Jump to content
Forum Autoracing

Torquato

Members
  • Content Count

    215
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Torquato

  • Rank
    Veterano

Profile Information

  • Location
    Floripa
  1. Mitsubishi Lancer, lançado um tempo atrás. Tem no NoGrip
  2. Caro scar_dis, me desculpe, mas a sua comparação não é consistente, pelo menos na minha avaliação. Uma vez que colocaste tua opinião num forum de discussão, me permita apresentar um ponto de vista diferente, também com seus defeitos, mas que pode ajudar a definir o que seria "a grande categoria mundial de carros de turismo": . DTM não é turismo . Stock Car Brasil não é turismo . Nascar não é turismo . V8 Supercars é turismo, mas como o nome diz, os carros são V8 . WTCC é turismo, 4 cilindros, 2 litros As três primeiras categorias, que poderiam servir de parâmetro para comparação ao WTCC são de carros protótipos, mas que parecem com carros de turismo. Mas não são! Não dá pra comparar a potência de carros 8 cilindros com os do WTCC, como também não dá pra comparar o tempo de carros de rua modificados com o tempo de protótipos de corrida especificamente construídos e preparados para a competição. Comparando com a única outra categoria de turismo citada, a V8 australiana, a primeira grande diferença é óbvia: um é campeonato nacional (com algumas provas no exterior), o outro um campeonato mundial, sem "residência" fixa. Daí já se percebe a enorme diferença entre as categorias. Na Austrália o campeonato da V8 Supercars começou na década de 90 (antes disso era a ATCC). É o grande campeonato australiano, algo como a Stock por aqui. É maravilhoso, eu pelo menos adoro, mas os caras correm só no quintal deles, com duas montadoras envolvidas (Holden e Ford-Austrália). O campeonato é fechado (como a DTM): se outra montadora quiser entrar vai precisar pedir para a Holden e a Ford (mas elas não vão deixar...). No WTCC não tem clube do bolinha: entra quem quiser, quando quiser, só precisa ter o carro homologado pela FIA (e ela deixa entrar, faz questão que outras montadoras entrem). Estão por lá, ou estiveram recentemente a BMW, Alfa, Seat, Chevrolet, Honda, Peugeot, Volvo, Ford, entre outras. Os carros são muito próximos dos de rua, todos com 4 cilindros e dois litros (275hp num 2 litros não é o que eu considero "raquítico"). Os pilotos são famosos internacionalmente, reconhecidos pelo seu talento e bons resultados em diversas outras categorias. As corridas são curtas, o que proporciona um outro ritmo à competição. Adoro provas de endurance, mas elas são mais apropriadas para protótipos ou carros de maior cilindrada. As provas curtas do WTCC são muito emocionantes. É incrível o que acontece no pouco tempo que os carros estão na pista (é muito mais agitado do que uma temporada inteira de F1). Poderia ser melhor? Mas é claro! O BTCC por exemplo é espetacular. As provas são mais longas (e são três baterias), os grids são grandes e os carros belíssimos. Os pilotos também são muito bons e as pistas britânicas estão entre as mais emocionantes do mundo. Mas é um campeonato britânico, também com algumas provas no exterior. O WTCC não precisa ser a "melhor categoria de turismo do mundo", mas com certeza é a única com projeção mundial, o que é um grande diferencial. Lembre que uma categoria mundial é muito mais cara que uma nacional. Exemplo de como pode ser difícil fazer provas em vários continentes foi o pequeno número de carros que veio ao Brasil para as Mil Milhas. Não é fácil ter 40 carros no grid correndo, todos, no México, Macau e Spa. É muito caro, principalmente para as equipes particulares. Pra terminar, sabe o que eu acho mesmo? Não precisa comparar, é bobagem. Nós que gostamos de automobilismo vamos com certeza encontrar coisas positivas e negativas em qualquer categoria, mas a diferença entre elas é que nos faz tão empolgados com o esporte. Tem gente que gosta de F1, outros preferem Nascar ou WRC, mas tem espaço pra todo mundo. Eu assisto qualquer corrida que passar na TV, qualquer uma (graças a Deus agora eu tenho o Speed, BandSports, ESPN e SporTV, tem sempre alguma coisa passando...). Abraço.
  3. Acho que a Honda tá certa, e mais, o substituto lógico é da casa: Takuma Sato, que conseguiu pontuar 2 vezes com o primo pobre da Honda... Do jeito que o Barrichello tá desmotivado acho que ele deve é agradecer por ainda ter uma chance na Super Aguri. Não fez nada desde que saiu da Ferrari, o Button continua vencendo todos os seus companheiros de equipe, fácil...
