Stock Car – Comentários de domingo – Velopark 2018

Thiago Camilo

Thiago Camilo, P4: Meu carro era o mais rápido com pneus slick e o mais rápido com pneus de chuva. Uma série de circunstâncias quase simultâneas fez gente adotar uma estratégia errada ao botar pneus de chuva, mas saímos daqui com a certeza de que vamos voltar a brigar pela vitória no Velo Città (a próxima etapa, dia 5 de maio, em Mogi Guaçu).

Felipe Fraga, P5: Estou muito feliz porque o nosso ritmo de corrida foi muito bom. Diferentemente do ano passado, quando não começamos bem e depois fomos lutar pelo título, aqui nós já começamos provando que temos um ótimo carro e estaremos na briga por vitórias o ano todo. Nós fizemos uma estratégia diferente do vencedor (Daniel Serra), mas decidimos todos juntos (com a equipe) nessa tentativa de colocar o pneu de chuva no pit-stop. Eu pensei muito no campeonato nessa hora e eu sabia que colocar um pneu slick (para pista seca) poderia prejudicar todos os pontos e posições que conquistei ao longo da corrida.

Marcos Gomes, P6: Foi um corrida bastante complicada, em virtude da chuva. Nosso carro era rápido e eu acredito que conseguiríamos brigar até mesmo por um lugar no pódio. Acontece, porém, que a oito voltas para o fim algum problema eletrônico aconteceu com meu carro que as rotações do motor estavam limitadas à 5.500 giros, como se fosse uma espécie de modo de segurança. Assim, nas últimas voltas, tive de me desdobrar para manter a minha posição. Estou feliz pela equipe e saio daqui satisfeito por saber que temos condições de brigar em igualdade de condições com as demais equipes.

Gabriel Casagrande, P9: Eu achei que demoraria para me adaptar com o novo carro, mas precisei apenas duas voltas para me sentir bem. Foi um trabalho perfeito da equipe de engenharia e dos mecânicos da Crown Racing. Terminamos em nono lugar, mas poderíamos ter brigado pelo pódio se as condições fossem diferentes no classificatório. Nós queríamos chegar no pódio, mas com certeza teremos outras chances ao longo do ano. Foi uma corrida bem diferente por causa da estratégia de pneus. Meu para-brisa estava inteiro molhado e eu senti que estava chovendo, então optei por trocar os pneus, mas assim que voltei para a pista a chuva parou. Nós fizemos uma aposta e acabou não sendo a estratégia vencedora, mas estou bem contente com o meu ritmo de corrida.

Julio Campos, P10: Foi uma corrida bem bagunçada. Começou seca, choveu e erramos em trocar o pneu pra chuva. Acabei sendo tocado pelo Cacá Bueno. Mas ele era retardatário, então foi um acidente que eu não entendi. Ele me disse no final da corrida que não sabia que estava uma volta atrás. Não estava esperando essa tentativa de ultrapassagem. Perdemos mais três posições por causa disso.

Ricardo Zonta, P11: Meu grupo não andou no seco nos treinos, e as cinco voltas que eu dei no seco foram com pneu zero, então eu não sabia do desgaste dos pneus, e o balanço que ia ter na corrida. Na corrida, na terceira, quarta volta, quando o pneu novo começou a desgastar, ficou muito difícil de guiar o carro. Por muitas voltas tentei permanecer no traçado, mesmo assim, a traseira me levava para fora, e virei passageiro dos outros carros. Quando abriu o pit, coloquei pneu de chuva, o que para aquele momento era a estratégia. Mas depois de dez voltas já secou de novo, talvez a estratégia mais certa fosse parar. Agora é fácil falar, mas podia voltar a chover. Saí daqui com pontos muito importantes e vamos trabalhar para conhecer melhor os pneus novos para a próxima corrida.

Lucas Foresti, P13: Na classificação, além da pista molhada, acabei pegando tráfego na minha melhor volta e terminei mais atrás. Hoje conseguimos recuperar nove posições e terminar na zona de pontuação. Agora vamos focar na segunda etapa, no Velo Città. Pelas características da pista, acho que teremos um bom desempenho e vamos brigar para largar na frente.

