Jump to content
Forum Autoracing

miane

Members
  • Content Count

    1,403
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    62

Everything posted by miane

  1. Você deve estar se referindo ao Petecof? Ele falou do Collet. Em relação ao Petecof creio que além de grana faltou um campeonato mais dominante, ele ganhou na média, tanto Leclerc como Rasmussen eu acho que tiveram mais fins de semana de "estrelismo". Se você não se mostra como um talento muito grande é difícil te darem prioridade sem grana.
  2. É um dos cotados para a vaga, disputa com o Rasmussen, David Schumacher e o Roman Stanek. Vai levar quem por mais grana. As outras duas vagas já estão fechadas com Hauger e Leclerc.
  3. Só para constar o Mazepin provavelmente tem muito mais talento que o Pietro, que não tem nada de relevante na carreira. Só em caráter que o Pietro ganha mesmo.
  4. Pietro teve autorização no Brasil para captar 10 milhões de reais por um programa de incentivo ao esporte (uma espécie de Lei Rouanet do esporte) para tentar uma vaga na Indy. Em dólar isso daria uma vaga em uma equipe de ponta na F2, não creio que seja suficiente para F1, mas tem o apoio do Slim também. PORÉM não acho que a Ferrari ofereceria muito mais do que o Pietro pode oferecer, alguns milhões de dólares em descontos. Eles mal estão bancando os pilotos deles nas categorias de base. Espero que não aconteça, acho que tem pilotos br que merecem mais essa grana e não acho que o Pietro vai fazer grande coisa na Haas. Como Brasileiro vou torcer por ele de qualquer forma.
  5. As notícias que estão saindo é que fecharam com Perez para 2021 mas deixaram o Albon como reserva e podendo substituir Perez no meio da temporada. Mas se o Perez for bem tem a possibilidade de renovarem para 2022 e fazer uma parceria maior com o Slim (despejar dinheiro).
  6. Uma boa equipe na F2 para um bom piloto custa por volta de 1.8 milhões de euros. Uma equipe menor 1.5 milhões. Mesmo assim ainda seria mais de 10 milhões de reais. Isso para correr apenas 1 ano, tem toda a carreira do piloto.
  7. Estava quase vendo o Norris fazer a pole, perdeu no último setor, se não me engano no segundo setor passou 0,09s mais rápido. Uma pena que em situação de corrida a Mclaren não acompanhe, o acerto da Mercedes parece não favorecer os pneus macios mas é muito forte nos médios.
  8. O Verstapen ser o piloto mais rápido hoje na F1 está mais que provado, só não vê quem não quer. Se ele estivesse em uma Mercedes o Hamilton ganharia algumas corridas na experiência mas não o venceria em um embate direto nunca.
  9. Até certo ponto é por aí, hoje mesmo li que uma das grandes questões do contrato é o tempo que o Hamilton tem disponível para ações da Mercedes fora da pista. Mas ter um jovem piloto campeão é uma boa história de marketing também. E o Hamilton aposentar não vai diminuir seu nome, ele continuará atraindo muita atenção.
  10. https://formulascout.com/fia-f3-and-euroformula-teams-continue-winter-testing-at-algarve/72539 A Prema realizou testes privados com o Leclerc e o Rasmussem em carros do último ano da GP3. Ai o brasileiro sem grana chega lá e sofre pra ganhar dos caras e você pensa que a questão é só talento. Pilotos com grana testam muito mais e tem muito mais oportunidades de ganhar experiência.
  11. Relativo. Pelo Live Timing você consegue ver quantas voltas o piloto já deu no stint atual, se ambos estão com 18 voltas por exemplo, é sinal de que estão em condições bem semelhantes de combustível. E pneus só tem pneu duro então a única diferença mesmo é o combustível.
  12. Interessante se você ver ao vivo o live timing consegue acompanhar o ritmo dos pilotos. O Drugo estar no ritmo do Zhou é bem importante para o processo de adaptação na equipe nova.
  13. Eu optaria por economizar 50 milhões rapidinho. Que impacto seria esse? Perder patrocinadores? Não acho que os principais patrocinadores estão na Mercedes por conta do Hamilton (arrisco dizer que a maioria está lá de antes dele entrar na equipe), ainda assim se algum sair tem que levar mais que 50 milhões só pra empatar.
