Jump to content
Forum Autoracing

OutLaw

Members
  • Content Count

    1,224
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    14

Posts posted by OutLaw

  1. Era a primeira experiência da carreira do Senna com um F1 que usava motor Turbo. É muito óbvio o motivo do Piquet ter superado Senna, era muito mais experiente e conhecia a equipe (mecânicos, engenheiros, etc) e o carro como a palma da sua mão. Porém continuo achando que não é real a diferença de quase 2 segundos, mesmo pra época.

    Bernie queria contratar Senna para o segundo carro da Brabham, Piquet era contra e ficou tão preocupado que levou o assunto até a Parmalat, dizendo que a contratação de Senna traria problemas para a equipe pois os dois nunca iriam se dar bem. Prevaleceu a vontade da Parmalat de ter um piloto italiano no segundo carro e Senna acabou assinando com a Toleman.

  2. GP da Emiglia Romana (Imola) foi adicionado para o dia 18 de Abril, GP da Austrália foi movido para 21 de Novembro.

    Calendário revisado de 2021:

     

    28 March - Bahrain GP
    18 April - Emilia Romagna GP
    2 May - TBC
    9 May - Spanish GP
    23 May - Monaco GP
    6 June - Azerbaijan GP
    13 June - Canadian GP
    27 June - French GP
    4 July - Austrian GP
    18 July - British GP
    1 August - Hungarian GP
    29 August - Belgian GP
    5 September - Dutch GP
    12 September - Italian GP
    26 September - Russian GP
    3 October - Singapore GP
    10 October - Japanese GP
    24 October - United States GP
    31 October - Mexico City GP
    7 November - Sao Paulo GP
    21 November - Australian GP
    5 December - Saudi Arabia GP
    12 December - Abu Dhabi GP

     

  3. On 10/30/2020 at 9:28 AM, edermetal said:

    Olha de curioso...

    Verstappen corre o risco de ficar no limbo assim como Alonso, e curiosamente ofuscado pelo mesmo motivo.

    Estar na equipe errada na hora errada.

     

    Interessante é ambos terem sido atropelados pelo mesmo piloto: Lewis Hamilton!

    Atropelados? Max nunca teve carro pra competir com o negão. E com o Alonso no único ano em que os dois disputaram o título diretamente entre si, foi PAU A PAU Até o fim e ambos terminaram EMPATADOS em pontos. Não sei aonde isso pode ser considerado atropelamento.

     

  4. On 12/23/2020 at 12:42 PM, miane said:

    Só para constar o Mazepin provavelmente tem muito mais talento que o Pietro, que não tem nada de relevante na carreira. Só em caráter que o Pietro ganha mesmo.

    O Mazepin também não é grandes coisas. Só tá na F1 pela grana mesmo.

    Pelo que me parece a Haas queria e até tentou trocar o russo pelo Fittipaldi, mas no fim a grana e a influência do papai bilionário falou mais alto.

  5. Eu sempre achei que o problema do segundo carro da Red Bull nunca foi o piloto, e sim o Max que é espetacular e tira leite de pedra desse carro meia boca. Só andariam próximos do Max com o carro desse ano, pilotos de nível muito mais alto como Hamilton, Russell ou Leclerc. Esses pilotos comuns da escola da Red Bull (Albon, Gasly e Kyviat) não conseguem andar mais que o carro.

    O Max é genial e vai depender da Red Bull fazer um carro ao menos próximo da velocidade da Mercedes em 2021. Ele merece ser campeão mundial o quanto antes.

  6. On 11/30/2020 at 12:28 PM, knOx said:

    1997 a 2000 foram muito fortes tambem.

    1997 ele manchou o que poderia ter sido um honrado vice-campeonato com a vigarice pra cima do vilanova. Em 2000 a McLaren começou o ano melhor mas a Ferrari foi aos poucos igualando as coisas. Mesmo assim o queixada venceu as três primeiras corridas do ano, realmente foi um bom ano do Cepacol mas ainda fico com 1995 porque a diferença de pontos foi brutal e a diferença entre os carros era maior também.

