Stock Car – Comentários de domingo – Grande Final 2019

Thiago Camilo

Thiago Camilo, P1: Hoje a gente fez o que se propôs como objetivo, vencer a corrida. Meu carro sem dúvida foi o mais veloz da temporada, mas o Daniel foi muito regular, soube competir de acordo com o regulamento e foi campeão. Não posso dizer que a gente deveria mudar a estratégia, porque quando venci nas rodadas duplas fui o maior pontuador. Tivemos uma quebra na primeira corrida da rodada dupla de Santa Cruz do Sul, numa corrida onde eu provavelmente iria ao pódio, e o carro não chegou no box a tempo de trocar o motor. Sair sem pontos de uma rodada dupla teve um peso muito grande.

Gabriel Casagrande, P4: Estou satisfeito com meu ano: é uma virada na minha carreira para os próximos anos. Tivemos alguns imprevistos no começo da temporada que nos deixou um pouco para trás na tabela, mas depois da metade do ano tudo deu certo: conseguimos os seis pódios seguidos, a vitória em Goiânia, duas pole positions e fechamos o ano sempre disputando entre os líderes. Espero que 2020 seja ainda melhor. Gostaria de agradecer a todo mundo que faz parte da equipe, desde o pessoal que trabalha lá fábrica em Petrópolis (RJ) até os que estão sempre aqui na pista. Obrigado a todos que se esforçaram ao máximo para que o carro estivesse em perfeitas condições para nós fazermos o nosso melhor ali dentro da pista. Desejo todo o sucesso do mundo a todos da Crown Racing e espero que continuem brigando lá na frente, pois sei que é uma equipe muito boa para isso. E dizer que pode ser um até logo, tomara que a gente consiga ter muito sucesso no futuro: eles pelo caminho deles e eu pelo meu e quem sabe a gente se junte lá no futuro.

Felipe Fraga, P6: Nesse ano eu tive bastante performance, mas nós pecamos em vários detalhes para não chegarmos com mais pontos nessa final. Foi uma pena acabar o combustível na última volta, pode ter sido um problema que ainda precisamos investigar, já que nosso cálculo era de que tínhamos de sobra. Vamos analisar. Mas não perdemos o campeonato aqui e sim naquela prova em que Thiago Camilo escapou e peguei óleo do carro dele, onde muitos pontos foram perdidos. Em todo caso, parabéns ao Daniel (Serra), que é tricampeão e para sua equipe, que fez um grande ano. Agora vamos pensar no futuro e decidir sobre como vai ser a temporada que vem.

Julio Campos P9: Como fiquei no meio do pelotão, bateram dos dois lados do meu carro e ele sofreu alguma avaria, porque ficou muito ‘dianteiro.

Galid Osman, P10: A corrida foi boa, mas no meio da prova o câmbio simplesmente parou de funcionar, nem sei como consegui terminar. O câmbio de repente voltava a funcionar, parava de novo, mas conseguimos fazer muitos pontos, o que era a nossa meta para o fim de semana.

Átila Abreu, P11: Foi um ano bem complicado, com muitas expectativas mas me machuquei na primeira etapa do ano. Em mais de 20 anos de automobilismo, foi a primeira vez que perdi uma corrida, e o campeonato para mim teve dez etapas. Foi um ano com altos e baixos, com vitórias, pódios, porém em alguns momentos com quebras quando liderava, falta de performance. Foi um ano bem atípico, estou feliz de ter esses momentos porque são neles que você aprende bastante. Na Porsche levei um título, então não posso reclamar. Só posso tirar aprendizado, agradeço à Shell e a todos que torceram, que lotam o nosso camarote e fazem essa festa bonita. Agradeço à equipe pelo ano, e estou motivado para 2020, com novo regulamento e nova equipe. Com toda a estrutura deles, temos potencial de brigar pelas vitórias e título, que é o que queremos.

Denis Navarro, P12: Mais uma temporada completa em 2019, muito bom terminar o ano assim, de modo competitivo, na corrida acabamos caindo um pouco de posição, mas valeu, estar ali andando sempre entre os dez melhores, então vamos agora encarar a temporada 2020 mais uma vez com a Cavaleiro Sports espero que a gente consiga ser bem competitivo no ano que vem também.