  14. Exatamente, se você mostra que é fora de série rapidinho alguém vai pagar pela sua carreira toda. Você não precisa de dinheiro próprio. Mais da metade do grid da F1 conquistou espaço pelo próprio talento. Ai a pessoa olha pro Stroll ou pro Mazepin pra criticar que só sobe piloto pagante e ignora a maioria dos outros que abriu portas pelo talento.
  15. Vale a exceção, pilotos realmente fora de série não precisam de dinheiro (Leclerc, Russell, Verstapen). Mas ai pra você provar que você é fora de série é outra história. Minha lista tem 9 pilotos, algum destes é realmente fora de série? Não diria isso de nenhum deles HOJE, mas acho que ano que vem vários deles terão oportunidade de mostrar isso. Não basta ser muito bom, de pilotos muito bons a F1 já está cheia e existem muitos por aí.
  16. Pos Driver Team Time Gap Laps 1 Jehan Daruvala Carlin 1m41.686s 34 2 Robert Shwartzman Prema 1m41.853s +0.167s 33 3 Dan Ticktum Carlin 1m42.050s +0.364s 35 4 Liam Lawson Hitech GP 1m42.177s +0.491s 39 5 Marcus Armstrong DAMS 1m42.281s +0.595s 42 6 Felipe Drugovich Virtuosi Racing 1m42.373s +0.687s 29 7 Louis Deletraz MP Motorsport 1m42.375s +0.689s 23 8 David Beckmann Charouz Racing System 1m42.398s +0.712s 40 9 Guilherme Samaia Charouz Racing System 1m42.415s +0.729s 38 10 Clement Novalak Trident 1m42.467s +0.781s 47 11 Logan Sargeant Campos Racing 1m42.512s +0.826s 36 12 Guanyu Zhou Virtuosi Racing 1m42.629s +0.943s 47 13 Ralph Boschung Campos Racing 1m42.635s +0.949s 31 14 Juri Vips Hitech GP 1m42.672s +0.986s 39 15 Oscari Piastri Prema 1m42.719s +1.033s 33 16 Marino Sato Trident 1m32.869s +1.183s 53 17 Roy Nissany DAMS 1m42.876s +1.190s 30 18 Christian Lundgaard ART Grand Prix 1m42.888s +1.202s 41 19 Lirim Zendeli MP Motorsport 1m43.068s +1.382s 18 20 Matteo Nannini HWA Racelab 1m43.744s +2.058s 25 21 Theo Pourchaire ART Grand Prix 1m44.519s +2.833s 35 22 Roberto Merhi HWA Racelab 1m44.981s +3.295s 19
  17. E até interessante que muitos acham que a dificuldade do Russell era sair de um carro lento para um carro rápido. Mas se for ver por uma certa ótica, a Williams é um treinamento bem duro para assumir a Mercedes que é um carro muito mais fácil. Ele só teve que descobrir os limites, pois de resto foi muito mais fácil pra ele.
  18. Porra que legal, foi onde isso Instagram?
  19. Juri Vips vai testar com o carro da Red Bull desse ano. Eu se fosse o Marko, caso ele vá bem nos testes de Abu Dhabi, o colocaria tranquilamente no carro da Red Bull ano que vem pelo menos umas 2 etapas para ver o que acontece. Se ficar distante chama o Perez.
  20. É a leitura mais correta ao meu ver, ambos são muitos bons e o Bottas apenas bom. Só não concordo quando tentam alçar o Hamilton para algo ainda acima dos fora de série.
  21. 1. Felipe Drugovich Sem comentários. Entrou em uma equipe mediana e conseguiu andar na frente em várias oportunidades. Teve desempenho que se espera de pilotos realmente talentosos. Deve vencer o título ano que vem de forma convincente. 2. Caio Collet Conseguiu superar Martins em diversas oportunidades, um piloto que além de ser muito rápido contava com todo apoio da Art. Foi muito superior aos companheiros de equipe e restante do grid. Antes de ser tirado da corrida 2 em Imola, tinha um recorde de 34 corridas pontuando, maior da Eurocup. Se for para a Prema ano que vem deve vencer a F3 e seguir o caminho do Piastri. Se for para a Art basta ser o melhor da equipe e se possível lutar pelas posições mais altas da tabela. 3. Gianluca Petecof Começou bem o ano, conseguiu superar com frequência Rasmussen e Leclerc. Porém a partir de certo momento desempenho caiu muito, por sorte conquistou o título, mas ficou a impressão no ar que tem menos talento que o Leclerc. Além de ter sido superado pelo Rasmussen com frequência. Não terminou o ano em alta apesar do título. Porém fica a ressalva de que seus problemas financeiros podem ter atrapalhado seu desempenho e também que ele pontuou em todas as 23 provas, o que mostra maturidade. Não sabemos onde vai para o próximo ano. Se por algum caso ficar na nova F3 regional, deve vencer o título. 