Stock Car – Comentários de sábado – Goiânia 2016

Valdeno Brito

Valdeno Brito

Felipe Fraga, 2º colocado: Estamos muito bem colocados para disputar a corrida de amanhã. O (Rubens) Barrichello fez a pole, mas o nosso carro tem um ótimo acerto para ser constante na prova, então nosso principal objetivo é ficar na frente dele amanhã. A Cimed Racing fez um grande trabalho e fomos evoluindo o nosso acerto durante os treinos livres para chegar até o terceiro lugar.

Marcos Gomes, 3º colocado: Nós tivemos um desempenho constante nos treinos, sempre ficando entre os quatro melhores. Acredito que peguei a pista mais quente do que o pole position, mas em todo caso minha volta foi ótima pelas condições. É importante voltar a largar na primeira fila e nosso objetivo é ajudar a Cimed Racing a conquistar o bicampeonato por equipes.

Valdeno Brito, 4º colocado: É outro carro em relação aos treinos! Ele está completamente balanceado, perfeito! Nem precisei fazer muitos ajustes durante a volta. Foi um grande treino e estou muito feliz. Parabenizo a equipe pelo trabalho e espero que a carruagem continue assim na corrida! Largo do lado de fora e talvez essa seja a única coisa que não saiu como desejamos, mas este é apenas um detalhe, pois largo rodeado de candidatos ao título também e ninguém ali vai querer acabar com a corrida na primeira volta. Seremos duros na queda, mas respeitando a todos ao nosso redor. Estamos animados!

Diego Nunes, 5º colocado: Estou muito feliz com o prêmio. Estamos fazendo um grande ano, onde estamos evoluindo a cada etapa. Agradeço à todos que votaram, compartilharam e divulgaram a minha ultrapassagem. Foi muito bom, eu acho que é isso mesmo o rendimento que a gente tinha do carro, foi no detalhe, eu acho que os últimos a entrar na pista tem essa vantagem de pegar a pista mais emborrachada, mas o importante é eu estar largando bem e tentar concretizar nossa meta que é somar mais de vinte pontos e brigar pelo pódio.

Lucas Foresti, 7º colocado: Mais um pouquinho e a gente largava mais à frente. Ficamos muito contentes com o resultado, entramos na pista na hora certa, fizemos uma bela volta e vamos largar em uma ótima posição, pelo lado de dentro, o que é sempre bom. Agora é pensar em uma boa estratégia para a corrida, pois estará muito quente e saber administrar o equipamento será primordial.

Thiago Camilo, 11º colocado: Faltaram alguns detalhes no acerto para a gente brigar lá na frente.

Rafael Suzuki, 13º colocado: Na classificação, tivemos uma condição de pista bem diferente dos outros dois treinos, estava muito mais quente, então não tínhamos muita referência. Mas nosso carro estava competitivo, consegui marcar uma boa volta, considerando que entrei na pista no começo da sessão e depois a pista melhorou. Agora, vamos pensar na melhor estratégia para as duas corridas deste domingo, largamos próximo do top-10 e temos um bom ritmo para buscarmos bons pontos nas duas provas e quem sabe até brigarmos novamente pelo pódio, como fizemos aqui no início do campeonato.

Galid Osman, 14º colocado: O motor que usei na classificação está melhor, mas o tempo que perdemos com esse problema prejudicou um pouco o dia.

Julio Campos, 15º colocado: Esperávamos mais da classificação, já que nos dois treinos livres tanto de sexta, quanto o de hoje, estávamos entre os primeiros. O de sexta-feira, como a temperatura da pista estava mais fria isso maquiou um pouco o resultado de hoje. Acabou que na tomada ficamos em 15º. Não fizemos uma volta ideal, mas não passaríamos de décimo terceiro, realmente ficamos devendo aqui, mas temos que partir para a recuperação amanhã, tentando pontuar nas duas corridas.