Valdeno Brito, P13: Como ontem não conseguimos encontrar o ajuste que precisávamos, hoje era mesmo uma corrida para se livrar dos acidentes e aproveitar as oportunidades. Fizemos isso ganhando 13 posições e terminando em 13º. Era o máximo que dava pra fazer.

Bia Figueiredo, P17: Foi um ano em que mostramos velocidade em diversas corridas, tivemos chance de pódios principalmente nas segundas corridas, aprendemos muito e sabemos o que tem que ser feito para dar mais um passo à frente em 2020. Hoje a classificação é nosso calcanhar de Aquiles, temos que trabalhar para largar mais para a frente e vamos fazer isso.

Tuca Antoniazi, P18: Busquei me esquivar das confusões – que não foram poucas no começo da corrida – e fazer uma prova tranquila, focado em não cometer erros. Escapei de algumas batidas, mantive um ritmo regular e o pit stop da equipe foi fantástico, muito rápido. Terminar pontuando mais uma vez é muito bom. Para este ano, eu tomo isso como um objetivo cumprido: estrear na Stock Car no meio dessas feras, em uma equipe tão profissional como a Hot Car, e poder trabalhar com tranquilidade, evoluindo. Foi um sonho realizadoa.

Cacá Bueno, P19: Tivemos bons momentos durante o ano, mas a velocidade de reta foi nossa principal dificuldade em 2019. Chegamos a trocar de motor três vezes neste final de semana em Interlagos e não conseguimos uma solução. Ainda acabei ficando no meio da confusão e perdi as posições que eu vinha remando para conseguir. Agora é momento de analisar essa temporada e projetar um 2020 melhor. Parabéns ao Daniel pelo tricampeonato e vamos tentar voltar a lutar pelo título no ano que vem.

Ricardo Zonta, P21: Uma pena. A posição de largada era difícil, ali no meio do grid. Os caras que vêm de trás arriscam tudo, como era a última corrida arriscaram demais. Muitos tentaram cortar caminho pela área verde fora da pista na curva 1 e, quando voltaram, rodaram bem na minha frente, me espremeram, e o meu capô quebrou. Tive de abandonar porque o assoalho inteiro estava solto.

Nelson Piquet Jr., P22: Tínhamos um bom carro e estava confiante para a corrida, mas infelizmente fui vítima de um dos acidentes que aconteceu logo no início da prova. Fui acertado e obrigado a abandonar com a quebra de um parafuso da suspensão traseira esquerda. Uma pena, pois a prova valia o dobro de pontos e, com isso, perdemos a chance de terminar entre os 10 primeiros do campeonato.

Felipe Lapenna, P23: Infelizmente na corrida fui tocado por outro piloto e não consegui finalizar a prova. Em resumo tivemos um ano complicado dentro das pistas, longe do ideal, mas gostaria de deixar meu agradecimento a todos aqueles que me apoiam, aos patrocinadores e a equipe Cavaleiro.

Marcel Coletta, P24: Eu sabia que seria um ano de estreia difícil, é uma das categorias mais equilibradas do mundo e foi uma pena que tive muito pouco treino para os estreantes no começo do ano. Mesmo assim nós conseguimos fazer um ano muito bom, liderei treino, fomos ao Q2 em sequência nas últimas corridas, então sempre estive rápido. Velocidade a gente tem e agora é seguir pegando mais quilometragem e buscar mais top-10, top-5 e quem sabe depois sonha com pódio e vitória.

Gaetano di Mauro, P28: Fico triste de não ter conseguido demonstrar nosso potencial em algumas provas. Tivemos alguma falta de sorte este ano, mas também tive muito aprendizado, aprendi muito com a equipe. Vou estar ainda melhor preparado no ano que vem. Ganhei o prêmio de rookie do ano, e agora o plano é conquistar o título geral, e vamos fazer tudo para conseguir isso no ano que vem.

Lucas Foresti, P29: Tínhamos condição de fazer uma boa corrida, mas infelizmente acabou tudo ainda na primeira volta. Mas essa foi uma boa temporada, foi minha primeira com a Vogel Motorsport e evoluímos bastante ao longo do ano. Estamos motivados para dar continuidade a esse trabalho em 2020 e tenho certeza que vamos colher bons frutos. Gostaria de agradecer a todos que votaram em mim para o Fan Push. Vencemos mais uma vez, sendo o segundo piloto mais votado. Uma pena não ter tido a oportunidade de usar o botão de ultrapassagem na prova, mas fico feliz por receber todo esse carinho do público.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.