Jump to content
Forum Autoracing

Recommended Posts

Intriga da Oposição! :risada:

 

E adivinha quem é o cara que deixa as malas dos passageiros no chão, quando isso ocorre?

 

:risada1:

 

Infelizmente.

 

É uma conta que não fecha, tem avião que tem peso máximo de decolagem de 23t outros de 22,5t e outros só 22t, os ATR-600 novos levam 23.000kg mas só tem quatro desses na frota, os ATR-500 vindos da Índia levam 22.500kg e tem 3 desses, mas tem outros dois que só levam 22.000kg, é óbvio que evita-se que esses façam essas rotas longas, mas quando tem aviões em revisão como foi nesse período, ai não tem jeito, um dia ou outro um desses é escalado.

 

Some-se ai dias quentes, em Guarulhos com 34°C (que foi o que fez durante o verão quase todo) todos eles se transformam naqueles dois mais fraquinhos e nenhum deles transportam mais que 22t por conta da performance.

 

Some-se a tudo isso 2h45min de voo de Guarulhos/SP a Vitória da Conquista/BA, tem que levar bastante combustível e chegando lá não podendo abastecer por conta desse problema pontual financeiro e tendo que chegar a Salvador/BA com o mesmo combustível com que saiu de Guarulhos/SP.

 

BINGO!

 

E o DOV é o carrasco da história, infelizmente, mas ele está lá para isso mesmo, apesar de todos esses percalços garantir a "SEGURANÇA DO VOO" nem que para isso precise cortar, em último caso, o que for preciso!

 

Apesar disso, uma coisa posso garantir, é um transtorno é, até porque depois tem-se que ouvir muita "galhofa" de quem não manja nada de aviação, mas a segurança da operação que é o que mais importa está garantida.

Link to post
Share on other sites

Excelente Bohler :positivo:

 

Essa coisa de peso na aviação é seríssimo (não que esteja certo fazerem isso com as bagagens).

 

Mas li uma matéria uma vez que mostrava que UM SACHÊ DE AÇUCAR para cafezinho custa uns milhares de dólares por ano em combustível. Cada grama que vc leva pra cima e depois volta sem usar, é gasolina desperdiçada.

 

Os comandas da Air Canada são instruídos a economizarem 1% - UM POR CENTO - do combustível projetado para o vôo. A empresa gasta US$ 600 milhões em combustível. Esse 1%, portanto, vai DIRETAÇO pros cofres da empresa. APENAS US$ 6 milhões.

 

Esse também é um dos motivos de vc não jantar mais em voos curtos. Um file de 150g, viram 5 saquinhos de amendoim de 30g. Todo mundo fica feliz. Menos os passageiros :risadinha:

Link to post
Share on other sites

Outra sobre esse assunto é o que a Gol fazia no começo. Nem sei se faz até hoje. Abastecer em TODOS os aeroportos. Justamente pra sempre decolar o mais leve possível. E mais, avião no solo apenas por 20 minutos, nem um segundo a mais....

Link to post
Share on other sites
... Essa coisa de peso na aviação é seríssimo (não que esteja certo fazerem isso com as bagagens).

 

Mas li uma matéria uma vez que mostrava que UM SACHÊ DE AÇUCAR para cafezinho custa uns milhares de dólares por ano em combustível. Cada grama que vc leva pra cima e depois volta sem usar, é gasolina desperdiçada.

 

Os comandas da Air Canada são instruídos a economizarem 1% - UM POR CENTO - do combustível projetado para o vôo. A empresa gasta US$ 600 milhões em combustível. Esse 1%, portanto, vai DIRETAÇO pros cofres da empresa. APENAS US$ 6 milhões.

 

Esse também é um dos motivos de vc não jantar mais em voos curtos. Um file de 150g, viram 5 saquinhos de amendoim de 30g. Todo mundo fica feliz. Menos os passageiros :risadinha:

 

Exato, é por isso que não oferecem mais jornais a bordo, pesa que é uma beleza! :yes:

 

Lembro na época de ouro da VARIG que de domingo (quando a Folha e o Estadão aqui em São Paulo deve ter uns 5kg de jornal cada um) você podia escolher se queria ou um ou outro ou outras 2 ou até 3 opções de jornais.

