americana:

 

Testes Oficiais – Avodale/ Lousiana (NOLA motorsport – 31 de maio a 1 de abril)

Corrida 1: Aton/ Virginia (Virginia International Raceway – 26 a 29 de abril)

Corrida 2: Atlanta/ Georgia (Road Atlanta – 10 a 12 de maio)

Testes Oficiais – Wampum, Pennsylvania (Pittsburgh International Race Complex – 11 e 12 de junho)

Corrida 3: Lexington, Ohio (Mid-Ohio Sports Car Course – 28 de junho a 1 de julho)

Corrida 4: Wampum, Pennsylvania (Pittsburgh International Race Complex – 3 a 5 de agosto)

Corrida 5: Austin, Texas (Circuit of the Americas – 19 a 21 de outubro)

 

EB - www.autoracing.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rubens faz 46 anos hoje. Para mim, o melhor piloto brasileiro com exceção dos campeões de F1. Um cara que parece ser muito gente boa e que não tem o tratamento que merece.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rubens faz 46 anos hoje. Para mim, o melhor piloto brasileiro com exceção dos campeões de F1. Um cara que parece ser muito gente boa e que não tem o tratamento que merece.

Com certeza!

É uma pena que Imola aconteceu tudo aquilo. Acho que se não tivesse acontecido, pelo menos 1 titulizinho ele teria conseguido...

Share this post


Link to post
Share on other sites

se rubens tivesse ido pra mclaren e nao para ferrari, provavelmente teria 1 titulo. mas nao inventaram bola de cristal ainda. vide alonso e tantos outros.

rubinho eh bota. esse papo de tartaruga ai, melhor nem comentar. o cara foi campeao na stock em pouquissimo tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...