  7. On 11/22/2020 at 2:53 AM, Tonyander said:

    Existe uma reportagem na Globo que fala sobre os campeonatos em que pilotos foram campeões com carros claramente inferiores

     

    Podem pesquisar:

     

    "Críticos de Lewis Hamilton alegam que inglês só vence tanto por ter conjunto superior; mas a história da categoria mostra que poucos foram os campeões com conjunto claramente abaixo"

     

    "fez um levantamento desses campeões com equipamento bem inferior, tanto em velocidade como em resistência. O blog não levou em consideração temporadas nas quais carros apresentaram desempenhos distintos em fases do campeonato, como em 1991, no qual Ayrton Senna tinha uma McLaren veloz e confiável no começo do ano, mas depois enfrentou a concorrência de Nigel Mansell, com uma Williams mais rápida na segunda metade da temporada, mas nem tão durável."

     

    Nessa lista tem, por exemplo, Schumacher em 1995, Piquet em 1981e Prost em 1986. Hamilton não ganhou nenhum título nesse nível de desvantagem e não aparece na lista.

     

    Sobre Schumacher:

     

    "Em 1995, a Benetton trocou os motores Ford pelos Renault, mas, apesar do ganho de potência, foi a Williams quem apareceu com um conjunto superior. Nas classificações, onde se afere a velocidade pura dos carros, Damon Hill e David Coulthard deram um passeio e cravaram 12 poles para a Williams, contra apenas quatro de Schumi. Só que nas corridas a Benetton compensava o chassi inferior com estratégias de box perfeitas, e, tanto Hill como Coulthard, cometeram diversos erros que lhes tiraram pontos. Com um show de pilotagem, Schumacher engoliu a dupla da Williams, mesmo com um carro inferior."

     

    Ou seja, Schumacher ganhou o campeonato no "braço". Foi o homem ganhando da máquina. Algo raro.Talvez tenha sido a melhor performance de todos os tempos em 1 temporada, com direito a uma corrida antológica, onde largou em décimo sexto, e ainda conseguiu ganhar a corrida na chuva e brilhou com pneus para pista seca!, onde seu principal adversário usava pneus de chuva.

     

    "Em 1995, a história não se repete, mas quase. O palco é o mesmo (Spa-Francorchamps), a chuva apimenta novamente a corrida e Schumacher acaba por ganhar! Mas desta vez a vitória é ainda mais improvável. Arranca da 16ª posição na grelha, com pneus slicks quando os restantes concorrentes apostam nos pneus de chuva. Schumacher vai ultrapassando, sobe na classificação, chegando ao primeiro lugar! E mesmo quando as ameaças de chuva se concretizam, o Benetton-Renault permanece com pneus slicks, obrigando Schumacher a defender a sua posição até ao limite face aos ataques de Damon Hill, com pneus de chuva. Mas no final, quem ganha, é Schumacher!"

    Eu lembro que no dia seguinte o jornal estampava: "Showmacher".

     

     

    image.jpeg.f6dd2c7d467d0284daaa1b408b409e08.jpeg

     

    "Na reportagem dos campeões que ganharam título com carro claramente inferior, está lá mostrando que eu ganhei o campeonato de 1995 no braço. Não vi nenhum título seu por lá."

     

     

     

     

     

    Eu considero 1995 o melhor ano do Schumacher na F1 justamente por causa disso. Tinha um carro claramente inferior e mesmo assim foi campeão de maneira até tranquila, ganhando 9 corridas (igualou o então recorde de Mansell com a Super Williams de 1992) e fez 102 pontos contra apenas 69 do Hill. Foi um show mesmo do queixada, num ano que ele errou pouquíssimo. O que faltava pra Williams naquela época era piloto mesmo...

  8. On 11/2/2020 at 10:29 AM, Piloto P said:

    Esse tópico de 2001, era relacionado a dificuldade do Coulthard (McLaren) em ultrapassar o Bernoldi (Arrows) em Mônaco 2001. Eu me lembro dessa corrida.

    Na verdade nada tem a ver com a fragilidade do motor Mercedes, e sim a incompetência do Coulthard em passar um carro bem inferior.

    Lembrando que nesse ano, Coulthard foi vice campeão (única vez na vida), tomando CAPOTE dos pontos do Schumacher.

    PP

    Na verdade o tópico se refere a algo que ocorreu no GP da Malásia de 2001, pois a data indicada no post é 18 de Março de 2001 (dia do GP da Malásia daquele ano) e o GP de Mônaco só foi acontecer no dia 27 de maio.

    Provavelmente o Coulthard também teve alguma dificuldade contra alguém de motor Peugeot já na Malásia.

     

  9. Eu não acredito que essa diferença entre Leclerc e Vettel que vem acontecendo esse ano seja real. Ou o Vettel tá extremamente desmotivado e correndo apenas pra "cumprir tabela" ou a Ferrari está entregando um carro horrível pra ele como forma de vingança por algum tipo de briga interna que possa ter acontecido.

