Jump to content
Forum Autoracing

Rodrigo

Members
  • Content Count

    33,045
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    8

Rodrigo last won the day on September 15 2014

Rodrigo had the most liked content!

Community Reputation

41 Excellent

About Rodrigo

  • Rank
    O inventor da tangência quadrada
  • Birthday 11/21/1985

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Location
    Ora em Diadema/SP, ora em Boa Vista/RR
  • Interests
    automobilismo em geral
  1. Torrido? Aqui é onde o capeta faz churrasco.
  2. STJD tá de palhaçada com o Corinthians desde que Marin e Del Nero assumiram seus cargos. Acho que eles precisam frear o timão pra dar chance aos demais
  3. Nas regiões Norte e Centro Oeste o Flamengo domina mesmo. Corinthians vem logo atrás, e depois os demais times do RJ. A maioria do povo dessas regiões torcem pra times do RJ por ser a unica opção da programação do futebol, até na TV a cabo. Aqui em Roraima, Amazonas, Acre e Amapá, por exemplo só se transmite jogos dos times cariocas. Ainda assim a torcida do Corinthians é bem representada nesses locais.
  4. Stay Classy, FHC http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc12059802.htm
  5. Tá na coordenação de voo, fiote? qual é a operação diária saindo daí de GRU? Aqui em RR não existe horário de verão. Duas horas a menos no fuso, e por incrivel que pareça to estranhando mais do que quando vivia em SP.
  6. Ganhamos do Vitória, e com um belo gol de um cara que mal sabe cruzar. É pra glorificar de pé, igreja!
  7. E os honestos que vão votar na Dilma são o que?
  8. Rodrigo

    NFL 2014/2015

    Esse fim de semana eles pegam os Cowboys. As polícias de Houston e Dallas já estavam se zuando via Twitter: http://www.10jardas.com/departamentos-de-policia-de-dallas-e-houston-brigam-pelo-twitter/
  9. Claro que influencia. Até a curva de potência e torque sofrem influência com o redimensionamento do escape e apenas a simples admissão de uma mistura rica não vai fazer com que o motor ganhe mais potência. Existem diversos fatores para se chegar a esse denominador, e o redimensionamento do escape é um deles. Consequentemente, com uma saída dos gases mais eficiente e a mudança no diametro e angulação do sistema de escape, o som também muda. Dizer que um motor ganhará potência apenas com uma admissão maior de combustível é observar o tema dentro de um enfoque raso. O mesmo motor Mercedes (M156) de rua teve um ganho considerável de potência somente com o redimensionamento do escape entre os modelos C63 e S63 e SL63, pois justamente os dois ultimos disponibilizam maior espaço no cofre do motor para esse retrabalho, além claro, de deixar o som bem mais refinado. Chamar aquele improviso da Mercedes de redimensionamento, ou de uma solução prática para o barulho do motor é uma piada, tanto que foi considerada assim pelo resto do circo da F1. Vale ressaltar que a potência gerada naqueles motores da década de 80 não era apenas decorrente da mistura rica, que claro, tinha influência. O motor BMW tinha uma taxa de compressão menor do que a dos motores V8 aspirados (7,5:1) e entregava essa potência toda graças a eficiência das turbinas e do monstruoso sistema de intercooler que o carro possuia, além claro, do sistema de escape redimensionado do motor. Só lembrarmos também que estamos falando de um motor derivado de um projeto do fim da década de 50! Hoje, o espaço no cofre do motor é, como já havia dito anteriormente, reduzido pelas MGUs. E, entre ganhar cavalaria com um sistema limpo de geração de energia, e alterar componentes de um motor "congelado", a primeira opção vai ser muito mais viável. O som e a potência gerada pelo redimensionamento passam a ser aspectos secundários, infelizmente.
  10. Rodrigo

    NFL 2014/2015

    E ontem mais um cacete entre rivais: Green Bay 42 x 10 Minnesota Os jogos da noite estão com uma disparidade enorme. Parecem jogos de pré - temporada! Raiders demitiu o técnico após a derrota pro Miami em Londres. Contrataram o Sparano (que já foi técnico do Miami) como interino. Trocaram 6 por meia duzia. A coisa está começando a afunilar no campeonato. Domingo tem uma série de bons jogos...
  11. A rotação no caso da F1 atual não é relevante se comparado a rotação dos F1 da década de 80. A Brabham/BMW, por exemplo, tinha o corte de giro em 12.000RPM, e a posição da turbina já era no caminho dos gases justamente para se aproveitar a energia cinética do coletor de escapamento. Vale ressaltar que a pressão do turbo era semelhante a dos dias atuais. A solução para o problema dos motores é mais simples do que parece. Basta redimensionar a saída de escape: na década de 80 tinhamos coletores de escapamento com dupla saída, e hoje é apenas uma só, bem menor se comparada com as de 30 ano atrás. Se não fosse pelas MGU's, que ocupam um bom espaço no cofre do motor, isso seria resolvido tranquilamente. Acredito que com a evolução dos sistemas geradores de energia (não sei se estão com o desenvolvimento congelado), isso poderá ocorrer.
  12. Dedico esse biscoitinho ao Palmeiras, e a sua torcida.
×
×
  • Create New...