Tooned 50, a série animada da McLaren está de volta. Por Fernanda de Lima

McLaren-Tooned-50

McLaren Tooned 50

A Fórmula 1 é uma das modalidades esportivas que tem mais se adaptado a essa geração multimídia. O que essa modalidade investe em todos os tipos de mídia deixa os outros esportes no chinelo. Não me refiro exatamente a visibilidade, mas sim a qualidade. A qualidade dos materiais midiáticos das equipes de F1 é incomparável a todo o resto que vemos por aí.

Hoje falarei especialmente sobre o vasto mundo da internet, do qual você, eu e um número cada vez mais impressionante de navegantes fazemos parte. Além dos sites e blogs informativos sobre as categorias mais importantes do automobilismo, a F1, principalmente, tem se apoiado e se empenhado para bombardear os apaixonados pelos carros mais velozes do mundo com conteúdos diferenciados e de qualidade impressionantes. De Lotus a Ferrari a Force India, nenhuma equipe parece querer ficar para trás nesse mundo das redes sociais. A Lotus, sem dúvida alguma é a mais original das equipes presentes no grid 2013, até amparada por um importante personagem, o homem de gelo mais adorável da F1, Kimi Raikkonen.

A conta da Lotus no twitter é a mais irreverente, dinâmica e atrativa, a proximidade que a equipe busca com o seu público-alvo, se não é, deveria ser referência para qualquer clube, equipe, atleta, personalidade ligada ao esporte (e por que não de outras áreas?). Lewis Hamilton, piloto de uma equipe adversária, não resistiu e acabou entrando na brincadeira da Lotus:

lotus-twitter

A Lotus brincou com a ausência da Mercedes dos testes para pilotos novatos (e com os novos pneus) em Silverstone por conta da punição aplicada após o episódio do "testgate"

 

hamilton-roscoe

Pra quem não sabe, Roscoe é o cachorro de Lewis Hamilton.

A Red Bull, depois de um início à la Lotus e uma fase à la Ferrari (entenda-se conservadora), parece querer reconquistar alguns pontos, buscando potencializar nas redes sociais ações realizadas fora dela. Uma dessas últimas ações teve o seu principal piloto como protagonista. No último domingo, Sebastian Vettel virou Super Mario Bros em uma corrida de karts artesanais promovida pela própria Red Bull. A já tradicional “corrida maluca” trouxe também outros personagens, mas nenhum tão notório quanto o tricampeão. Apesar de não ter sido exatamente material de divulgação das redes da RBR, a ação com a presença do alemão, obviamente ganhou capas de jornais, revistas, a televisão e, é claro, o mundo da internet.

vettel-mario-bros

Vettel a bordo do “Super Seb”

Dentro das pistas, a McLaren pode não estar num bom ano, porém, no quesito criatividade, inovação e qualidade fora delas, eles acabam de tomar a dianteira. Aproveitando o gancho de aniversário de 50 anos da equipe, a McLaren vai contar a sua história através de seus principais pilotos, incluindo os brasileiros Emerson Fittipaldi e Ayrton Senna e o seu fundador Bruce McLaren, na série de animações intitulada Tooned 50. E pra dizer a verdade, dos campeões mundiais de pilotos pela McLaren, os únicos excluídos da série, que teve sua primeira temporada em 2012, com 12 capítulos, foram Niki Lauda e Lewis Hamilton. Pelo making of disponibilizado, tudo indica que os campeões de 1984 e 2008, respectivamente, foram completamente “esquecidos”. Hamilton provavelmente por questões contratuais com a Mercedes. Mas e Lauda?

Os atuais pilotos da equipe, Sergio Perez e Jenson Button participam ativamente da série, dando voz aos seus próprios personagens. E eu que sempre pego no pé do Button, devo dizer que o cara se saiu bem estilo irônico-antipático-tô-nem-aí. Uma das melhores frases do primeiro episódio é dele: “Four hours of THIS?”.

Abaixo o primeiro episódio, “A night to remember”. Eu curti. E vocês?

 

E aqui o making of e uma prévia do que veremos em toda a série.

Fernanda de Lima

Leia e comente outras colunas de Fernanda de Lima

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.