    É só pegar o confronto direto entre os dois no ano passado pra se perceber que sim, o Leclerc é melhor, mas a diferença entre os dois não é tão grande como essa que está sendo mostrada esse ano.

    A briga deve ter sido muito feia entre Ferrari e Vettel no final de 2019.

     

     

    • Like 1
  10. Na época do Schumacher tinha o Bernie que sempre interferia nas mudanças de regras (Foi ele quem criou o sistema de pontuação "anti-schumacher" de 2003), sempre que tinha um piloto ou uma equipe que dominava por dois anos consecutivos ele ja mexia os pauzinhos pra mudar as regras e deixar a categoria mais equilibrada. A influência dele sobre tudo na F1 era GIGANTESCA.

    Acontece que ele não manda mais,  e a atual administração da F1 não pensa da mesma forma e é por isso que não se viu nenhuma interferência nas regras na atual dominância da Mercedes. E eu não duvido que mesmo com a mudança do regulamento em 2022 a Mercedes continue sendo o melhor carro.

    Não é culpa da Mercedes que ela não tem adversários á altura, estão na deles fazendo o seu trabalho (muito bem por sinal), a culpa é da incompetência principalmente de Ferrari e Red Bull que têm orçamento pra fazer um carrão e têm comido poeira desde 2014.

     

     

     

  11. Dava aperto de vez em quando, não era algo constante. Massa andava próximo ao Cepacol quando os dois foram team mates em 2006 inclusive ganhando duas corridas AO  MESMO TEMPO que Schumacher disputava o titulo, e não só depois de o Vigarista já ter garantido o caneco como foi com o Rubens em 2002 e 2004.

    O desempenho do Barrichello em 2003 tem explicação dada pelo próprio Rubens no Youtube:  o Queixada, acomodado por ter ganho os últimos 3 campeonatos, praticamente IGNOROU os testes pré-temporada de 2003 , deixando tudo nas costas do Rubens, que com isso conseguiu moldar o carro ao seu estilo, bem diferente do estilo de Schumacher, e por isso o xucrute teve dificuldades no começo do ano e , com o carro mais ao seu estilo de guiar o Testa  acabou indo muito bem e sendo superior ao Schumacher em algumas corridas, e de fato este foi o melhor ano do Rubens na F1.

    Rubens era excelente na chuva e no acerto, mas pecava muito em ritmo e constância de corrida no seco, numa época que andar bem era até mais facil, pois os pneus duravam muito mais o que possibilitava o piloto a andar rápido na pista por bem mais voltas.

    Boto o Rubens no mesmo nível de Berger, Hill, Alesi, Coulthard, Fisichella e vários outros daquela geração meia-boca dos anos 90, que de piloto fora-de-série mesmo só teve o Schumacher.

    E o Massa pré-molada era um ÓTIMO PILOTO, que chegou muito mais perto de ser campeão mundial do que Rubens.

     

  12. Barrichello era um piloto bom mas comum. Teve a chance de ser campeão em 2009 sem a sombra de Schumacher e JOGOU FORA. Perdeu o campeonato pro BUTTON, que até então não era considerado um piloto TOP.

    Rubens era um piloto nota 7 assim como Felipe Massa, mas o Massa até o acidente da mola era nota 8. Com certeza o Massa foi o melhor companheiro de equipe do Sapateiro. E teria sido campeão em 2008 se não fosse a incompetência da Ferrari em pit-stops e falhas mecânicas que lhe tiraram alguns pontos (teve um GP que ele liderava e abandonou por problema mecanico a 3 voltas do final). Era um piloto do mesmo nivel do Raikkonen (quando motivado) , mas de 2010 em diante perdeu muita velocidade por causa da molada na testa.

     

  13. Noticia da casa:

    https://www.autoracing.com.br/f1-alonso-schumacher-esta-um-passo-a-frente-de-hamilton/

    F1 – Alonso: Schumacher está “um passo à frente” de Hamilton

    Michael Schumacher continua “um passo à frente” de Lewis Hamilton em termos de grandeza na Fórmula 1.

    Essa é a opinião de Fernando Alonso enquanto o mundo da F1 vê Hamilton prestes a quebrar o recorde de vitórias de Schumacher e igualar seu número de sete campeonatos mundiais em 2020.

     

    “Eu me lembro de Michael como o piloto com maior talento”, declarou o espanhol, que lutou pelo título contra ambos, ao Sport Bild da Alemanha.