Gaetano di Mauro, P14: Foi uma estreia positiva, a equipe trabalhou muito por mim neste fim de semana. Nós nos dedicamos muito para ter um bom resultado na classificação, com uma estratégia muito boa o tempo todo. Corremos um risco na corrida, o que é normal. Se desse certo, poderíamos estar na frente. Infelizmente não foi a nossa vez, mas é assim, ganhamos e perdemos junto. Estou muito contente, e tenho certeza de que o ano todo será positivo.

Diego Nunes, P18: Eu estava fazendo uma boa corrida e tínhamos uma estratégia bastante interessante para os pits. Infelizmente, porém, o meu pneu traseiro direito furou pouco antes de começar a chover. Assim, as duas voltas que fiquei na pista com o piso molhado, meu carro estava muito difícil de guiar. Isso, sem contar, que tomei um toque que entortou bastante parte dianteira. Depois do pit stop eu fiz o que puder com os pneus de chuva, mas, naturalmente, conforme a pista foi secando perdi bastante rendimento. Poderia ter conquistado um resultado melhor, mas, a equipe está de parabéns por conseguirmos terminar e de forma bastante positiva a primeira corrida do time na Stock.

Bia Figueiredo, P19: Começar o ano pontuando é sempre positivo, mas sabemos que temos equipamento para brigar bem mais em cima, e vamos fazer isso a partir da próxima etapa.

Galid Osman, P20: Vinha num bom ritmo, estava em 16º depois de largar de 18º. Eu estava atrás de um trenzinho de seis, sete carros, num ritmo muito bom. Mas começou a chover e parei logo, o que na hora foi muito acertado, iríamos nos dar muito bem. Mas logo depois parou de chover e fui muito penalizado, só me restou seguir na pista. Tentei colocar o pneu slick no fim, mas não deu tão certo. De qualquer forma, saí com um pontinho, agora é pensar no restante do campeonato.

Cacá Bueno, P21: A performance do carro foi positiva no final de semana, mas o restante foi negativo. Erramos no Q1 e tivemos falta de sorte no Q2. Na corrida, o nosso carro era bom, tínhamos um ritmo melhor que o (Ricardo) Zonta e que o Gaetano (di Mauro). Demorei um pouco para me livrar do Zonta e também tomei um pouco de cuidado porque valia um sétimo lugar na corrida e eram bons pontos para o campeonato. Depois que passei o Zonta, eu abri um pouco do Cesar Ramos e o Gabriel Casagrande veio junto. Meu ritmo era igual o dos líderes, até que recebi um toque dele e depois meu carro não foi o mesmo no restante da corrida. Ainda levei outro toque depois, do Rubens Barrichello, e não foi possível terminar nos pontos. Agora é focar na reação já na próxima corrida.

Valdeno Brito, P25: A equipe trabalhou a noite inteira para colocar o carro na pista após o acidente de sábado. Queria agradecer publicamente aqui as equipes, que são parceiras. Porém, logo na segunda volta, começou a sair uma fumaça e estourou a mangueira de óleo da direção hidráulica. Então é impossível levar o carro sem o sistema todo funcionando. Se fosse no final da corrida eu teria continuado, mas sendo no começo resolvi abandonar e poupar pneu para a próxima etapa. Mas deu pra ver que vou ter uma carro competitivo durante o ano. Agora é olhar pra frente e recuperar nas próximas etapas.

Marcel Coletta, P26: Ele (Pedro Cardoso) perdeu totalmente o controle do carro dele e me acertou, inclusive veio me pedir desculpas explicando que a suspensão quebrou. Entendi, é claro, mas não havia nada que pudesse fazer, então foi uma pena porque era só a quinta volta. Consegui me adaptar rápido com o carro e tinha boas chances hoje. Vamos para a próxima e me recuperar no Velo Città. Nós largamos com fila indiana atrás do safety-car, então ainda é difícil falar sobre como é uma largada real da Stock, mas na próxima etapa será bacana porque já andei no Velo Città, então sigo animado para o restante da temporada.

Átila Abreu: Sábado saí da pista com dor nas costas e, depois de passar por exames, foi constatada uma fissura na vértebra L2, e os médicos não me autorizam a competir. Obrigado ao Dr. Dino Altmann, Dr. Alexandre Fucks, Dr. Dorival Carlucci e toda equipe medica que fez o ótimo atendimento e me deu todo o suporte. Obrigado também a todos que mandaram mensagens e votaram em mim no Fan Push. Tive de fazer um pit stop não programado, mas voltaremos ainda mais motivados no Velo Città.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.