Jump to content
Forum Autoracing
Piloto P

POTÊNCIA DOS MOTORES F1 de 1950 aos dias de hoje.

Recommended Posts

5 hours ago, knOx said:

Meu post foi mais no sentido que que o PP disse que motor nao quebra mais, so que o Verstappen abandonou os dois ultimos GPs com quebra de motor, :confuso::confuso: entao nao sei onde que motor nao quebra mais. Alias, o maior numero de abandonos nos ultimos tempos (de 2014 para ca) deve ter sido exatamente por falhas na unidade de potencia.

Tudo bem que nao tem mais aquelas explosoes alegoricas, mas falar que motor nao quebra...

GP Monza não ficou claro se foi motor ou problema eletrônico.

GP Toscana não foi quebra....Kimi bateu na traseira dele.

PP

Link to post
Share on other sites
35 minutes ago, Piloto P said:

GP Monza não ficou claro se foi motor ou problema eletrônico.

GP Toscana não foi quebra....Kimi bateu na traseira dele.

PP

A própria Red Bull falou que o motor quebrou nas duas corridas. Na Toscana ele iria abandonar logo se não tivessem batido nele. Está nas declarações das equipes. Só procurar aí.

Link to post
Share on other sites
11 minutes ago, FontesL said:

No Loucos eles comentam isso. O motor entrou em modo de segurança, mesmo que não batessem nele, ele não terminaria a corrida.

Exato. E isso acaba acontecendo para o motor não explodir totalmente e dar um show pirotécnico. O software detecta uma falha iminente e entra em modo de segurança.

E, caso tenha sido uma falha puramente de software, bem... essas unidades de potência são tão complexas que não dá para dissociar o software do hardware mais.

Link to post
Share on other sites

O cara da RED BULL deu a letra aqui, assim como o Adauto no LOUCOS.

 

F1 – EXCLUSIVO – Mate: “Ninguém” anda na frente de Max

https://www.autoracing.com.br/f1-exclusivo-mate-ninguem-anda-na-frente-de-max/

 

 

Masssss... cada um acredita no que quiser.... Tem gente que ainda acredita que a Terra é plana.... Fazer o quê né?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 9/16/2020 at 9:35 PM, knOx said:

A própria Red Bull falou que o motor quebrou nas duas corridas. Na Toscana ele iria abandonar logo se não tivessem batido nele. Está nas declarações das equipes. Só procurar aí.

👍

PP

Link to post
Share on other sites
On 9/17/2020 at 8:59 AM, edermetal said:

O cara da RED BULL deu a letra aqui, assim como o Adauto no LOUCOS.

 

F1 – EXCLUSIVO – Mate: “Ninguém” anda na frente de Max

https://www.autoracing.com.br/f1-exclusivo-mate-ninguem-anda-na-frente-de-max/

 

 

Masssss... cada um acredita no que quiser.... Tem gente que ainda acredita que a Terra é plana.... Fazer o quê né?

Mas..... nos últimos 4 anos Verstappen destruiu todos seus companheiros de equipe. Posso estar enganado, mas o acho no nível do Hamilton.

Verstappen x Ricciardo 2017 e 2018:

Larg: 27 x14

Cheg: 26x15

 

Verstappen x Gasly 2019:

Larg: 12 x1

Cheg: 11x1

 

Verstappen x Albon 2019 e 2020:

Larg: 17 x1

Cheg: 11x7

 

PP

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Piloto P said:

Mas..... nos últimos 4 anos Verstappen destruiu todos seus companheiros de equipe. Posso estar enganado, mas o acho no nível do Hamilton.

Verstappen x Ricciardo 2017 e 2018:

Larg: 27 x14

Cheg: 26x15

 

Verstappen x Gasly 2019:

Larg: 12 x1

Cheg: 11x1

 

Verstappen x Albon 2019 e 2020:

Larg: 17 x1

Cheg: 11x7

 

PP

O Max hoje, só perde para o Hamilton, ainda assim, ficam bem próximos. O Adauto fez até uma coluna sobre isso.

Hamilton x Verstappen, o veredicto atual

https://www.autoracing.com.br/f1-hamilton-x-verstappen-o-veredicto-atual/

__________________________________

Apenas algumas observações a respeito da disputa Max vs Ricciardo: o australiano pode ter ficado atrás do holandês em largadas e chegadas, mas, em 2017 fez mais pontos (200x168) e em 2018, até o anuncio de sua saída da Red Bull, o #3 estava à frente do campeonato (118x105). Após o anúncio, a equipe naturalmente voltou as atenções ao #33, e aí foi uma lavada (52x134).

