Renault se mantém discreta em negociações com a F1

Renault RS18

Cyril Abiteboul, da Renault, diz que o envolvimento da fabricante em discussões com a Liberty Media sobre o futuro do esporte é discreto, na tentativa de evitar um “ruído desnecessário”.

A Fórmula 1 entrará em breve num período crucial de negociações, com a Liberty estabelecendo sua plataforma de regulamentos definitivos para 2021, ao mesmo tempo em que definiu um novo esquema de distribuição de prêmios que provavelmente beneficiará as equipes menores do esporte.

Nem todas as equipes estão de acordo com os planos que a Liberty lançou até o momento, mas Abiteboul acredita que a discrição é melhor, pois visa continuar sua relação construtiva com a detentora de direitos comerciais da F1, em vez de exercer uma pressão pública como algumas de suas rivais .

“Eu não quero apontar meu dedo para outras fabricantes, mas mesmo nos momentos mais difíceis da crise financeira, a Renault tentou procurar formas de se estabilizar e cuidar dos seus empregados em Enstone, enquanto também encontrou soluções com a Red Bull”, disse Abiteboul ao site Crash.net.

“Eu acho que fomos extremamente leais com a comunidade da F1 e não estamos tentando fazer barulho desnecessário sobre nós mesmos. Estamos tentando manter a cabeça baixa para fazer o trabalho que temos que fazer, o que é bastante desafiador. Penso que a F1 reconhece isso e vê que podemos trabalhar em parceria”, completou.

O chefe comercial da F1, Sean Bratches, participou de um evento promocional da Renault em Paris nesta semana, dois dias depois que a equipe revelou seu novo carro, o R.S.18. O local também foi uma oportunidade para o executivo da Liberty e o gerente da Renault Sport F1 conversarem.

“Ele (Bratches) vê na Renault uma equipe que foi fiel à Fórmula 1 por 40 anos. Fazemos as coisas um pouco diferente das outras fabricantes. Temos uma verdadeira lealdade com a comunidade”, concluiu o dirigente da Renault.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.