Rally Dakar 2017 – 10ª etapa Motos: Vitória de Metge, Sunderland mantém a liderança

Michael Metge

Michael Metge

O francês Michael Metge (Honda CRF 450 Rally): venceu a 10ª etapa da categoria Motos do Rally Dakar 2017, disputada nesta quinta-feira, dia 12/01, na Argentina, entre as cidades de Chilecito e San Juan. O espanhol Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally) foi o segundo mais rápido, seguido do eslovaco Stefan Svitko (KTM 450 Rally Replica).

Mesmo concluindo a etapa apenas na 13ª colocação, o britânico San Sunderland (KTM 450 Rally Replica) continua líder na classificação acumulada, faltando apenas duas etapas para o final da 39 edição do Dakar. Mas os dois outros degraus do pódio mudaram de mãos. O chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna FR 450 Rally) abandonou a prova, abrindo caminho para o austríaco Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica) ser o novo vice-líder, seguido do espanhol Gerard Farres Guell (KTM 450 Rally Replica), um pódio exclusivo da fábrica austríaca que pode conquistar sua 16ª vitória consecutiva.

Todos os veículos começaram o dia percorrendo um trecho de ligação de 250 km, de onde foi dada a largada para a especial com 449 km. Ao final do dia ainda foram percorridos mais 52 km de ligação, somando um total de 751 km.

Antes da largada faltavam apenas três etapas para a chegada a Buenos Aires. Sunderland contava com mais de 20 minutos de vantagem sobre Pablo Quintanilla. O britânico continuou adotando a estratégia de controle dos adversários mais ameaçadores. Além disso, por ser o terceiro a largar, tinha duas ótimas referências a serem seguidas, Barreda e seu companheiro de equipe, Matthias Walkner. Mas já no km 39 Sunderland cometeu um erro de navegação. Para evitar um estrago maior, como a perda de um way-point, Sunderland teve de retornar e encontrar o caminho correto, começando o dia com a perda de um tempo significativo.

O roteiro da 10 etapa perecia estar bastante traiçoeiro. E a organização já havia alertado que a navegação seria complicada. No km 53 foi a vez de Barreda encontrar dificuldades. O espanhol pegou uma pista paralela, influenciando Walkner e o francês Michael Metge (Honda CRF 450 Rally) a segui-lo pela rota errada.

Quintanilla fez uma boa navegação e assumiu a liderança da etapa, mas não imaginava que estivesse com mais de 16 minutos de vantagem sobre Sunderland. Mas o chileno não teve tempo de comemorar. Logo também cometeu um erro grande de navegação, assim como o português Paulo Gonçalves (Honda CRF 450 Rally). Sunderland e Walkner pareciam continuar desorientados, enquanto Barreda e Metge encontraram a pista correta.

A navegação realmente estava criando dificuldades, mas as coisas começaram a ir de mal a pior para Quintanilla. Sua moto teve problemas e ele teve de parar por quase uma hora para fazer reparos. O francês Adrien Van Beveren (Yamaha WR 450 F), terceiro colocado na classificação acumulada, também cometeu vários erros de navegação e já acumulava mais de 30 minutos de prejuízo.

Como era previsto, no km 90 a especial foi interrompida, para seguir em um trecho neutralizado de 174 km. Neste ponto o americano Ricky Brabec (Honda CRF 450 Rally), um dos poucos a não cometer erros de navegação, era o mais rápido, seguido do polonês Ondrej Klymciw, francês Adrien Metge (Sherco TVS 450 Rally), Metge e do francês Pierre-Alexandre Renet (Husqvarna FR 450 Rally).

Após um trecho neutralizado os competidores partiram para os 185 km finais da especial. Stefan Svitko, segundo colocado no Dakar 2016, vinha num bom começo de dia e continuava com um excelente desempenho.

No km 400 o Quintanilla começou a sentir tonturas e teve de ser socorrido pela equipe médica do rally. O chileno, terceiro colocado em 2016, e que nesta manhã ocupava a vice-liderança da prova, abandonava a competição.

Barreda foi o primeiro a completar a etapa, seguido por Michael Metge. Como o francês havia largado atrás, levou a vantagem na etapa.

Walkner chegou com mais de 13 minutos, na 11ª colocação, e Sunderland com 18 minutos, na 13ª posição. O tempo perdido não chegava a incomodar os dois pilotos oficiais da KTM, já que haviam sido mais rápidos que seus concorrentes diretos, sem falar na desistência de Quintanilla.

Classificação da 10ª etapa (extraoficial):

1 – Michael Metge (Honda CRF 450 Rally): 05:48:50
2 – Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally): + 00:00:55
3 – Stefan Svitko (KTM 450 Rally Replica): + 00:01:19
4 – Franco Caimi (Honda CRF 450 Rally): + 00:04:43
5 – Pierre-Alexandre Renet (Husqvarna FR 450 Rally): + 00:05:16

Classificação Geral após a 10ª etapa (extraoficial):

1 – San Sunderland (KTM 450 Rally Replica): 28:07:59
2 – Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica): + 00:30:01
3 – Gerard Farres Guell (KTM 450 Rally Replica): + 00:38:43
4 – Adrien Van Beveren (Yamaha WR 450 F): + 00:41:57
5 – Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally): + 00:53:47

A 11ª etapa será disputada nesta sexta-feira, dia 13/01, entre as cidades de San Juan e Rio Cuarto, na Argentina, com um total de 754 km a serem percorridos. A especial será a mesma para carros, motos, caminhões, quadriciclos e UTVs, com 288km.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.