Stock Car – Comentários de sexta-feira – Goiânia 2018

Rafael Suzuki

Rafael Suzuki, P4/P7: O primeiro treino foi muito bom. No primeiro jogo de pneus, a gente virou um tempo rápido, comparado com quem colocou pneu novo, pneu bom. No treino 2, demos três voltas antes da chuva e foi bom para ter alguma referência, mas ficou difícil para ter uma comparação exata, o vento mudou muito de direção. Mas temos algo para analisar. Acho que temos um bom carro e estou confiante de que teremos uma boa classificação amanhã.

Ricardo Zonta, P5/P16: Foi uma pena a chuva porque tínhamos de evoluir mais o carro visando à classificação, ainda falta um pouco de grip geral no carro. Amanhã o terceiro treino livre vai ser para isso. Deu para sentir nesses cinco minutos de treino e três voltinhas que eu dei qual direção tomar para evoluir o carro amanhã.

Thiago Camilo, P8/P8: Esse ano bati na Corrida do Milhão, vamos ver se agora dá tudo certo e mantenho a tradição de subir ao pódio em Goiânia. Além de tudo essa é a pista onde estreei na Stock Light, tem um valor sentimental grande. Mesmo sem ter usado pneus novos, gostei muito do equilíbrio e do rendimento. Acho que vai dar pra brigar por uma boa posição no grid amanhã.

Felipe Fraga, P10/P3: Foi muito bom estar ali entre os três primeiros no treino de hoje. Nós demos apenas duas voltas rápidas pra valer e mesmo assim já ficamos entre os líderes, então vamos ver se conseguimos andar ainda melhor amanhã. O carro da Cimed Racing está rendendo muito bem aqui, mas lembro que na última vez que andamos nesse traçado, em 2017, houve um aumento de potência nos carros. Agora deu para sentir a diferença que eles estão menos velozes. Isso é igual para todo mundo, mas com certeza acaba mudando um pouco o acerto dos carros em relação ao ano passado. Eu preferia eles mais rápidos.

Nelsinho Piquet, P12/P20: Foi um dia OK. Obviamente choveu no segundo treino e não pudemos aproveitar tanto no seco, mas deu para andar um pouco no molhado para ter uma ideia. Ainda temos margem para melhora e vamos trabalhar no carro no treino livre para dar mais passos à frente antes da classificação.

Átila Abreu, P15/P14: No treino 1 tínhamos um pneu bem velho, focamos no ritmo de corrida, o tempo foi competitivo pelo estado do pneu. No treino 2 usamos um pneu mais novo, e ainda precisamos melhorar a velocidade, e aproveitar o pneu. Tentamos alguns acertos e vamos trabalhar para amanhã. O primeiro treino foi bem produtivo e o segundo, nem tanto.

Marcos Gomes P20/P18: Nós fizemos a maior parte dos treinos livres de hoje pensando no acerto do carro para a corrida. No segundo treino, nós conseguimos dar apenas três voltas por causa da chuva. No que seria minha volta, eu peguei um pouco de trânsito e a pista molhada, então não deu para avaliar o desempenho real do carro para o treino classificatório.

Cacá Bueno, P21/P11: Eu saí satisfeito com o desempenho de hoje. Acho que se quisermos pensar em pole position e na vitória, nós ainda precisamos melhorar uns dois décimos para chegar ali entre o Fraga, Barrichello e Serra, que estão sempre rápidos. Os pneus que usei no treino hoje já estavam bem desgastados, por isso eu saí satisfeito com o nosso trabalho e com o meu tempo de volta aqui em Goiânia. O balanço do carro também estava bom e aqui sempre foi uma pista difícil para nós nesse quesito. Vamos trabalhar agora para melhorar ainda mais amanhã.

Bia Figueiredo, P22/P25: Apesar de voltarmos ao traçado misto (a Corrida do Milhão foi disputada no anel externo), estou bastante otimista, tive um ritmo de corrida muito bom em agosto e largando mais para frente agora poderei brigar por bons pontos na rodada dupla.

Lucas Foresti, P23/P21: Todo mundo está torcendo para a previsão estar errada principalmente no domingo, pois todos nós queremos entregar um grande espetáculo para o povo de Goiânia, que deve lotar a arena. Na pista vai ser igual para todo mundo e levo comigo uma boa lembrança que foi ter terminado entre os dez na primeira prova de 2016 – o que rendeu a pole da segunda corrida. Mas eu tenho uma outra aposta para a previsão: vai dar aquele sol o dia todo e cai o mundo no fim da tarde. Vamos ver se eu acerto!

Ricardo Sperafico, P27/P19: O primeiro treino foi mais para reconhecer e se adaptar à pista. No segundo treino, conseguimos evoluir o set up, ficar mais competitivo. Mas, infelizmente, quando coloquei os pneus não consegui fechar as voltas e não deu pra ver realmente o potencial na tabela de tempos. Mas agora vamos focar em fechar as voltas com pneus novos para o classificatório. Acredito que os dois carros estão no mesmo nível e num patamar de largar bem. Vamos esperar amanhã, torcer para o tempo ajudar e melhorar ainda mais o carro.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.