Jump to content
Forum Autoracing

Search the Community

Showing results for tags 'corridas'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Comunidade Autoracing
    • Leia aqui antes de Postar
    • Torneio de Palpites
    • Notícias Autoracing
  • Formula 1, Indy, Moto GP, Stock Car...
    • F1, Indy, GP2, F3 e outras Formulas
    • Stock Car, Nascar, Endurance, Estaduais, etc...
    • Moto GP, Moto 2, SBK e outras
  • Simuladores Online
    • LBN - Liga Brasileira Nascar
    • Jogos de Formula 1 - Race Brasil
  • Fun Foruns
    • Off-Topic
    • Automóveis / Mecânica / Tuning
    • Plastimodelismo
    • Classificados

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Found 60 results

  1. http://www.autoracing.com.br/f1-gp-de-monaco-2018-preview-autoracing/ ------ Horário dos treinos e corrida Quinta-feira, 24 de Maio de 2018 Treino Livre 1 06:00 – 07:30 (SporTV) Treino Livre 2 10:00 – 11:30 (SporTV) Sábado, 26 de Maio de 2018 Treino Livre 3 07:00 – 08:00 (SporTV) Classificação – 10:00 – 11:00 (SporTV) Domingo, 27 de Maio de 2018 Corrida – 10:00 (Globo)
  2. Sairam as fotos do carro da Haas, o primeiro da temporada 2018. Haas VF18 Mais abaixo ====== Williams FW41 Sauber C37 Renault RS18
  3. >>>Preview Autoracing<<< ====== Horário dos treinos e corrida Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017 Treino Livre 1 07:00 – 08:30 (SporTV) Treino Livre 2 11:00 – 12:30 (SporTV) Sábado, 25 de Novembro de 2017 Treino Livre 3 08:00 – 09:00 (SporTV) Classificação – 11:00 – 12:00 (SporTV) Domingo, 26 de Novembro de 2017 Corrida – 11:00 (Globo)
  4. GP Brasil - 10/11 a 12/11 Preview Auto Racing: http://www.autoracing.com.br/f1-gp-do-brasil-2017-preview-autoracing/ Horário dos treinos e corrida Sexta-feira, 10 de Novembro de 2017 Treino Livre 1 10:00 – 11:30 (SporTV) Treino Livre 2 14:00 – 15:30 (SporTV) Sábado, 11 de Novembro de 2017 Treino Livre 3 11:00 – 12:00 (SporTV) Classificação – 14:00 – 15:00 (Globo) Domingo, 12 de Novembro de 2017 Corrida – 14:00 (Globo) http://www.autoracing.com.br/f1-horner-red-bull-esta-forte-para-vencer-as-duas-ultimas-corridas/ Não acho fácil, mas também não é impossível a Red Bull fechar o ano com 2 vitórias.
  5. >>>Preview Autoracing<<< ------ Horário dos treinos e corrida Sexta-feira, 27 de Outubro de 2017 Treino Livre 1 13:00 – 14:30 (SporTV) Treino Livre 2 17:00 – 18:30 (SporTV) Sábado, 28 de Outubro de 2017 Treino Livre 3 13:00 – 14:00 (SporTV) Classificação 16:00 – 17:00 (SporTV) Domingo, 29 de Outubro de 2017 Corrida 16:00 (SporTV)
  6. ***Preview Autoracing*** ------ Horário dos treinos e corrida Quinta-feira, 05 de Outubro de 2017 Treino Livre 1 22:00 – 23:30 (SporTV) Sexta-feira, 06 de Outubro de 2017 Treino Livre 2 02:00 – 03:30 (SporTV) Sábado, 07 de Outubro de 2017 Treino Livre 3 00:00 – 01:00 (SporTV) Classificação – 03:00 – 04:00 (SporTV) Domingo, 08 de Outubro de 2017 Corrida – 02:00 (Globo)
  7. * Preview Auto Racing * http://www.autoracing.com.br/f1-gp-da-malasia-2017-preview-autoracing/ Horário dos treinos e corrida Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017 Treino Livre 1 00:00 – 01:30 (SporTV) Treino Livre 2 04:00 – 05:30 (SporTV) Sábado, 30 de Setembro de 2017 Treino Livre 3 03:00 – 04:00 (SporTV) Classificação – 06:00 – 07:00 (SporTV) Domingo, 01 de Outubro de 2017 Corrida – 04:00 (Globo) É um circuito que eu gosto. (Espero que gostem da enquete. Temos uma questão importantíssima)
  8. GP de CINGAPURA - Preview http://www.autoracing.com.br/f1-gp-de-cingapura-2017-preview-autoracing/ Horário dos treinos e corrida Sexta-feira, 15 de Setembro de 2017 Treino Livre 1 05:30 – 07:00 (SporTV) Treino Livre 2 09:30 – 11:00 (SporTV) Sábado, 16 de Setembro de 2017 Treino Livre 3 07:00 – 08:00 (SporTV) Classificação – 10:00 – 11:00 (SporTV) Domingo, 17 de Setembro de 2017 Corrida – 09:00 (Globo) A lógica é a Ferrari fazer barba, cabelo e bigode. Mas tem dia que a lógica não aparece de noite. Será?