 

Uma vez li em uma matéria da ICARO a revista de bordo da VARIG que um simples óculos esquecido dentro de um avião consumia 186kg de combustivel em um ano! :shock:

Link to post
Share on other sites

Do Rio de Janeiro/RJ para Ribeirão Preto/SP não fica nada no chão, 1h30min de voo, consumo de 970kg de combustível, a alternativa é São José do Rio Preto/SP (praticamente do lado) com mais 340kg de combustível e as pistas do Galeão ficam ao nível do mar então pode fazer 50°C à sombra que o avião decola com peso máximo estrutural de decolagem, faça chuva ou faça sol com vento ou sem e até 10kt (nós) de vento de cauda.

 

Entretanto quando temos poucos passageiros, enche-se os tanques, 5000kg. No Galeão é onde o preço do querosene é mais barato.

 

A quantidade mínima de combustível regulamentada pela ANAC para essa rota não exige nem "meio tanque" - 2327kg - já englobando ai: combustível até o destino, alternativa mais 45 minutos de voo.

 

O normal é decolar com 2600kg até 3000kg (quando a meteorologia está ruim) na ida do Leite Lopes para o Galeão e na volta abastecer com o que sobra depois de atender todo mundo partindo de 2600kg até tanques cheios, 5000kg.

 

Pode ficar tranquilo, "nessa rota" não há corte de bagagem. :no:

Link to post
Share on other sites
To saindo hoje de Natal para o Rio e faco conexao de Passaredo do Rio ateh Rib Preto, devo levar minha mala na mao ou despacho? :confuso:

EHuaHeuahuehAUEHUEA

:risada1:

 

Imagine a alegria da pessoa ao chegar no destino e saber que a mala só vem no dia seguinte! :hahaha:

Link to post
Share on other sites
Isso que vc falou é que avião?

 

O melhor avião do mundo, o ATR72 :risada:

 

Avião de Transporte Regional feito na França pela subsidiária da AIRBUS.

Link to post
Share on other sites
O melhor avião do mundo, o ATR72 :risada:

 

Avião de Transporte Regional feito na França pela subsidiária da AIRBUS.

 

Ja voei nesses, acho. Pela Pantanal.... Era esses que eles tinham né?

 

Outro barulhento e vibra muito. A turma diz que é um excelente avião, mas depois que vc vai de jato, é duro aguentar esses turbo hélices.

Link to post
Share on other sites
Ja voei nesses, acho. Pela Pantanal.... Era esses que eles tinham né?

 

Outro barulhento e vibra muito. A turma diz que é um excelente avião, mas depois que vc vai de jato, é duro aguentar esses turbo hélices.

 

Os da Pantanal sim, mas eram uma versão mais antiga, os da Pantanal eram ATR42 com motores quadripás,

 

Os da Passaredo e Azul são os ATR72 mais modernos, com motores hexapás (menos trepidante e mais silencioso). Os ATR72 também são maiores, cabem de 68 a 70 passageiros e suas respectivas bagagens! :risada:

 

São aviões para trajetos curtos, em linhas de baixa densidade apenas para "alimentar" as linhas mais adensadas, no trajeto Ribeirão/Guarulhos demora só 10 minutos a mais que o jato, em compensação gasta 581kg de combustível, o jato gastava 790kg, temos 5 voos diários soma isso em um mês ou um ano e veja a economia.

 

 

Mifu com a Passaredo, voo q sairia 22h30 do galeao ainda nao chegou no Rio, deve sair do galeao as 2h00 e chegar em RAO as 3h30

Passaredo never more

 

Trabalhei até as 18h e estava tudo normal, hoje estou de folga mas prometo verificar o que houve e te dar um retorno.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...


×
×
  • Create New...