Virtual – Challenger: Soeiro encerra campanha em alto estilo na Bélgica

VPG Challenger

Campeão antecipado da categoria, carioca liderou uma dobradinha da Viracopos na etapa de Zolder, junto com com o companheiro Franciscodog 

Campeão antecipado da VPG Challenger, Ricardo Soeiro (Viracopos Gold) pôde aproveitar a sétima e última etapa da temporada, realizada no circuito virtual de Zolder, para correr sem qualquer pressão. Nesse cenário, o carioca mostrou por que ficou com o título de duas das três categorias da liga na T2 de 2013, dominando a prova desde a classificação até a linha de chegada.

Soeiro marcou a pole position com o tempo de 1:35.693, superando Marcello Menescal (LM) por margem de um décimo. Seu companheiro de equipe, Sérgio Franciscodog Refkalefsky, abriu a segunda fila, tendo ao lado o vice-campeão Ricky Esteves (RGS). Na largada, Dog arrancou melhor do que Menescal e pulou para segundo, na única grande mudança do pelotão da frente nas voltas iniciais.

Em poucos giros, Ricardo abriu uma substancial vantagem de quase dez segundos sobre seu colega de time, enquanto Refkalefesky tentava se segurar dos ataques de Menescal e Esteves. Na 13ª volta, o gaúcho da RGS usou demais a zebra interna da curva 8, destracionou e rodou sozinho, sendo superado por outro competidor da Viracopos, Adriano Max.

Lá na ponta, Soeiro vinha tendo vida tranquila até o reabastecimento, quando entrou logo à frente de Marcelo Leandro (555) e descobriu que ambos dividiam mesma vaga nos boxes. Sem espaço para sua parada, Leandro se desesperou e fez uma bizarra manobra de 180° para tentar retornar ao seu pit, no momento em que o líder arrancava, quase provocando uma colisão.

Além disso, Ricardo saiu dos boxes no meio de uma confusão entre Dival Costa, Pedro Oliveira e Rogério Reis (Alastraa) passavam pelo local em disputa por posição, em lance que também quase terminou em acidente. Por fim, ele ainda seria surpreendido na penúltima volta pelo carro de André Sales (Tonyspeed), que estava rodado no meio da pista, após um choque com Stefano Dorta (Alastraa White). Por sorte, o campeão teve tempo de desviar seu BMW rumo à grama, evitando assim outra batida.

Apesar dos entreveros, Soeiro conseguiu seguir em frente de forma firme e confirmou sua quarta vitória em sete provas, em dobradinha com Franciscodog, que segurou o ímpeto de Menescal para concluir em segundo e garantir o título por equipes à Viracopos Gold. Sétimo colocado, Edilson Carneiro (Morredores) superou Pedro Oliveira na tabela e encerrou o campeonato com a terceira posição.

Resultado extra-oficial:

1. Ricardo Soeiro (Viracopos Gold BMW), 31 voltas em 51:07.342
2. Sérgio Franciscodog Refkalefsky (Viracopos Gold BMW), +03.504
3. Marcello Menescal (LM Mitsubishi), +06.804
4. Ricky Esteves (RGS Mercedes), +21.056
5. Thiago Scherer (RGS Mercedes), +34.241
6. Henrique Scheibe (RGS Mercedes), +42.838
7. Edilson Carneiro (Morredores Audi), +1:02.992
8. Adriano Max (Viracopos Gold BMW), +1:20.513
9. Leonardo Sampaio (LM Mitsubishi), +1 volta
10. João Tubino (LM B Mitsubishi), +1 volta

O resultado oficial e a classificação final completa da VPG Challenger estarão disponíveis no site www.ligavpg.com.

Veja mais notícias sobre o Automobilismo Virtual Brasileiro no site http://www.racebrasil.com.br

Para assistir ao VT da prova na íntegra acesse: http://ow.ly/o5NT2

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.