Vai viajar de carro nas férias? Fique esperto!

Por: Adauto Silva

Com o número crescente de acidentes nas estradas, muita gente me pede dicas de como se preparar para viajar de carro. Então resolvi fazer um pequeno guia para ajudar os internautas do Autoracing a ter uma viagem mais segura e confortável.

Tenha em mente que, talvez excetuando-se o Estado de São Paulo, a maioria das estradas brasileiras são ruins; esburacadas, mal sinalizadas, muitas com acostamento precário ou até sem ele, além de pedestres, bicicletas, carroças, animais e etc. as cruzando na sua frente sem a menor cerimônia.

O pior de tudo é que a grande maioria das pessoas guia mal, está mal preparada e com veículos muitas vezes em condições inadequadas.

Então vamos lá, o mais importante é você motorista e o carro que você vai guiar na sua viagem.

Uma semana antes da viagem:
– Cheque os pneus do carro, veja se eles estão em condições plenas de uso. Pneus em mau estado são os responsáveis por muitos acidentes
– Leve seu carro para balancear e alinhar rodas e volante e peça para a oficina colocar os dois pneus melhores na traseira do carro. Os pneus mais usados devem ir na dianteira para você senti-los melhor no volante, nunca ao contrário. As lojas de pneus gostam de colocar pneus novos – quando você está apertado de grana e compra somente dois – na parte da frente. Isso está errado, pois lhe dá uma falsa confiança ao volante. É muito mais fácil corrigir um carro de rua quando ele escapa de frente do que de traseira. De frente você corrige tirando o pé do acelerador. Mas quando a traseira escapa você tem que sentir isso muito rápido e contra-esterçar o volante, o que é para pilotos profissionais em carros muito mais sensíveis que o meu ou o seu.
– Mande checar a suspensão. Geralmente eles fazem isso na mesma oficina que vai balancear e alinhar rodas e volante.

Faça também uma mini-revisão no carro no seu mecânico de confiança e mande-o checar:
1. Todos os faróis, lanternas e luzes de freio pra ver se estão funcionando.
2. A correia dentada.
3. Os freios.
4. Triângulo, macaco e chave de roda.
5. Óleo e filtro do motor e cambio.
6. Palhetas do limpador do para-brisa.
7. O ar-condicionado.

Troque ou conserte qualquer um dos itens acima que for necessário.

No dia da viagem:
Ao ir ao posto de gasolina para encher o tanque do carro, cheque:
1. Óleo do motor.
2. Água do radiador.
3. Água do limpador de para-brisa.
4. Fluído de freio.
5. Fluído da direção hidráulica.
6. Fluído da embreagem.
7. Calibragem dos pneus, inclusive o estepe. Olhe no manual porque quanto mais pesado o carro, geralmente a calibragem tem que ser mais alta.

Tudo checado e seu carro aparentemente a ponto de bala, o que falta? Você, que vai dirigir.

Apesar de todos os problemas incomuns que ainda podem acontecer com o carro mesmo depois das checagens anteriores e das estradas ruins, a maioria dos acidentes acontecem por culpa exclusivamente dos motoristas.

Por isso, tenha certeza que:
– Você está descansado e alerta
– Não tome uma gota de bebida alcoólica no dia da viagem.
– Não use qualquer remédio ou substância que afete minimamente seus reflexos.
– Esteja hidratado. Tome um copo de água grande e um café logo antes da viagem.
– Leve dinheiro trocado para o(s) pedágio(s).
– Não se esqueça que a lei manda ligar o farol baixo na estrada, mesmo de dia.

Posicione-se corretamente para dirigir. A maioria das pessoas se posiciona de maneira errada. A posição certa é quando as pernas estão mais esticadas o possível para que sua perna esquerda estique totalmente ao pisar até o fim na embreagem ou no descanso esquerdo, enquanto seus braços tem que estar em “L” ao volante. Seus braços não devem ficar esticados, mas meio dobrados.

– Pernas o mais esticadas possível e braços meio dobrados é a posição certa tanto para a segurança quanto para o seu conforto. As suas costas inteiras devem estar em contato com o encosto. Ajuste o banco e o encosto para isso.
– As mãos devem pegar no volante, uma de cada lado imaginando um relógio como se fossem 9 horas e quinze minutos. Você deve conseguir virar o volante 180 graus para ambos os lados sem precisar tirar nenhuma de suas mãos dele. Na imagem acima o cara está na posição certinha de dirigir, tanto na estrada quanto na cidade.
– Não dirija mais de 3 horas e meia sem dar uma parada, nem que seja rápida, para relaxar e melhorar a circulação, se hidratar e talvez comer alguma coisa.
– Não ultrapasse a velocidade permitida, a multa é doída.
– Considere que os outros motoristas que estão na estrada guiam muito mal, e portanto mantenha seu foco 100% na estrada para qualquer barbeiragem que certamente vão fazer na sua frente ou ao seu lado.
– Cuidado também com o tipo de “coisa” que pode atravessar a estrada de repente à sua frente.
– Oriente todas as pessoas que estiverem no carro, inclusive as do banco de trás, a usarem o cinto de segurança.
– Se a viagem for diurna, use óculos escuros para evitar o cansaço dos olhos e dores de cabeça.
– Viajar com o ar-condicionado ligado e vidros fechados cansa menos, além de melhorar muito o seu conforto e dos passageiros.

E lógico, não esqueça que seus documentos e os do carro tem que estar em ordem.

Boa viagem!

Adauto Silva
Leia e comente outras colunas do Adauto Silva

AS - www.autoracing.com.br

Tags
,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.