Vettel insinua aposentadoria da Fórmula 1

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel diz que não tem certeza se vai se comprometer com a Fórmula 1 em 2021 e além, enquanto mistério e intriga continuam a encobrir as novas regras que a Liberty Media trará para a categoria. A Liberty e as 10 equipes da F1 se encontraram em Londres esta semana para discutir a visão futura da série.

Vettel, quatro vezes campeão mundial, está em sua 13ª temporada como piloto de F1 e tem contrato com a Ferrari até o final do ano que vem.

Vettel será 33 anos até o final da campanha de 2020 e terá corrido em mais de 250 grandes prêmios na época.

A Liberty prometeu melhorar o “show” da F1 desde que assumiu o comando de Bernie Ecclestone em 2017, e Vettel deu a entender que a direção não é algo com que ele esteja apaixonado.

“Estou certo de que realmente quero dirigir este ano e no próximo ano, então não sei o que acontece com os regulamentos”, disse Vettel ao jornal The Times.

“Ninguém sabe até agora. Eu certamente não posso sentar aqui e dizer: ‘Não [eu não vou sair]’ apenas por uma questão de estar na Fórmula 1”.

“Muitos dos valores que costumavam estar por perto, estão apenas parcialmente próximos”.

“A Fórmula 1 agora é mais um show e um negócio do que um esporte. Você pode dizer o mesmo provavelmente para outras séries, mas talvez em outras categorias isso não é tão filtrado para o atleta atual quanto aqui”.

“Só precisa haver [uma decisão sobre] o que queremos. Se dissermos que somos um show, então traga o programa. Sinto que estamos desperdiçando muito tempo e energia com regulamentações que são caras apenas para nada”.

Por outro lado, Vettel foi convocado pelos comissários por ter supostamente guiado muito lentamente em sua volta de retorno aos boxes, no Q1. Mas acabou liberado.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.