Jump to content
Forum Autoracing
Juan Montoya

Dicas para Pilotos Iniciantes

Recommended Posts

Prezados(as) pilotos iniciantes sejam bem vindos a LBN.

 

Solicitamos que façam sua inscrição no seguinte link da Pré-Temporada Rookie 2012:http://www.autoracing.com.br/forum/index.php?showtopic=70739

 

Contamos com sua presença. :thumbsup:

 

Dúvidas favor procurar o Gerente Alexandre Costa (nick Juan Montoya).

 

A LBN deseja a todos os seus pilotos um 2012 de muitas conquistas e vitórias. :positivo1:

 

:zamigos:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dica: Em busca da Curva Perfeita

 

 

Uma corrida começa de verdade na sua primeira curva.

 

A largada é um momento emocionante, sem dúvida, mas é a curva que traz o drama para a cena, quando muitos carros disputam o momento de freada e o traçado ideal, ao mesmo tempo que tentam ultrapassar sem serem ultrapassados.

 

As curvas fazem história e são batizadas. Eau Rouge, Becketts, Blanchimont, Estoril, Laranjinha, Tamburello, Spoon. Afinal qualquer um anda rápido nas retas, são as curvas que fazem a diferença!

 

E para entender o processo de execução de uma curva perfeita, vou destrinchar os detalhes que tornam os pilotos verdadeiros super-heróis ao conseguir realizar tudo com grande precisão, mesmo em momentos de tensão absoluta.

 

Para iniciar vamos esclarecer que cada curva é realizada em três partes: a entrada, o ápice e a saída. E que o objetivo ao realizar-se uma curva é ter a maior velocidade possível na saída da curva, ou da última curva de uma série. Portanto a saída da última curva antes da reta é o momento mais importante, pois irá determinar a velocidade durante e no final da reta.

 

O traçado ideal de uma curva, em geral, é o caminho que permite o maior raio, ou seja, o caminho mais reto possível, pois assim o carro poderá manter uma velocidade maior enquanto vence a mudança de direção. Com isso não se deixe enganar, o caminho mais curto raramente é o mais rápido.

 

Para entender claramente esse conceito basta avaliar a curva à 90° da ilustração abaixo, onde a linha pontilhada segue o caminho normal de uma estrada, e a linha sólida indica um caminho que maximiza o raio da curva, tornando-a mais reta. Como pode-se observar, a entrada e saída da curva ocorrem do lado externo da pista, já o ápice ocorre do lado interno da pista.

 

tracado-da-curva.jpg

 

Esse traçado é vantajoso pois possibilita atrasar o momento da freada e adiantar o momento da aceleração. Sendo que se o piloto entra tarde (ou cedo) na curva, ele precisa ter a sensibilidade de corrigir o ápice para poder sair sem prejudicar a aceleração no início da reta.

 

Para garantir a entrada correta na curva, é necessário realizar a frenagem quando o carro ainda está em linha reta, e somente após atingir a velocidade ideal iniciar a mudança de direção no ponto de entrada da curva. Faz-se isso, pois em caso de frear e virar simultaneamente, o grip (atrito dos pneus com a pista) diminui por ficar dividido entre as duas forças.

 

Da mesma forma que a frenagem, a aceleração na saída da curva não combina bem com mudança de direção. Então se acelera apenas quando o carro está direcionado para a reta, mantendo a eficiência do grip.

 

tracado-da-curva-late-apex.jpg

 

Contudo a forma mais usual de traçado nas curvas, é ainda mais ousada. Para isso utiliza-se de um ápice tardio, aumentando as chances de ultrapassagem por possibilitar mais velocidade na saída da curva, apesar de necessitar de uma freada mais brusca em sua entrada.

 

Pode-se notar este conceito na ilustração ao lado, onde a linha pontilhada segue o caminho anteriormente explicado, e a linha sólida colorida mostra o caminho conhecido como late apex (ápice tardio).

 

Com uma entrada tardia na curva (freada atrasada), surge a possibilidade de avançar o ápice, permitindo que o carro trace um caminho mais reto, aumentando a velocidade de saída e, consequentemente, a velocidade máxima atingida no final da reta.

 

peso.jpg

 

Porém existe mais uma preocupação no momento de executar esses movimentos, a distribuição do peso e sua influência direta no equilíbrio do carro. Um peso perfeitamente equilibrado só ocorre com o carro totalmente parado, quando 50% do peso do carro apoiam-se sobre as rodas dianteiras e 50% sobre as rodas traseiras.

