Tagliani: Stroll não estaria na F1 sem dinheiro

Lance Stroll

Lance Stroll não estaria na Fórmula 1 se não fosse o dinheiro do seu pai bilionário. Essa é a visão de Alex Tagliani, um ex-piloto da Fórmula Indy que assim como Stroll é do Canadá.

“Não vou tirar-lhe o talento, mas vou dar a minha opinião”, disse Tagliani à emissora canadense TVA Sports no fim de semana do GP do Canadá. “Acho que não”, respondeu ele quando perguntado se Stroll estaria na F1 se não fosse bancado pelo dono da equipe Racing Point, Lawrence Stroll, seu pai bilionário.

“Quando você olha para trás, o dinheiro tem feito muito. Ele vem dessa família e tem o dinheiro. Mas ele está lá e não vai dizer ‘Eu não vou gostar'”, acrescentou Tagliani.

Outro canadense, Jacques Villeneuve, campeão mundial em 1997, também criticou a escala do apoio financeiro de que desfrutava Stroll, de 20 anos de idade. “É um pouco difícil de engolir”, declarou ao jornal Le Monde. “O dinheiro tem de ter um limite e, neste caso, ele ultrapassa esse limite”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.