Sem motivos para comemorar, Meira é o melhor brasileiro em SP

vitor-meira-2011Em uma corrida iniciada na tarde de domingo (1º) e complementada nesta segunda-feira (2), depois de sua suspensão motivada pela chuva e as condições adversas de pilotagem no circuito de rua do Anhembi, Vitor Meira foi mais uma vez o brasileiro melhor classificado na etapa brasileira da Indy. Seu balanço da quarta prova de 2011, contudo, foi menos festivo que em 2010, quando foi ao pódio em terceiro – desta vez, o piloto da A.J. Foyt Racing foi 17º colocado.

A primeira tentativa de realização da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no domingo, teve nove voltas. Meira, 14º no grid, conseguiu evitar envolvimento nos inúmeros acidentes verificados na pista molhada e figurava em 11º quando a corrida foi interrompida com bandeira vermelha pela primeira vez, depois de nove voltas. A relargada, dada duas horas e meia após a interrupção, teve o piloto entre os que se envolveram em acidentes no asfalto encharcado do Anhembi.

“Por algum motivo, fiquei sem freios por uma fração de segundo e isso me impediu de fazer a curva”, narrou o piloto, que rodou e bateu. O acidente danificou a parte traseira do Dallara-Honda número 14. “A equipe fez um trabalho fantástico quando autorizaram a mexer nos carros de novo, e eu consegui voltar à pista, mas a condição de pilotagem era complicada e realmente não dava para continuar. A decisão de adiar a corrida para hoje (segunda-feira) foi acertada”.

A segunda bandeira vermelha do domingo foi acionada duas voltas após o acidente de Meira. A sequência da disputa, na manhã desta segunda, respeitou a classificação da corrida quando da segunda interrupção. “Eu comecei a corrida, ou recomecei, já com duas voltas de desvantagem, e quem estava atrás de mim já estava algumas voltas atrás. Aí não tinha muito o que fazer, foi mais um exercício de paciência, ficar na pista e terminar. Nosso problema foi ontem”, resumiu.

Helio Castroneves, da Penske, e Tony Kanaan, da KV-Lotus, haviam tido acidentes a nove voltas da interrupção definitiva da corrida no domingo, o que os deixou em 21º e 22º, respectivamente, na classificação final. Raphael Matos, pela AFS Racing, por acidente, e Bia Figueiredo, da Dreyer & Reinbold, por problemas mecânicos, abandonaram a disputa – eles eram os únicos que seguiam na pista depois das 14 voltas validadas no domingo no circuito do Anhembi.

Depois de 55 voltas válidas, somadas as 14 do domingo e as 41 desta segunda-feira – também completadas com pista molhada, já que a chuva voltou no momento em que os pilotos cumpriam a volta de aquecimento para a relargada –, a classificação da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé foi a seguinte:

1º) Will Power (AUS/Team Penske), 2h04min05s2964
2º) Graham Rahal (EUA/Service Central Chip Ganass Racing), a 4s673
3º) Ryan Briscoe (AUS/Team Penske), a 7s9037
4º) Dario Franchitti (ESC/Target Chip Ganassi Racing), a 10s1470
5º) Oriol Servia (ESP/Newman-Haas Racing), a 15s8188
6º) Mike Conway (ING/Andretti Autosport), a 16s6775
7º) Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 20s0131
8º) Takuma Sato (JAP/KV Racing Technology-Lotus), a 23s0683
9º) James Hinchcliffe (CAN/Newman-Haas Racing), a 25s2924
10º) JR Hildebrand (EUA/Panther Racing), a 31s3172
11º) Sebastian Saavedra (COL/Conquest Racing), a 36s4261
12º) Scott Dixon (NZL/Target Chip Ganassi Racing), a 42s1974
13º) EJ Viso (VEN/KV Racing Technology-Lotus), a 45s8266
14º) Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport), a 1min14s5634
15º) James Jakes (ING/Dale Coyne Racing), a 1min16s2383
16º) Charlie Kimball (EUA/Novo Nordisk Chip Ganassi Racing), a 1 volta
17º) Vitor Meira (BRA/A.J. Foyt Racing), a 2 voltas
18º) Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti Autosport), a 5 voltas
19º) Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt Motorsport), a 7 voltas
20º) Simona de Silvestro (SUI/HVM Racing), a 9 voltas
21º) Helio Castroneves (BRA/Team Penske), a 9 voltas
22º) Tony Kanaan (BRA/KV Racing Technology-Lotus), a 9 voltas
23º) Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport), a 9 voltas
24º) Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 24 voltas
25º) Raphael Matos (BRA/AFS Racing), a 27 voltas
26º) Sebastien Bourdais (FRA/Dale Coyne Racing), a 35 voltas

CLASSIFICAÇÃO
A temporada 2011 da Indy terá sequência no dia 29 de maio, com as 500 Milhas de Indianápolis. Depois de quatro corridas, a classificação do campeonato é: 1º) Power, 168 pontos; 2º) Franchitti, 154; 3º) Servia, 110; 4º) Conway, 102; 5º) Briscoe, 101; 6º) Kanaan, 99; 7º) Tagliani, 85; 8º) Dixon, 84; 9º) Rahal, 82; 10º) Sato, 80; 11º) de Silvestro, 78; 12º) Meira, 77; 13º) Andretti e Wilson, 70; 15º) Patrick e Hildebrand, 69; 17º) Castroneves, 68; 18º) Matos, 67; 19º) Hinchcliffe, 66; 20º) Saavedra, 62; 21º) Kimball, 58; 22º) Jakes, 55; 23º) Hunter-Reay, 52; 24º) Viso, 51; 25º) Bourdais, 44; 26º) Figueiredo, 40; 27º) Pagenaud, 24; 28º) Tracy, 14.

FH – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.