Vitor Meira e Amir Nasr reeditam parceria no Brasileiro de Marcas

Em sua primeira temporada no Brasil depois de dez anos disputando a Fórmula Indy nos Estados Unidos, Vitor Meira voltou ao automobilismo brasileiro. E voltou de vez. Depois de estrear na Stock Car pela equipe Officer ProGP, o brasiliense de 35 anos confirmou também participação no Campeonato Brasileiro de Marcas, que começa neste final de semana em Interlagos e terá transmissão pela RedeTV!.

No campeonato, Vitor reedita uma velha parceria de sucesso da época da Fórmula 3 Sul-americana. Piloto brasiliense em equipe brasiliense, já que Meira guiará um Ford Focus preparado pela Amir Nasr Racing e contará com o patrocínio da UniCEUB (Centro Universitário de Brasília) e do BRB (Banco de Brasília) na temporada.

“É bacana estar de volta. Tivemos uma longa parceria no passado, tanto na Fórmula 3, quando fomos campeões, e também em corridas de protótipos e endurance. E espero que possamos repetir o sucesso dos anos anteriores”, afirma Meira.

Samir Nasr, sócio da equipe, também comemorou o retorno do brasiliense. “Ter o Vitor conosco só remete a bons tempos e traz grandes memórias. Juntos formamos um grande time no passado. Vamos trabalhar juntos, e agora contando com a grande experiência que ele traz, temos tudo para iniciar este reencontro no caminho certo”, afirmou.

O piloto admitiu, na Stock Car, que ainda está se adaptando ao estilo de pilotagem do carro, exatamente o oposto de um carro monoposto, como era o caso na Fórmula Indy. E no Brasileiro de Marcas, mais uma diferença deverá exigir um tipo de adaptação: os carros têm tração dianteira.

“Nunca na minha vida eu guiei um carro de corrida com tração dianteira. Então vai ser uma experiência diferente, claro que vai exigir um pouco de adaptação, mas acredito que não será o choque que foi quando vim da Indy para a Stock Car. Agora estou mais acostumado ao formato das competições e dos carros de Turismo, então desta vez o processo será mais tranquilo, até porque são vários os pilotos na categoria que estarão em situação parecida com a minha”, lembrou.

“Quanto mais tempo eu tiver de pista melhor. É igual ao jogador de futebol: ele tem que estar em campo, jogando. No automobilismo é a mesma coisa, e eu quero estar no carro o máximo de tempo possível. Vamos trabalhar com a cabeça aberta e fazer sempre o melhor possível”, concluiu.

Programação:
SEXTA-FEIRA (20.04):
10h45 – 11h20: Treino Extra (Grupo A)
11h25 – 12h00: Treino Extra (Grupo B)
15h45 – 16h30: 1º Treino Livre (Grupo A, max.16 voltas)
16h45 – 17h30: 1º Treino Livre (Grupo B, max.16 voltas)

SÁBADO (21.04):
11h50 – 12h35: 2º Treino Livre (Grupo A, max.16 voltas)
11h25 – 12h00: 2º Treino Livre (Grupo B, max. 16 voltas)
16h40 – 16h50: Treino Classificatório

DOMINGO (22.04):
11h00: Largada Corrida 1 (30min + 1 volta)
13h25: Largada Corrida 2 (30min + 1 volta)

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.