Rally Dakar 2018 – Peterhansel vence a oitava etapa

Stéphane Peterhansel / Jean Paul Cottret (Peugeot 3008DKR)

Após o tempo perdido com a quebra da suspensão traseira no dia anterior, a dupla dos franceses dupla Stéphane Peterhansel e Jean-Paul Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi) venceu a 8ª etapa do Rally Dakar 2018.

A especial entre Uyuni e Tupiza, nos altiplanos bolivianos, foi a mais longa desta edição do Dakar. 498 quilômetros que valeram como segunda parte da etapa maratona.

O dia foi marcado por diversas trocas de posições na liderança do trecho. A dupla dos franceses Cyril Despres e David Castera(Peugeot 3008DKR Maxi) também chegou a ocupar a melhor colocação, assim como o Toyota do catariano Nasser Al-Attiyah e o inglês Matthieu Baumel.

Peterhansel e Cottret levaram a melhor, mantendo a 3ª colocação na classificação acumulada após oito etapas.

Seus companheiros de equipe, Despres e Castera ficaram com a 2ª posição do dia.

Nasser e Matthieu preferiram não abusar da sorte. Eles seguraram a vontade de andar rápido no final do trecho, realizando o 3º melhor tempo. Com o resultado mantiveram a vice-liderança da prova.

A dupla líder da competição, os espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi) fez uma prova estratégica. Com uma ampla vantagem sobre Nasser e Matthieu, os espanhóis administraram o resultado, andando forte, mas sem correr riscos desnecessários, completando a etapa na 5ª colocação.

Na categoria SXS mais uma vitória da dupla dos brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Can-Am). Com o resultado eles ampliaram sua vantagem na liderança do rally após oito etapas realizadas.

Classificação Carros da 7ª etapa (extraoficial):
1 – Stéphane Peterhansel / J P Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi): 05:15:18
4 – Cyril Despres / David Castera (Peugeot 3008DKR Maxi): + 00:00:49
3 – Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Toyota Hilux V8): + 00:02:12
4 – Bernard Ten Brinke / Michel Périn (Toyota Hilux V8): + 00:05:00
5 – Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi): + 00:07:04

Classificação Carros após sete etapas (extraoficial):
1 – Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi): 27:04:00
2 – Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Toyota Hilux V8): + 01:06:37
3 – Stéphane Peterhansel / J P Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi): + 01:13:42
4 – Bernard Ten Brinke / Michel Périn (Toyota Hilux V8): + 01:23:00
5 – Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8): + 01:37:09

8ª Etapa Motos: Meo vence, Van Beveren continua líder

O francês Antoine Meo (KTM 450 Rally) venceu a 8ª etapa do Rally Dakar na categoria Motos, realizada neste sábado, dia 13/01. O resultado aconteceu após mais de cinco horas uma disputa acirrada com o americano Ricky Brabec (Honda CRF450 Rally) e o australiano Toby Price (KTM 450 Rally), segundo e terceiro colocados respectivamente.

Esta foi a mais longa especial desta edição do Dakar, 498 quilômetros. Também recheada de dificuldades, a começar por ser a segunda parte da Maratona, além da chuva e das passagens por altitudes de 4.800 metros.

Esta foi a segunda etapa vencida por Meo que sobe para a 6ª colocação na classificação acumulada após oito etapas.

O espanhol Joan Barreda (Honda CRF450 Rally), vencedor da etapa anterior, largou na frente, mas com fortes dores no joelho, resultado de um tombo, que quase o tiraram da prova. Sem as condições físicas ideais, Barreda ficou com a 8ª colocação no dia e caiu da 3ª para 5ª colocação na acumulada.

O líder do rally, o francês Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F Rally), não teve um bom início de etapa, mas conseguiu controlar a situação e realizou o 7º melhor tempo. Não era exatamente o resultado que ele esperava, mas foi o suficiente para manter a liderança.

Porém o argentino o argentino Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally) teve um dia melhor, foi o 4º colocado, reduzindo a diferença de Van Beveren para apenas 22 segundos.

A notícia triste da etapa foi a queda do francês Xavier de Soultrait (Yamaha WR450F Rally) que ocupava a 6ª colocação na geral. O piloto precisou ser resgatado pelo helicóptero médico e abandonou a prova.

Na categoria dos quadriciclos tivemos mais um dia de disputas emocionantes, com o chileno Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700), líder do rally, fazendo uma prova inteligente, terminando com o terceiro melhor tempo e garantindo sua enorme vantagem de 105 minutos na classificação acumulada.

A vitória da etapa foi do francês Simon Vitse (Yamaha Raptor 700). O brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700) ficou com a 2ª colocação. Com o resultado Medeiros subiu para a 6ª colocação na acumulada.

Classificação Motos da 8ª etapa (extraoficial):
1 – Antoine Meo (KTM 450 Rally): 05:24:01
2 – Ricky Brabec (Honda CRF450 Rally): + 00:01:08
3 – Toby Price (KTM 450 Rally): + 00:02:45
4 – Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally): + 00:05:52
5 – Stefan Svitko (KTM 450 Rally): + 00:06:46

Classificação Quadriciclos da 8ª etapa (extraoficial):
1 – Simon Vitse (Yamaha Raptor 700): 06:52:32
2 – Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 00:03:27
3 – Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): + 00:05:20

Classificação Motos após oito etapas (extraoficial):
1 – Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F Rally): 27:22:03
2 – Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally): + 00:00:22
3 – Matthias Walkner (KTM 450 Rally): + 00:06:34
4 – Toby Price (KTM 450 Rally): + 00:07:35
5 – Joan Barreda (Honda CRF450 Rally): + 00:08:01

Classificação Quadriciclos após oito etapas (extraoficial):
1 – Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): 33:53:03
2 – Jeremias Ferioli (Yamaha Raptor 700): + 01:45:20
3 – Nicolas Cavigliasso (Yamaha Raptor 700): + 01:49:19
6 – Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 03:28:10

Nesta segunda-feira, dia 15/01, será disputada a 9ª etapa do Rally Dakar 2018. Partindo de Tupiza, na Bolívia, para chegar a Salta, na Argentina, com 754 quilômetros, sendo 242 quilômetros cronometrados.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.