Ricardo Zonta, 16º colocado: Esta diferença será muito grande, uma das maiores da temporada, como foi em Londrina. A diferença é que no circuito paranaense a pista é mais travada e as retas são curtas. Aqui não, temos uma das mais longas da temporada e podemos ser 20 km/h mais rápido, o que vai garantir muitas ultrapassagens. Foi uma pena, a gente tinha potencial para um top-5, ficamos em todos treinos livres entre os primeiros, mas vamos estudar a estratégia de pushes e de parada para tentarmos ganhar essas posições amanhã.

Allam Khodair, 19º colocado: Infelizmente o carro não se comportou da forma que nós esperávamos. Agora é sentar e analisar a melhor estratégia para as duas corridas de amanhã. O que nos deixa confiantes para buscar um bom resultado é que,nas últimas provas, nosso carro sempre teve um rendimento melhor em corrida do que na classificatória. Então, mesmo saindo de trás, ainda vamos buscar.

Átila Abreu, 21º colocado: Na verdade, a gente sofreu muito o fim de semana inteira com o motor, velocidade de reta. Fizemos uma tentativa meio desesperada para trocar novamente o motor para a tomada, por um que a gente nem conhecia, que era o motor reserva da JL (empresa fornecedora de todos os carros da Stock Car). Não me pareceu ter melhorado muito. Quando você tem problema de reta, acaba prejudicando um pouco o equilíbrio do carro para tentar ganhar mais velocidade. Então nos preocupamos muito em sempre ir buscando mais velocidade de reta e tivemos que abdicar de outras coisas, aí não conseguimos o melhor equilíbrio e novamente vamos largar do pelotão de trás. Claro que isso é frustrante para mim nesta pista, onde tenho um bom histórico de largadas. Mas já conseguimos boas provas de recuperação e estratégias eficientes ao longo do ano e confio muito em todos na Shell Racing para repetirmos isso no domingo.

Gabriel Casagrande, 22º colocado: Teve uma mudança muito grande de temperatura no horário da classificação e meu carro não se comportou como eu esperava. A categoria está provando mais uma vez competitividade e o que temos que fazer é fugir dos acidentes da largada e escalar o pelotão. Temos que pensar nisso para nos beneficiarmos nas duas corridas.

Felipe Lapenna, 23º colocado: O carro estava equilibrado, mas não sei o que aconteceu, faltou muito tempo para os primeiros. Vamos dar uma olhada com calma, porque realmente não tem nenhuma tendência traseira ou dianteira. Acho que fomos muito conservadores em alguma coisa. Amanhã vamos tentar fazer uma estratégia focada na corrida 2, que é nosso objetivo para conseguir um pódio. Vou tentar chegar o mais para frente possível na primeira corrida e torcer para correr tudo bem na segunda.

Sérgio Jimenez, 24º colocado: Estávamos rápidos, mas não conseguimos desenvolver o carro bem durante os treinos. Fizemos uma mudança para o classificatório, mas também não funcionou. Agora vamos sentar e ver o que fazer. A gente não conseguiu trabalhar bem neste fim de semana, as coisas não encaixaram. Vamos fazer uma mudança para amanhã e tentar levar o carro para frente. Essa é a meta de amanhã, tentar o máximo de pontos que puder.

Raphael Abbate, 27º colocado: O treino da manhã foi um resultado em tempo muito bom, bem próximo dos ponteiros. O carro estava bem acertado, mas a pista esquentou muito. Teve uma variação de quase 15 graus que afetou totalmente o nosso setup do carro. Fomos para um lado um pouco errado e o carro ficou difícil de pilotar e atrapalhou na classificação. Agora é buscar o acerto ideal para a corrida e tentar mais um Top-10 e largar na ponta na segunda bateria.

Xandinho Negrão, 29º colocado: Eu não conhecia essa pista, foi uma adaptação e foi até rápida. A gente está com muita dificuldade em achar um acerto para o carro. De manhã eu acabei dando uma escapada e bati, o que comprometeu mais ainda. A gente arrumou o carro de última hora, mas acho que acabou ficando desalinhado para a classificação. Precisamos pensar direito no que vamos fazer para trabalhar para amanhã.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.