Agora, Albon e Gasly, me parecem ser muito fracos para estarem na Red Bull, em que pese a improvável vitória do francês em Monza. Acredito que pilotos como Perez ou Hulkenberg, embora acabassem atrás do holandês, ficariam mais próximos. Talvez algo como o Hamilton e Bottas na Mercedes. Hoje, a Red Bull é equipe de um carro só. Inclusive, o Max perdeu a vitória da Hungria em 2019 devido a isso.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 9/19/2020 at 2:28 PM, FontesL said:

O Max hoje, só perde para o Hamilton, ainda assim, ficam bem próximos. O Adauto fez até uma coluna sobre isso.

Hamilton x Verstappen, o veredicto atual

https://www.autoracing.com.br/f1-hamilton-x-verstappen-o-veredicto-atual/

__________________________________

Apenas algumas observações a respeito da disputa Max vs Ricciardo: o australiano pode ter ficado atrás do holandês em largadas e chegadas, mas, em 2017 fez mais pontos (200x168) e em 2018, até o anuncio de sua saída da Red Bull, o #3 estava à frente do campeonato (118x105). Após o anúncio, a equipe naturalmente voltou as atenções ao #33, e aí foi uma lavada (52x134).

Agora, Albon e Gasly, me parecem ser muito fracos para estarem na Red Bull, em que pese a improvável vitória do francês em Monza. Acredito que pilotos como Perez ou Hulkenberg, embora acabassem atrás do holandês, ficariam mais próximos. Talvez algo como o Hamilton e Bottas na Mercedes. Hoje, a Red Bull é equipe de um carro só. Inclusive, o Max perdeu a vitória da Hungria em 2019 devido a isso.

Concordo com o Adauto.

Sobre Verstappen x Ricciardo em 2018, vejo um pouco diferente... o holandês estava andando na frente do canguru, e depois disso consumado o Ricciardo anunciou a saída da equipe.

Sobre Albon e Gasly, ambos são bons pilotos, mas comparar bons pilotos com fora-de-série é covardia.

PP

Link to post
Share on other sites

É muito cedo para falar alguma coisa, pois tem "muita água para rolar" mas pelo que eu vi no Bahrein:

 

Mercedes continua sendo o motor mais potente, por pouco. Cerca de 10 HP a mais que o Honda.

Honda e Ferrari estão com a mesma potência.

Renault é o motor mais fraco da F1.

 

PP

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Piloto P said:

É muito cedo para falar alguma coisa, pois tem "muita água para rolar" mas pelo que eu vi no Bahrein:

 

Mercedes continua sendo o motor mais potente, por pouco. Cerca de 10 HP a mais que o Honda.

Honda e Ferrari estão com a mesma potência.

Renault é o motor mais fraco da F1.

 

PP

O que diferencia o motor Mercedes ao meu ver não é potência bruta, a recuperação de energia para as baterias e o uso dessa potência parece ser muito mais eficiente no motor Mercedes. Possibilitando uma gestão de corrida com mais opções estratégicas (como direcionar potências antes das áreas do DRS, por exemplo). É bem visível isso em algumas situações. Ao meu ver esse fator e o uso da parte de fora do traçado foram os dois detalhes que seguraram o Hamilton na frente (além do undercut pontual da Mercedes que colocou ele na frente e da qualidade óbvia do piloto).

Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Piloto P said:

É muito cedo para falar alguma coisa, pois tem "muita água para rolar" mas pelo que eu vi no Bahrein:

 

Mercedes continua sendo o motor mais potente, por pouco. Cerca de 10 HP a mais que o Honda.

Honda e Ferrari estão com a mesma potência.

Renault é o motor mais fraco da F1.

 

PP

Nao acho que a Ferrari tenha chegado no Honda. E medir a Renault apenas pelo desempenho de uma equipe ficou mais dificil.

Link to post
Share on other sites
19 hours ago, knOx said:

Nao acho que a Ferrari tenha chegado no Honda. E medir a Renault apenas pelo desempenho de uma equipe ficou mais dificil.

É apenas uma primeira impressão, temos que ver esse motor Renault ao longo do ano.

PP

Link to post
Share on other sites
On 3/29/2021 at 5:18 PM, Piloto P said:

É muito cedo para falar alguma coisa, pois tem "muita água para rolar" mas pelo que eu vi no Bahrein:

 

Mercedes continua sendo o motor mais potente, por pouco. Cerca de 10 HP a mais que o Honda.

Honda e Ferrari estão com a mesma potência.

Renault é o motor mais fraco da F1.

 

PP

Segundo a coluno do GIORGIO PIOLA

Na realidade, a equipe de Brackley teve que reduzir um pouco a potência da unidade de potência para evitar o superaquecimento do sistema híbrido: a bateria funciona a uma temperatura de não mais de 70 graus e no calor do Bahrein sofreu com uma insuficiência de refrigeração sistema.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...


×
×
  • Create New...