  4. Pelo menos essa corrida, em Mar del Plata, foi muito ruim. Muito ruim mesmo. Tudo bem o grid era enorme, e os carros eram muito bonitos. Mas e os pilotos? Vale tudo? Não tem punição em nenhuma situação? Pra passar vale empurrar o outro pra fora no meio da reta? Pra piorar os "pilotos" saíam da pista sozinhos, o tempo todo... Foi assustador! Sem falar do autódromo, em péssimo estado. Foi a maior decepção que já tive com o automobilismo argentino! Eles têm coisas muito boas, mas este não é um exemplo do que eu gostaria de ver no Brasil.
  5. Ontem eu assisti ao Turismo Nacional da Argentina, no Speed, etapa de Mar del Plata. Grids cheios de belos carros, mas parecia derby de destruição: ninguém se respeitava, não tinha punição e a melhor forma de ultrapassar era jogando o adversário pra fora da pista. Lastimável... O autódromo também deixava muito a desejar. Foi uma tremenda decepção! Muito longe do que se poderia esperar de uma competição onde alinham tantos carros e com tantos patrocinadores. Até minha mulher começou a assistir: ela achou engraçado e perguntou se os pilotos erravam sozinhos "de propósito"...
  6. Tô achando ótimo, inclusive que tenha reprises. Não dá pra ficar o final de semana todo (tem corrida sexta-feira a noite, ao vivo - Grand-Am) assistindo às corridas: é bom ter reprise durante a semana. Temos Grand-Am, ALMS, Nascar, Champ-Car, DTM, V8SC, TC, A1GP, Speed TC e GT, FIA GT e mais um monte de coisas... Alguém ainda consegue achar ruim? É meu canal, sem dúvida. Os comentaristas são divertidos e não fazem aqueles exageros nacionalistas que encontramos em tantos outros canais. Parabéns pra eles, muito mais agradável ouvir a narração deles do que a de tantos outros "consagrados" do Brasil... Vou assinar o canal com certeza.
  7. Eu tenho um Athlon 64 3000, com 2Gb de memória DDR 400MHz, mobo K8N nForce3 e 6800GS de 256Mb. Roda tudo que eu quero (GTR2, rFactor, GTL, GPL,...) muito bem, com algumas poucas reduções na qualidade. É uma configuração suficiente pra se divertir com boa qualidade. Comprei ontem, estou esperando chegar, um Core2Duo 6600, com 2Gb de memória DDR2 800MHz, mobo Intel 975X e 8800 GTS 640Mb. O computador vem com Vista, original. Com certeza vou ter micro pra rodar qualquer coisa, minha única dúvida é o sistema operacional. Meu volante é um Microsoft, sem FF. Tenho 2. É o meu volante, não tem jeito, não consigo gostar de nenhum outro. Alguém sabe se ele instala no Vista?
  8. Nuno, a bagunça tá grande por aqui, o tópico do Piquet já era... Gostei muito do teu post, parabéns e obrigado! O mundial de esporte protótipos ou mundial de marcas, como costumamos chamar no Brasil, morreu porque cresceu demais e na Europa já ameaçava à F1 em popularidade. A FIA preferiu a F1, que estava sob controle e rendia mais dinheiro aos organizadores (sem falar na tradição)... Tivesse mantido o campeonato hoje as coisas seriam muito diferentes na F1... Quanto ao Ickx, meu maior ídolo no automobilismo, quero lhe lembrar que foi duas vezes vice na F1, maior vencedor de Le Mans (até o Kristensen quebrar o recorde recentemente...), múltiplas vezes campeão em categorias GT e Protótipos de todos os tipos, além de ter vencido o Paris-Dakar. Qualquer um destes feitos isoladamente já seria uma conquista formidável para qualquer piloto, mas ele tem todos! Piloto completo, "rei na chuva", daqueles que não se vê todo dia... Já dos pilotos de rali, temos acompanhado experiência interessante nos últimos anos em Le Mans, quando o Loeb tem corrido pela Pescarolo com excelentes resultados. A vitória tá batendo na porta, não veio por detalhe no ano passado, e ele anda tão forte quanto seus colegas de time... Este francês é espetacular, quem vê o cara dirigindo no WRC sabe do que estou falando. O Ekstrom, do DTM, já declarou várias vezes que prefere o rali, e já fez algumas provas no campeonato sueco e no WRC, sempre pela Skoda. Não anda na frente (também, com Skoda...) mas não dá vexame. Antes de entrar nos "turismo" ele foi piloto de rali. O Prost também correu umas provas no gelo, mas sem muito sucesso. Sem querer comparar, mas como registro, neste final de semana o Zonta vem à Santa Catarina: vai correr no catarinense de velocidade com um Omega... Imagina se eu não vou lá pra ver! Os caras dizem que é pra se divertir, mas quando põem o capacete e apertam o cinto...