 

No momento da aceleração, o peso do carro transfere-se para trás, pelo princípio da inércia, garantindo uma aceleração mais rápida e eficiente no caso dos carros de Fórmula 1, que possuem tração traseira. Porém essa dinâmica pode ocasionar um oversteer (escape da traseira na curva), devido à suspensão do nariz do carro.

 

O efeito oposto pode ser observado durante as frenagens bruscas, quando a tendência é levantar a traseira do carro, com a transferência do peso para frente. Neste caso pode ocorrer um understeer (escape da frente na curva), caso a velocidade de entrada esteja incompatível com a curva.

 

Sendo assim, a regra geral para a conquista da curva perfeita é simples:

 

Entre devagar e saia rápido!!!!

 

 

 

 

Dica: As etapas do Punta-Taco

 

 

A redução punta-taco é fundamental para ganhar tempo no contorno de curvas. Durante o punta-taco, você estará controlando o volante com a mão esquerda, trocando de marcha com a mão direita, pisando na embreagem com o pé esquerdo e acionando simultaneamente os pedais de freio e acelerador – tudo exatamente ao mesmo tempo.

 

Leva algum tempo para se acostumar, e é preciso muita repetição até que a manobra se torne automática. No início demanda uma grande concentração. Você está fazendo uma porção de coisas ao mesmo tempo. Além de estar usando todos os controles, você também precisa estar atento à aderência dos pneus durante a frenagem, procurando seus pontos de referência de curva, e para piorar, se você estiver na corrida, você pode precisar controlar o tráfego. Entretanto, após alguns finais de semana de prática, você terá pegado a mão da manobra e poderá se desligar das suas mãos e pés para se concentrar na pista.

 

Nas ruas quando você estiver se aproximandoda esquina, você provavelmente foi ensinado a frear completamente antes da curva, percorrer a curva no neutro, e só então quando você começa a endireitar o carro depois da curva, reduzir a marcha e recomeçar a acelerar. Isso funciona na rua, mas é um procedimento absurdamente lento para a pista de corrida.

 

Em competição, o tempo gasto na transição da frenagem para a aceleração deve ser reduzido ao mínimo possível. Você está correndo! Você não quer gastar um monte de tempo enquanto troca de pedais (mesmo que seja apenas meio segundo). Para maximizar a velocidade e suavidade através da curva, é necessário executar algumas acrobacias no cockpit e operar o volante, câmbio, embreagem,freio e acelerador todos ao mesmo tempo.

 

Na pista, quando você se aproxima de uma curva, seu pé direito deixa o pedal do acelerador e pressiona o pedal de freio com a sola do pé. Antes do final da freada, você precisa trocar as marchas de maneira que ao liberar o freio você possa retornar imediatamente a aceleração.

 

Quando a frenagem está quase completa, seu pé esquerdo aciona a embreagem, e sua mão direita reduz a marcha. Entretanto, enquanto você estava desacelerando, a rotação do motor caiu. Se você soltar a embreagem nesse ponto, o carro irá balançar bruscamente já que o motor funcio na como um enorme freio. Se você estiver próximo do limite de aderência (onde você realmente deveria estar), você irá perder o controle do carro. Para evitar isso, alguma coisa deve elevar novamente o giro do motor até a rotação correta antes de soltar a embreagem.

 

O pé direito é o que está mais perto, então é o eleito para cutucar o acelerador. Apesar do pé direito estar ocupado freando, você desloca seu calcanhar direito por sobre o acelerador e dá uma leve acelerada (também chamada de “blip”) para girar o motor enquanto o pé esquerdo libera a embreagem (a ponta do pé direito continua no freio). A intensidade do blip e o momento de liberar a embreagem devem ser aperfeiçoados até que ocorra um a transição perfeitamente suave quando a embreagem reconectar o motor. Enquanto isso, o calcanhar é retirado do acelerador e a onta do pé direito continua no freio, agora aliviando a pressão à medida que o carro se aproxima do ponto de tomada da curva. As reduções de marchas deveriam estar terminadas antes do final da frenagem, e antes da tomada da curva. Como o motor e a transmissão já estão conectados e a pressão no pedal de freio já está reduzida, a tomada de curva se dá quando o pé realiza uma suave transição de volta ao acelerador. No princípio apenas o mínimo de aceleração necessária é aplicada para manter a velocidade inicial da curva, e então gradualmente aumenta ao sair da curva.