  9. Houston, 25 de Agosto de 2014. Mestre Edgar, Olá, tudo bem? A quanto tempo que não falas comigo, tenho saudades daqueles tempos em que ria das histórias que me contava no Loucos. Vou escrevendo para contar as novidades. Neste último final de semana lembrei muito de você. É que na Sexta-Feira passada eu entrei pela primeira vez numa pista de corrida com meu carro. E vou contar o que aprendi com tudo aquilo que você falou pra mim nos programas Loucos por Automobilismo. Na Quinta-Feira a noite eu lembrava daquelas suas histórias de pilotos que acordavam em noites de chuva pensando em como estaria a pista em Monaco. Acima do peso como estou, eu tirei algumas coisas desnecessárias do carro e coloquei meu número de sorte 13 nas portas. Fui dormir tarde e dormi pouco naquela noite. Acordando cedo na manhã seguinte, logo peguei a estrada até a pista. Antes de andar num circuito eu dirigi 5000km, eu queria saber o comportamento do meu companheiro que comprei zero kilometro. Na verdade já no test drive eu percebi que o Subaru BRZ seria o meu companheiro em minha primeira jornada pelas pistas. Para ficar mais fácil de entender, você pode ver o traçado da pista usando este link: http://www.msrhouston.com/pdfs/RoadCourse-corners.pdf Já no autodromo, depois de uma hora de informações gerais sobre como andar com um carro na pista, o grupo de novatos foi dividido entre dois carros para receber instruções ao longo do traçado. Fui muito bom poder perguntar a um piloto de Spec Miata (baseado em carro Mazda) sobre os detalhes da pista. Na segunda entrada na pista, nós, novatos, tinhamos instrutores individuais no banco do passageiro. Ao longo da reta dos boxes (pit straight) havia um muro. Ainda estou pagando o financiamento do carro então não posso correr muitos riscos com aquele muro ao meu lado. Como os pneus eram de rua, quando a temperatura aumentou eu comecei a perder aderência pois o pneu estava oleoso (greasy). Lembrando do muro dos campeões no Canadá, também me veio a mente aquilo que você dizia: para não tirar o pé o piloto precisa sentir confiança no equipamento. Na segunda entrada na pista, de repente eu recebi a bandeira preta, quando cheguei nos boxes meu instrutor estava me esperando, eu tinha que ter ido para pista com ele. kkkkk Depois conversando com meu instrutor ele falou que a aderência foi prejudicada porque estava usando pneus de rua. Estavamos corrento no sentido horário e não consegui me sentir bem para explorar ao máximo a curva que dava acesso a reta com muro de concreto. Na última sessão com o instrutor, as duas primeiras voltas foram no carro dele para que ele mostrasse a técnica de direção dele na pista e para que eu identificasse referências no traçado. Depois que passamos para o meu carro eu passei a usar até a área de escape das curvas. Foi minha última oportunidade para definir pontos do traçado e abordagem do apex de cada curva. Pois como já foi dito no Loucos e confirmado pelos instrutores, a velocidade vem quando você segue o traçado como se estivesse andando sobre trilhos. O Prost pilotava sobre trilhos. No Sábado eu fui ao autodromo apenas para pedir desculpas por não conseguir trabalhar como voluntário no departamento técnico porque meu filho teve um teste para jogar baseball numa liga infantil. No Domingo, logo depois das 6am já estava a caminho do autodromo, que gostoso foi chegar ao autodromo com o sol nascendo sabendo que passaria o Domingo trabalhando com corridas. Já sabia que seriamos 4 ou 5 voluntarios (incluindo 1 mulher) no departamento tecnico da Sport Car Club of America SCCA. O que não sabia é que os meus colegas de departamento seriam como aqueles velhinhos da NASCAR que você sempre mencionava nos Loucos. Quando não tinha carros para inspecionar a gente falava de corridas, carros e pilotos, muito maneiro. Aí um dos colegas me pegou para dar uma volta pelo paddock apresentando a equipes e pilotos de diferentes categorias. Lembrei de quando você comentava no Loucos que você fazia o que podia para estar no ambiente de motores, carros e corridas. Pela primeira vez percebi que podia fazer parte deste universo. Os coroas me ensinaram sobre pesagem de carros, inspeção de alimentação de ar, selos de motor, altura em relação ao solo, etc. Descobri que tenho um carro respeitado para quem quer estar envolvido com corridas de baixo custo. Fui informado sobre o preço para transformar meu carro em carro apenas de corrida. Como vocês diziam no Loucos, corrida de carro é movido a dinheiro. No momento eu vou investir em pneus, para tentar ganhar tempo no misto abrindo distancia para não ser ultrapassado nas retas. Pois como vocês sempre diziam, automobilismo é equipamento. Não adianta fazer do coração tripas porque nao adiantava eu me matar na misto com pneus de rua, os outros carros seguiam de perto e na reta eles apenas precisavam pisar no acelerador para me passar. Meu carro não tinha potência para competir com Porsches, Corvettes, etc. Ou seja pilotos com melhor equipamento vão andar na frente. Pela oficina do departamento técnico passaram, Mustang, Spec Miatas, Fórmulas, Protótipos, etc. Os coroas vão me colocar na fita para participar como voluntário do quadro de departamento técnico em outras corridas. Corrida é uma cachaça, mas não dá para parar do primeiro gole, por muitos e muitos dias estarei em autodromos com os motores berrando e ficando impregnado com cheiro de combustível queimado. Um dia serei como um daqueles velhinhos. Que dentro ou fora dos carros, querem viver naquele ambiente. Quando estava para ir embora, um coroa olhou para o meu carro e pediu para ver o interior. Então me disse cuidado ao dirigir. Quantos colegas ele já perdeu na pista? Mas a paixão continua! Me lembrei da saudade que você sente de alguns colegas que já morreram e me lembrei: Eu sou feito de emoção. Nasci, vivi e vou morrer assim. A vida sem adrenalina simplesmente não tem graça. Jamais vou separar a emoção do coração. - Edgard Mello Filho Saudoso Abraço, Ricardo P.S.: Continuo esperando para aprender com suas histórias.