  9. O argumento é um só desde o começo: como comparar, usando estatísticas, se não há exemplos recentes? Usando subjetividade? Aceito, mas subjetividade é pessoal, não é critério. Não existem estas estatísticas, que comparam os pilotos de categorias diferentes, como o Guilherme ficava propondo. Tentar comparar A com B é justamente isso: laranjas com maçãs... Boa sorte! Precisa saber discernir, pensar, e não se deixar levar pelo marketing da F1... Nos EUA os "melhores do mundo" estão na Nascar, eles todos acreditam nisso, e o problema é o mesmo que encontramos aqui... Agora, se alguém aqui tiver a grandeza de dizer que Heidfeld, de la Rosa, Massa, Trulli, Fisichella, Rosberg, Liuzzi, Speed, Monteiro, Sato e tantos outros são os melhores pilotos do mundo na atualidade só porque estão na F1 então parabéns, não há nada mais a discutir... Existem bons pilotos na F1, de talento inquestionável, como existem em diversas outras categorias, monopostos ou não. Reafirmo o que postei alguns tópicos atrás: na F1 estão alguns dos melhores pilotos de F1 do mundo (alguns deles estão fora da F1). Fora disso, não dá pra afirmar nada. Só pra lembrar: Michael Schumacher no Grupo C não foi campeão, não chegou nem perto. Webber não foi campeão no FIA GT. Hakkinenn (nem Frentzen, nem Alesi) não foi campeão no DTM. Prost não foi campeão no FFSA GT. Mansell não foi campeão do BTCC. Todos são excelentes pilotos de F1 (o Webber nem tanto assim), mas não dominaram os demais campeonatos que participaram. Se fossem realmente indiscutivelmente os melhores... Claro que a F1 é a categoria principal dos monopostos, onde existe mais dinheiro, mas o que define quem pilota por lá não é só o talento, ou alguém discorda? Os melhores pilotos do mundo estão espalhados em várias categorias, porque existem inúmeras competições automobilísticas distintas e ninguém no mundo seria capaz de vencer a todas elas, porque não existem pilotos com este nível de talento, daí a impossibilidade da concentração dos melhores pilotos do mundo numa única categoria, como a F1. Coloca o Alonso pra fazer uma prova do WRC e vamos ver o desempenho do "campeão"...
  10. Ingo é meu maior ídolo entre os pilotos brasileiros, há bastante tempo! Não tem muito o que dizer, né? O alemão está acima de qualquer avaliação. Parabéns pra ele, uma pena não estar no play-off. Um detalhe: se ele tivesse classificado para o play-off, bastava o pneu dele não ter furado, estaria disputando o título com Losacco e Bueno... Alemão é bom demais!
  11. Deve ser bom pra ele retornar ao MotoGP, até por uma questão de orgulho, mas eu estava adorando vê-lo na SuperBike este ano! Ano que vem, numa equipe melhor na Superbike, ele poderia pensar mais longe... Chega a ser uma pena! De tomo modo, força Barros! :thumbsup:
  12. Só pedi as tão faladas e inquestionáveis estatísticas... Não tem? Incrível é como a tua definição de "melhor do mundo" está mudando ao longo dos posts: agora "melhores do mundo" são aqueles que vão bem nas categorias de base e chegam à F1... Usando o teu "feliz" exemplo: Villeneuve e Montoya saíram da CART, certamente uma categoria "inferior" nos teus conceitos, e rapidamente obtiveram destaque na F1, o Villeneuve chegando ao campeonato mundial... São só dois pilotos, ainda bem que a CART daquela época não teve outros pilotos migrando pra F1, já pensou? Mas é só um exemplo... E nos últimos 10 anos... Continuo esperando teus "fatos estatísticos"... Se não tiveres não adianta ficar com raiva de mim, só estou pedindo por aquilo que estás dizendo conhecer... Não deve ser difícil postar teus "fatos'...
  13. Por favor Guilherme, coloque aqui as estatísticas dos fabulosos pilotos da F1, nos últimos 10 anos, que saíram da categoria e foram "dominar" as demais categorias mundiais de monopostos... Já que gostas tanto delas, e pareces conhecê-las tão bem, pode colocar aqui que eu vou ter o maior prazer em verificar a veracidade dos "fatos"...
  14. Gostaria de conhecer estas estatísticas, digamos, nos últimos dez anos... Queres apresentá-las? Mas não posso discordar de alguém que usa "subjetividade" como critério... Agora, seria muito interessante conhecer a história do piloto de F1 que vai para a F-Atlantic e ganha tudo... Isto realmente provaria que os pilotos de F1 são os melhores... Imagina o Raikkonenn dando pau nos pirralhos americanos adoradores de Nascar... Assunto encerrado Opinião todo mundo tem, não vale grande coisa, é "subjetiva", mas é muito difícil querer comparar um grid com Andretti, Ickx, Peterson, Fittipaldi, Stewart, e Lauda com um formado por Button, Raikkonenn, Massa, Alonso, Fisichella e Barrichello. Consegues perceber a diferença? Os melhores do mundo, na época, e os melhores da F1 atual... Dá até uma tristeza...
×
×
  • Create New...