Stock Car – Deu zebra para Thiago Camilo

Thiago Camilo

Thiago Camilo

Com a briga pelo título restrita a Felipe Fraga e Rubens Barrichello, o máximo que Thiago Camilo poderia almejar na corrida que fechava a temporada 2016 da Stock Car era a vitória. E ela não veio por pouco. Largando em oitavo, por fora, o piloto do Chevrolet número 21 chegou a cair para décimo quando Rubens Barrichello, o segundo, partiu mal e prejudicou quem vinha na sua fila. Camilo já estava em sétimo quando começou a chover, na altura da nona volta. Na 12ª, aqueles que haviam optado por ficar com os pneus slick na pista molhada ocupavam as primeiras posições: Daniel Serra na ponta, Allam Khodair em segundo e Thiago Camilo em terceiro. Na 16ª, Khodair errou no Laranjinha e criou uma oportunidade para Camilo assumir a segunda posição.

“O Khodair espalhou no Laranjinha e eu botei o carro de lado para passar. Ele me espremeu, e quando meu pneu pegou na zebra molhada, perdi o controle e houve o contato. Minha suspensão quebrou. É lamentável porque faltavam oito voltas para o fim e meu carro estava bem mais rápido que o do Daniel Serra, que venceu a corrida com méritos. Ali, se eu assumisse a segunda posição, a probabilidade de vencer era grande”, disse Camilo, que se despediu da equipe Ipiranga RCM. Em 2017, ele e Galid Osman vão defender as cores amarelo e azul da Ipiranga na equipe A. Mattheis.

Galid Osman largou em 18º, chegou a cair para 20º, veio ganhando posições e estava em 16º na décima volta, quando foi o primeiro a entrar nos boxes para botar pneus de chuva. “O carro já tinha mostrado que era muito rápido na chuva na última etapa, em Curvelo, e decidimos entrar logo que começou a chover para trocar os pneus. Deu certo nas primeiras voltas, porque eu era realmente rápido, mas parou de chover, a pista foi secando e nossa estratégia não surtiu o efeito desejado”, avaliou Galid, que acabou em 17º. Os oito primeiros não trocaram pneus.

Daniel Serra venceu. Barrichello e Ricardo Maurício completaram o pódio. Felipe Fraga chegou em décimo e foi campeão.  Galid Osman somou 14 pontos (a última corrida tem pontuação dobrada) e subiu da 15ª para a 14º posição no campeonato, com 142 pontos. Thiago Camilo não pontuou e caiu de 13º para 15º, com 141 pontos.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.