 

Revisando as etapas envolvidas:

 

• Tire o pé direito do acelerador e pressione o pedal do freio

 

• Um pouco antes do final da freada, o pé esquerdo aciona a embreagem

 

• A mão direita reduz a marcha (a esquerda continua no volante)

 

• O pé direito ainda está acionando, porém reduzindo a pressão no freio, e gira para

que o calcanhar se posicione sobre o canto do acelerador

 

• O calcanhar direito pressiona rapidamente o acelerador para subir o giro do motor (a

ponta do pé ainda está no freio, aliviando ainda mais a pressão)

 

• O pé esquerdo libera a embreagem, o pé direito fora do acelerador

 

• O pé direito termina a frenagem

 

• O pé direito escorrega de volta para o acelerador e retoma sua posição normal apenas para fazer alguma pressão de modo a manter a velocidade do carro através da primeira parte da curva. Então acelera para a saída da curva.

 

Toda a seqüência acima, da segunda a ultima etapas leva menos de meio segundo. Isso exige muito treino até acertar. A idéia geral é fazer a transição entre frenagem e aceleração quase sem perda de tempo e com perfeita suavidade. Executada corretamente, não devem acontecer trancos durante a redução e retomada da aceleração.

 

puntadetacoqv1.jpg

 

:zamigos:

Share this post


Link to post
Share on other sites

So novo no nascar 2003 e to com um problema com carro to sentido que ele ta meio que virando sozinho para o lado esquerdo de forma meio sutil mais atrapalha na hora de fazer a curva, ja espalhei varias vezes por causa disso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

So novo no nascar 2003 e to com um problema com carro to sentido que ele ta meio que virando sozinho para o lado esquerdo de forma meio sutil mais atrapalha na hora de fazer a curva, ja espalhei varias vezes por causa disso.

 

Isso pode está acontecendo pelo fato de utilizar ajudas do jogo, em alguns casos pode acontecer pelo setup mas no caso do setup vc perceberia isso acontecendo no meio das retas também.

 

Se esta ocorrendo somente na tomada de curva com certeza são as ajudas.

 

Seja bem vindo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso pode está acontecendo pelo fato de utilizar ajudas do jogo, em alguns casos pode acontecer pelo setup mas no caso do setup vc perceberia isso acontecendo no meio das retas também.

 

Se esta ocorrendo somente na tomada de curva com certeza são as ajudas.

 

Seja bem vindo.

 

vlw o problema era realmente o setup ele tava virando nas retas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, me surgiu um duvida aqui e nao sei aonde postar...

 

o que é aquele "imput momentum", como usa? pra que serve?

 

valeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, me surgiu um duvida aqui e nao sei aonde postar...

 

o que é aquele "imput momentum", como usa? pra que serve?

 

valeu!

 

Uma tradução grossa seria o tempo de entrada. No caso no jogo seria o tempo de resposta do seu equipamento (volante/teclado) com o computador. Aqui todos ficam no 0% exceto linearity em 100%.

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Salve salve amigos da velocidade. Tenho um certo tempo de inscrição no forum e no site, porém, ainda não tive o prazer de correr com vcs... Sou mais um apaixonado por Nascar e que tem o jogo em casa a um bom tempo... e como sempre tive problemas com a internet "discada", deixei de lado essa vontade. Um tempo se passou, chegou o speedy, mas tbm chegou o game rfactor e sua infinidade de mods que pode ser instalado. Infelizmente, mais uma vez, o Nascar Racing season 2003 foi esquecido. Depois de alguns campeonatos online pelo rfactor, inclusive um de nascar, utilizando o mod VHR Racing, que por sinal é muito bom, lembrei da LBN... comecei a procurar e depois de alguns minutos encontrei.

 

Agora é o seguinte, quero muito correr online com vcs... Tenho cpu que aguenta o jogo, Vivo Speedy e um volante Momo da Logitech.

 

O que é preciso pra correr aki?

 

Um abraço a todos e até breve.

 

Att.

 

Eder Szmgel

Share this post


Link to post
Share on other sites

Salve salve amigos da velocidade. Tenho um certo tempo de inscrição no forum e no site, porém, ainda não tive o prazer de correr com vcs... Sou mais um apaixonado por Nascar e que tem o jogo em casa a um bom tempo... e como sempre tive problemas com a internet "discada", deixei de lado essa vontade. Um tempo se passou, chegou o speedy, mas tbm chegou o game rfactor e sua infinidade de mods que pode ser instalado. Infelizmente, mais uma vez, o Nascar Racing season 2003 foi esquecido. Depois de alguns campeonatos online pelo rfactor, inclusive um de nascar, utilizando o mod VHR Racing, que por sinal é muito bom, lembrei da LBN... comecei a procurar e depois de alguns minutos encontrei.

 

Agora é o seguinte, quero muito correr online com vcs... Tenho cpu que aguenta o jogo, Vivo Speedy e um volante Momo da Logitech.