    Quanto a Hamilton, Alonso disse que o britânico é claramente “muito bom e o melhor de sua geração”.

    “Mas ele não venceu o campeonato mundial na McLaren quando seu companheiro de equipe era Jenson Button. Nico Rosberg também venceu o campeonato na Mercedes. Michael nunca teve coisas assim – ele sempre vencia. Para mim, Michael está um passo à frente”.

    O bicampeão mundial também foi questionado sobre a crise da Ferrari em 2020, comparando sua passagem pela equipe de Maranello com a de Sebastian Vettel.

     

    “Se você assina com a Ferrari, assume que pode vencer o campeonato mundial. Após quatro títulos, Vettel provavelmente pensava que poderia conseguir outro, mas às vezes você não tem sorte com o momento e as oportunidades certas”.

    “Creio que nós dois perdemos a chance de ter o carro certo no momento certo, mas na minha carreira, eu tentei não me concentrar apenas na F1, fazendo Le Mans, por exemplo, e tentando vencer o máximo que podia”.

    Alonso acredita que o tetracampeão mundial tomou uma boa decisão ao assinar com a Racing Point-Aston Martin para 2021.

    “No momento, parece que a Aston Martin terá chances melhores de ser competitiva do que a Ferrari no próximo ano, apesar de ser difícil de acreditar”, concluiu ele.

     

    ------------------------

     

     

    Concordo com o Choronso, o Queixada pelo menos nunca tomou pau de nenhum companheiro de equipe.

     

     

     

     

     

  14. 53 minutes ago, boxerevolution said:

    O Rosberg não reclamou da convivência com o Schumacher também não, o que nós talvez não entendemos tão bem por não vivermos muito provavelmente entre os melhores do mundo ! naquilo que fazemos é a ultra competitividade desses caras.

    Esses caras (Senna, Schumacher, Hamilton...) são considerados paranoicos comparado a pessoas normais. Os caras estão em cima da bola 101% do tempo.

    O Hamilton poderia ser um santo, que mesmo assim o Nico padeceria de ter que manter a competitividade ao longo de um campeonato inteiro com uma "máquina" do lado.

    Nico venceu a dele e pensou: "Ganhei uma enfim... to fora dessa vida." Tu  imagina o pedaço de madeira que o Hamilton deveria já estar preparando para 2017 em cima dele.

     

    Mas a convivência dele com o Queixada foi na volta dele a F1, e eu tenho pra mim que o Cepacol só voltou em 2010 pra matar o tesão de pilotar mesmo, não acho que ele tenha tido alguma ambição predatória do mesmo nível dos tempos de Ferrari, posso estar enganado mas tenho essa impressão, quando ele testou com a Ferrari no fim de 2009 e viu que ia pagar um preço alto por ter ficado 3 anos parado e pela própria idade avançada, resolveu não voltar pela Ferrari pra não manchar a imagem de semi-deus que tem lá, e assinou com a Mercedes pra correr pelo tesão,  mas aquele Schumacher de 2010 a 2012 era bem mais "light" em todos os sentidos...O Sapateiro no auge da forma jamais tomaria o cacete que ele tomou do Rosberguinho...ia ter trabalho mas levaria a melhor.

    • Like 1
  15. 59 minutes ago, Paul Watson said:

    Sei que isso aqui vai virar mais uma discussão ad eternum, mas
    Fatos mostram o contrário de você.

    Hamilton precisou ser sórdido contra Button e Rosberg, e não o foi. 

    Será que não foi mesmo? O Rosberg assim que foi campeão resolveu parar porque não aguentava mais a pressão de ter que dividir a equipe com o cara. Talvez não tenha vindo á tona ainda mas eu duvido que seja fácil a convivência com ele dentro da equipe, assim como não era nada fácil com Senna e Schumacher.

    Não existe multi-campeão de fórmula 1 bonzinho, mas o marketing de bom-mocismo do Hamilton impede que a maioria das pessoas enxergue isso nele.

    Algo que é muito dito e eu concordo é que a primeira coisa que um piloto tem que fazer pra se dar bem na F1 é destruir o companheiro de equipe. E isso todos os grandes campeões de F1 acabaram fazendo.

    Antes que venham falar eu considero o Hamilton um PUTA piloto , do mesmo nivel de Schumacher e Senna, mas que assim como o queixada teve seus numeros inflacionados pelos grandes carros que correu e/ou pela falta de adversários á altura.

     

     

     

×
×
  • Create New...