Jump to content
Forum Autoracing

PauloVitor345

Members
  • Content Count

    56
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About PauloVitor345

  • Rank
    Newbie

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  1. Acredita que eu consigo assistir essas corridas antigas mesmo sem emoção até o final do que essas corridas de hoje?, o fator disso é o motor barulhento, que faz falta na F1 atual (já falei isso em posts anteriores), assistir corrida com o barulhão não tinha preço. Corrida sem acidentes (com o piloto saindo ileso) não tem emoção e animação, mas se você não gosta, fazer o quê? Aliás, excesso de segurança na F1 não deveria existir, os pilotos estão lá porque quer, não são obrigados, sabem que ali é um esporte perigosíssimo, e por causa dos acidentes fatais, a FIA acaba por estragar aind
  2. http://www.autoracing.com.br/f1-sauber-e-comprada-pela-longbow-finance-e-garante-seu-futuro/ == Uma pergunta, posso postar a fonte de outro site aqui?
  3. É o meu caso também. Isso vai ser só daqui muito tempo, na base ainda existe muitos pilotos desse país, impossível ficar sem representante na F1, a Alemanha tem até uma ''F4'' para revelar os talentos de lá.
  4. O canadense Lance Stroll e neo-zelandês Mitch Evans poderiam ser o ''rookie'' da temporada que vem na F1, a meu ver, ambos tem talento pra entrar nela. Eles são de um país que há muito tempo não tem representantes na F1.
  5. Nada a ver. Assisto a F1 porque gosto (apesar de estar sem graça), não é porque gosto de ver piloto correndo, mesmo que não tenha brasileiro lá, acompanho no mesmo jeito. Quem faz isso são os ''modinhas'', quando um ''Ayrton Senna'' da vida estoura na F1, todo mundo para pra ver ele correndo todo fim de semana, quando se aposenta ou sofre um acidente fatal, o telespectador larga a categoria e o Ibope só decaí, como vemos hoje em dia pela Rede Globo. Roberto Medina e o surf retrata bem isso, antes dele estourar, muita gente não acompanhava o esporte e nem sequer sabia que existia, d
  6. Pra mim, o Nelson Piquet Jr. já teve a sua chance e não merece retornar a F1. Ele levou a surra do Alonso quando corria em um carro que não era ruim (Renault), até o espanhol venceu 2 corridas (uma delas planejada) e o brasileiro nada. Aquele pódio no GP da Alemanha de 2008 foi por causa do acidente de Timo Glock (se não me engano) que forçou a entrada do safety car e logo em seguida, todos os carros foram pro pit stop, menos ele. Mas foi ultrapassado pelo Hamilton quando estava liderando nas voltas seguintes.
  7. Eles saíram ''prematuramente'' entre aspas. Quis dizer que eles mereciam continuar correndo em equipes melhores na F1 porque são melhores que os pilotos que estão no grid atual, como Felipe Massa, que não tem mais nada a acrescentar na F1. Levando em conta que o brasileiro continua na F1 por causa do patrocínio, se não fosse por isso... E o Barrichello fez bem em sair, só que tarde demais...
  8. Vettel é amigo pessoal do Raikkonen, por isso o alemão defende que ele fique.
  9. Pilotos que mostraram ser um bom piloto, mas saíram prematuramente da categoria pra não voltar mais, por vários fatores, como a falta de vagas, carros medíocres, e etc... (só não vale citar os que faleceu pilotando, como o caso do Ayrton Senna e Jules Bianchi), quais deles merecia ser mantido por mais tempo na F1?, a minha lista abaixo (dos que eu acompanhei, não todos os pilotos que correram desde 1950): Alexander Wurz (Áustria) Jarno Trulli (Itália) Nick Heidfeld (Alemanha) Juan Pablo Montoya (Colômbia) Cristiano da Matta (Brasil) Timo Glock (Alemanha) Tiago Monteiro (Portugal) Ro
  10. Desses que você citou, o problema mais grave é a que está em negrito. Sem dinheiro, a equipe não faz um carro bom e a competitividade só diminui a cada temporada.
  11. Respeito a sua opinião, mas a Fórmula E, com pouco tempo de existência, é melhor do que a Fórmula 1 disparado. Que não estrague a categoria e faça o ficar monótona como está a F1 nos dias de hoje (pra vocês não está, mas pra mim sim).
  12. Isso. Com chuva, os pilotos velozes faz a diferença mesmo com um carro que não seja de ponta. Mas isso não ocorre em todas as corridas, o GP da China de 2009 é um exemplo disso.
  13. O erro está aí, GP3, GP2, F3 europeia, Indy, etc..., é mais emocionante que a categoria que está no topo da pirâmide do automobilismo! Se a F1 tivesse as mesmas regras da GP2... Na época do domínio de Vettel, a Red Bull disputava isolada e raramente outra equipe batia nela, a do meio, tinha disputa, agora entre os carros mais lentos (Virgin/Marussia, Team Lotus/Caterham e HRT), só servia para preencher o grid, não botava medo nem dos carros do meio. Pra mim, o pior circuito que apareceu na F1 recentemente e deveria ter saído é a Cingapura. Quando o piloto morre,
  14. Mas em 2012 ele liderou esse GP pela Force India em algumas voltas, ou seja, ele corre bem lá, mesmo com pista molhando e secando ao mesmo tempo. Só não ganhou a corrida porque foi tocado durante a ultrapassagem e punido em seguida. O problema é que ele não pega carros de ponta e acaba tendo bom resultado na corrida desse circuito quando ocorre alteração no clima, mas se ele corresse com o carro de ponta, não duvido que seria o mesmo caso do Ayrton Senna e Mônaco. Se tratando que o circuito é veloz e curto, ou seja, de vez em quando ocorre zebra na chuva em Interlagos, a corrida de
×
×
  • Create New...