4. Dudu Barrichello Começou o ano de forma bem mediana, mas do meio pra frente na temporada começou ameaçar a dupla da equipe mais tradicional da USF2000. Conseguiu conquistar o vice somente, mas terminou o ano em alta com vitórias e bom desempenho. Não se sabe onde vai correr ano que vem, se especulou uma ida para a europa, mas é provável que suba para a Indy Pro 2000. 5. Roberto Faria Roberto começou o ano com 16 de idade na F4 britânica. Desde o início já andando na frente, um pódio na primeira etapa e outro na segunda etapa. Todas as corridas que terminou nas 4 primeiras etapas ficou entre os 7 primeiros. Isso rendeu uma promoção imediata para a F3 britânica. As primeiras corridas foram de aprendizado, na penúltima etapa em Donington já terminou as 3 corridas no Top 10. Na última corrida em Silverstone conseguiu o segundo lugar. Além de terminar o ano em alta já confirmou-se como titular para o ano que vem pela Fortec. Apesar de não ser a principal equipe, conseguiu levar Jonathan Hoggard ao vice campeonato em 2019 (um piloto bem cotado). Ano que vem deve brigar pelo título para conseguir uma vaga na F3 Regional ou na principal como o campeão de 2019 Clement Novalak. 6. Enzo Fittipaldi Começou o ano bem mal, muitos problemas em classificação, bem distante do experiente parceiro de equipe Jake Hughes. Porém mostrou desempenho impressionante em algumas corridas, conseguindo subir na pista 10 posições às vezes até mais. Problema que o grid da F3 tem 30 carros. Mais para o fim do ano já estava em um ritmo melhor, largava melhor, quase conquistou um pódio e começou a andar na zona dos pontos. Ano que vem deve necessariamente ao menos brigar pelo título. 7. Gabriel Bortoleto Um piloto que se mostrou extremamente rápido na chuva mas que deixou a desejar no seco. Seu ano ainda foi positivo, quase venceu o piloto da Ferrari Dino Beganovic no campeonato, conseguiu vencer corridas também o que é importante. Ano que vem se continuar na F4 italiana deve conquistar o título. 8. Kiko Porto Correndo no mesmo campeonato que o Dudu Barrichello (USF 2000), também começou o ano mais apagado, perdeu uma rodada, mas foi ganhando consistência e também terminou o ano em alta. Por ser bem mais jovem o acho até mais promissor. A tendência creio que seja continuar nos EUA. 9. Igor Fraga Um ano sem muito o que comentar. A equipe era muito ruim e o Igor também não se mostrou capaz de fazer algo por si próprio (se é que isso era possível). Ano que vem corre pela Hitech, como o Enzo tem que correr na frente, brigar por vitórias e disputar o título. Semelhante ao que o Lawson fez este ano. Menção Honrosa: Sergio Sette Camara Apesar de não ser mais um piloto Jr. conquistou uma pole sensacional no primeiro fim de semana na Super Formula, virando manchete nos principais sites de automobilismo. Em suas primeiras corridas na FE também chamou atenção de todos, em ritmo de corrida sofreu com adaptação, mas em volta rápida rapidamente superou experiente e campeão Nico Muller que era o piloto titular da equipe Dragon. Ano que vem corre pela Dragon novamente como titular, não se sabe o quão bom será o equipamento, o objetivo é sempre vencer o parceiro de equipe.
  22. Chefe do programa de jovens pilotos da Ferrari sobre o ano do Petecof. Tradução (amadora): Basicamente ele elogiou o amadurecimento do Petecof (ele teve muitos problemas na Prema ano passado, batidas com companheiros de equipe, abandonos, etc). Ficou no ar que o Leclerc pode ter tido alguns problemas com a equipe. Talvez haja essa visão dentro da FDA que o Petecof é um piloto mais preparado embora menos talentoso que o Leclerc.
×
×
  • Create New...