  10. Acho que posso me perguntar: Quando que a Fórmula 1 sairá da sessão de esportes e passará para a seção de economia nos jornais? Afinal como já foi dito é um case de comercialização a ser estudado. Os montantes de dinheiro já são dignos de fazer com que o jornal Valor Econômico passe a fazer a cobertura Fórmula 1, IPO, acões da Williams, budgets de quatrocendos milhões de dinheiro. Escuta, você trabalha numa empresa que tem um orçamento anual de quatrocentos milhões de dólares por ano? Tem departamentos de empresas da área de energia que gerenciam custos a partir de um milhão de dólares por dia e isto ainda é menos que um orçamento de uma equipe de ponta na Fórmula 1. E o que discussões de economia tem haver com Fórmula 1? Porque por pura especulação, acredito que reuniões corporativas para discutir planejamento e orçamentos se tornaram mais importante que aspectos esportivos na Mclaren no final de 2012. Me parece que aplicação do dinheiro se tornou mais importante do que uma evolução simples de um carro vencedor. Imaginem uma reunião de executivos, e a liderança da empresa se pronuncia: - Senhores, terminamos esta temporada como líder no nosso seguimento, temos um carro que pode vencer a concorrência. Agora temos que pensar no carro do próximo ano, e para o final do ano de 2012 ainda temos dezenas de milhões de dólares. Temos que decidir como aplicar o orçamento que ainda temos em 2012 para desenvolver o carro de 2013. Então aquele engenheiro que vem da era de Fórmula 1 de garagistas diz: - Já temos um carro vencedor, não precisamos gastar tantas dezenas de milhões para o carro de 2013. Na verdade o que precisamos é trabalhar no carro de 2014 que receberá motor turbo. Porém os montantes de dinheiro aplicados a curto prazo estará abaixo do orçamento restante para 2012. Em resposta, as palavras do Diretor lembraram todos daquela regra corporativa: use o orçamento do seu departamento para que ele não seja diminuido no próximo ano. Logo começam a surgir idéias para desenvolvimento de suspensão, aerodinâmica, eletrônica, etc. Então para garantir o orçamento do próximo ano várias áreas de um carro vencedor são modificadas para a otimização de resultados. E aí para gastar o orçamento tem aquele contrato com fornecedores de fibra de carbono, freios, computadores, etc. Num negócio de mais de um milhão de dólares por dia eu não consigo acreditar que não haja aqueles famosos 10% por fora na assinatura do contrato. E aí a Fórmula 1 deixou de ser decidida por garagistas, prevalecem os resultados financeiros, afinal o importante é ganhar um qualquer de muitos milhões. Me parece que a Mclaren International é mais uma corporação do que um time de corridas. Você pode discordar de tudo que escrevi, pode ser tudo besteira de quem está a milhares de quilômetros da Europa, mas por favor alguém me diga como a Mclaren que eu vi vencer no Texas se tornou a Mclaren do GP do Canadá relatada na matéria a seguir: http://www.autoracing.com.br/f1-button-nunca-fiquei-tao-feliz-por-sair-de-um-carro/ F1 – Button: Nunca fiquei tão feliz por sair de um carro segunda-feira, 10 de junho de 2013 às 10:23 4 Jenson Button Os problemas da McLaren só aumentaram, afirmou Jenson Button após o GP do Canadá. “Eu nunca fiquei tão feliz por sair de um carro”, admitiu Button. “Foi bastante doloroso na pista. A diferença em relação à frente é enorme. Nós tomamos volta – facilmente. Foi como se estivéssemos em uma categoria diferente. No momento, está realmente difícil saber onde buscar melhorias. É uma grande desvantagem”. De qualquer modo, Button vê alguma razão para estar animado antes de Silverstone, sua corrida em casa. “Seremos mais rápidos lá? Sim”, ele perguntou e respondeu retoricamente. “Não creio que estaremos no pódio, mas entrar nos pontos precisa ser a nossa meta”.
×
×
  • Create New...