Stock Car – Comentários de domingo – Campo Grande 2018

Cacá Bueno

Felipe Fraga, P1/P24: Chegar em segundo ou em último seria a mesma coisa hoje aqui em Campo Grande, por isso eu fui para o tudo ou nada e consegui aquela ultrapassagem para vencer a corrida. Foi bastante ousada mas valeu muito a pena. Estou muito feliz e agradeço o trabalho da Cimed Racing que vem batalhando desde o começo do ano para acertar o carro da melhor maneira possível e hoje foi tudo perfeito.

Cacá Bueno, P4/P2: Em termos de pontuação, foi um de nossos melhores finais de semana. O carro nitidamente teve um progresso após a Corrida do Milhão, onde tivemos que fazer uma reconstrução em tempo recorde para vir aqui em Campo Grande. Na prova 1, tentei atacar o Max (Wilson) e o Serrinha para fazer a dobradinha com Fraga, mas não conseguimos o mesmo rendimento no final. Na prova 2, fizemos a nossa parte e conseguimos um ótimo segundo lugar, mesmo tendo completado as últimas voltas com o pneu completamente dechapado.

Cesar Ramos, P5/P18: Foi uma prova incrível! Estávamos muito competitivos. A equipe fez um grande trabalho e faltou realmente muito pouco para chegarmos ao pódio. Mas, no final, resolvemos poupar um pouco o equipamento e os botões de ultrapassagem para a segunda prova. Estou muito feliz por ter voltado a andar rápido, como estávamos no começo da temporada. Agora é manter este ritmo porque, desta forma, tenho certeza que outros pódios virão.

Thiago Camilo, P6/desclassificado: Era uma etapa para termos feito muitos pontos, eu ia brigar pela vitória na segunda corrida, mas saio daqui com a certeza que a Ipiranga Mattheis está numa trajetória firme de ascensão. Gostei muito do novo carro, ele respondeu prontamente a todos ajustes no acerto que fizemos durante o fim de semana. Em nenhum momento da temporada me senti tão competitivo.

Átila Abreu, P7/P3: Tínhamos uma estratégia clara de terminar entre os dez primeiros na corrida inicial, com uma tática de combustível e de pneus para se posicionar bem para ganhar a segunda. Foi isso que fizemos. Fiz uma largada muito boa na primeira corrida, passei quatro caras por fora na freada do grampo. Daí vim crescendo, avançando, e cheguei a estar em sexto, mas abasteci um pouco mais e perdi uma posição por causa disso, mas me coloquei como uma das melhores estratégias para a corrida 2. O (Vitor) Genz segurou muito bem na segunda prova, mas daí eu e o Rubinho conseguimos escapar, nós o surpreendemos, e fizemos uma corrida à parte, os carros estavam muito parecidos. Quando tem um carro parado, falei com a equipe e iríamos parar. Quando faltavam duas curvas, a equipe mandou que eu não parasse, e o Rubinho entrou. Logo que ele entra, dá o safety car, e pensei que ele tinha ganho a corrida porque entrou no momento certo, mas ele abortou e uma galera entrou. Depois do pit stop, eu consigo voltar à frente mas o Rubinho me pressionou até ter um problema. Daí para minha surpresa puniram uns e outros não, e eu cheguei em terceiro. Fiz o meu trabalho e o que eu podia, fiz o que tínhamos programado. Vou continuar fazendo o meu trabalho para ganhar as corridas.

Marcos Gomes, P11/P25: Nós lideramos os treinos livres, mas tivemos o problema na classificação quando acabei sendo atrapalhado pelo Rubinho. Na corrida 1 eu tentei arriscar demais e uma escapada me tirou a chance de largar próximo da liderança na corrida 2. Nessa segunda prova eu estava largando por dentro e mantive o traçado natural, mas eu senti que levei um toque por trás e daí acabei saindo da prova.

Ricardo Zonta, P12/P1: A corrida foi brilhante. É claro que houve alguns toques, consegui escapar e seguir. Meu carro estava espetacular. Na primeira corrida, se não tivéssemos demorado um pouquinho no pit, perdemos dois segundos, teríamos terminado entre os dez primeiros colocados. Mas a segunda corrida foi brilhante, tentei abrir o máximo possível. Meu carro realmente estava muito bom e sobrando pushes. Agradeço aos que votaram em mim no Fan Push, ajudaram muito! O Fan Push faz diferença sempre, poder usar o push por três voltas seguidas ajuda muito, no fim eu consegui abrir. Estou feliz demais, ganhar corrida é a melhor coisa que há!