 

O que é preciso pra correr aki?

 

Um abraço a todos e até breve.

 

Att.

 

Eder Szmgel

 

Olá Eder, prazer em conhecê-lo.

 

Seguinte:

 

1) Faça sua solicitação de numero no AV aqui: http://www.autoracing.com.br/forum/index.php?showtopic=70816

 

2) Após confirmação do numero, faça uma TRUCK ou pessa para alguem fazer, temos ótimos construtores de bólidos aqui.

 

3) Faça sua inscrição GRATUITA aqui: http://www.autoracing.com.br/forum/index.php?showtopic=76140

 

E aguarde as instruções, enquanto isso pode ir interagindo com todos da comunidade iniciando pelo tópico da SCHOOL que é por onde deves começãr.

 

Se ficou alguma duvida ae é so postar.

 

Abração e seja bem vindo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Socorro.... Surgiu um problema....

 

Como falei, tenho o serial do jogo original... mais pra evitar de jogar com o cd, eu baixei um crack... e no cpu antigo, jogava de boa...

 

Acabei de instalar no meu cpu agora, instalei o patch e quando fui rodar o jogo, ele entrou, calibrei o volante, arrumei os graficos, escolhi um carro e fui correr em michigan.

 

Quando eu aperto pra correr, que aquela telinha dá uma choviscada e vai pra pista, o jogo para de funcionar.

 

olha o erro:

 

 

Assinatura do problema:

Nome do Evento de Problema: BEX

Nome do Aplicativo: NR2003.exe

Versão do Aplicativo: 1.2.0.1

Carimbo de Data/Hora do Aplicativo: 00000000

Nome do Módulo de Falhas: NR2003.exe

Versão do Módulo de Falhas: 1.2.0.1

Carimbo de Data/Hora do Módulo de Falhas: 00000000

Deslocamento de Exceção: 00aafc1c

Código de Exceção: c0000005

Dados de Exceção: 00000008

Versão do sistema operacional: 6.1.7600.2.0.0.256.1

Identificação da Localidade: 1046

Informações Adicionais 1: 0a9e

Informações Adicionais 2: 0a9e372d3b4ad19135b953a78882e789

Informações Adicionais 3: 0a9e

Informações Adicionais 4: 0a9e372d3b4ad19135b953a78882e789

 

Agora a minha configuração:

 

Proc. AMD Phenom X6 1055T 2.8

6 gb Memoria Ram

HD 640 gb

Placa de Video GTS 250 1gb nVidia

 

Socorro!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Socorro.... Surgiu um problema....

 

Como falei, tenho o serial do jogo original... mais pra evitar de jogar com o cd, eu baixei um crack... e no cpu antigo, jogava de boa...

 

Acabei de instalar no meu cpu agora, instalei o patch e quando fui rodar o jogo, ele entrou, calibrei o volante, arrumei os graficos, escolhi um carro e fui correr em michigan.

 

Quando eu aperto pra correr, que aquela telinha dá uma choviscada e vai pra pista, o jogo para de funcionar.

 

olha o erro:

 

 

Assinatura do problema:

Nome do Evento de Problema: BEX

Nome do Aplicativo: NR2003.exe

Versão do Aplicativo: 1.2.0.1

Carimbo de Data/Hora do Aplicativo: 00000000

Nome do Módulo de Falhas: NR2003.exe

Versão do Módulo de Falhas: 1.2.0.1

Carimbo de Data/Hora do Módulo de Falhas: 00000000

Deslocamento de Exceção: 00aafc1c

Código de Exceção: c0000005

Dados de Exceção: 00000008

Versão do sistema operacional: 6.1.7600.2.0.0.256.1

Identificação da Localidade: 1046

Informações Adicionais 1: 0a9e

Informações Adicionais 2: 0a9e372d3b4ad19135b953a78882e789

Informações Adicionais 3: 0a9e

Informações Adicionais 4: 0a9e372d3b4ad19135b953a78882e789

 

Agora a minha configuração:

 

Proc. AMD Phenom X6 1055T 2.8

6 gb Memoria Ram

HD 640 gb

Placa de Video GTS 250 1gb nVidia

 

Socorro!!!

 

Relaxa, se é na hora de correr que fecha é só baixar a DEP do seu micro, e reiniciar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde, colegas do fórum.Sou novo no fórum e também no mundo do AV.Tenho algumas dúvidas referente ao School/Rookie Series.Como está em reta final o campeonato ainda posso me inscrever ou tenho que esperar pela próxima temporada ?Grato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...