Julio Campos, P13/P20: Começamos bem no fim de semana, mas não evoluímos, principalmente pra tomada de tempo. Mudamos bastante o ajuste pra corrida e estávamos rápidos, mas o carro era mais arisco. Em função disso, eu acabava espalhando em alguns trechos e aqui a pista é suja. Escapou um pouquinho, já era. Saí dos boxes em 10º e não deu pra segurar, fechei em 13º. Aí, na segunda corrida, já estávamos em nono quando sofremos o problema mecânico. Foi uma pena, porque era corrida pra pódio, pela turma que a gente estava disputando.

Lucas Foresti, P16/P22: Nós ficamos apenas uma posição de pontuar na corrida 1, o que seria um prêmio após um final de semana difícil depois das dificuldades nos treinos. Na prova 2 o carro superaqueceu e tivemos que abandonar.

Bia Figueiredo, P17/P6: É muito difícil ultrapassar sem usar o push na Stock Car, e praticamente impossível se defender das investidas dos adversários. Então temos que valorizar demais esse resultado. Tirando o fato de eu ter que sair do trilho para pegar ar frontal e evitar o superaquecimento algumas vezes, o que aqui era muito perigoso pois a parte de fora estava escorregadia demais, o carro estava muito rápido. Me senti muito bem nas corridas e num ano em que a gente enfrentou várias dificuldades e um pouco de falta de sorte nas primeiras corridas, pontuar em duas etapas seguidas é excelente.

Nestor Girolami, P18/P13: Foram duas corridas muito intensas. Na primeira, estávamos nos recuperando bem, mas tivemos um problema no pit stop. Houve um mal-entendido e quando eu entrei o Rafael estava parado no pit e perdemos muito tempo, o que nos impediu de chegar mais à frente. Na segunda corrida, o ritmo foi muito bom, até a metade da prova, quando os pneus ficaram muito desgastados e perdemos posições que nos deixaram longe do Top-10, que era o objetivo. Com certeza, a experiência que ganhamos neste final de semana vai ser muito bem aproveitada para a etapa de Cascavel. Queremos sempre marcar pontos, andar na frente, mas tem uma adaptação. Fomos nos conhecendo durante o final de semana, aprendemos bastante e estou muito satisfeito com toda a equipe Bardahl.

Nelsinho Piquet, P22/P4: Em geral, o positivo é que o carro melhorou muito no fim de semana. Demos um grande salto de performance e fiquei feliz. Não sei se é um caminho que achamos ou se encaixou com Campo Grande. Espero que tenhamos achado o caminho. Obrigado aos que votaram no Fan Push, eu consegui usar o push por três voltas seguidas e ajudou bastante. Infelizmente encostei no Valdeno na primeira corrida, erro totalmente meu, mas é sempre complicado quando se larga ali no meio do pelotão. Estamos melhorando. Resolvemos o nosso problema de motor, e obrigado à equipe Texaco Full Time, meu pit stop foi o melhor da corrida, espero continuar melhorando nas próximas corridas.

Antonio Pizzonia, P23/P16: De positivo, fica isso mesmo. Ter andado bem em situação de corrida, em um momento em que não tivemos problemas. Mas está faltando sorte pra gente. Este é o resumo do nosso ano. Falta encaixar um fim de semana livre de problemas.

Felipe Lapenna, P25/P5: Na primeira corrida estávamos entre os quinze primeiros, íamos bem, mas tive um problema no câmbio, onde as marchas não engatavam. Aí tive que entrar no box e preparamos o carro para a segunda prova onde largamos dos boxes. Começamos a prova com quatro pneus novos e tínhamos um ritmo muito rápido, ultrapassamos muitos carros na pista, e terminamos em quinto. Foi um lucro absurdo esse resultado contando que tínhamos largado dos boxes. Ficamos muito felizes que conseguimos marcar esses pontos para a equipe e vamos animados para Cascavel.

Galid Osman, P26/P14: Infelizmente devido a batida na traseira nosso carro entrou em modo de segurança e dificultou nossa busca pela recuperação.

Allam Khodair, P28/P9: Foi uma pena porque, no ritmo que estávamos, chegaríamos entre os dez primeiros e brigaríamos pelo pódio na segunda corrida. Prova disso foi a escalada da segunda prova. Depois de uma classificação complicada e dos problemas da primeira corrida, salvar pontos com este Top10 foi muito importante.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.