Pirelli pronta para encarar os desafios do Bacião em Cascavel na Stock Car

Stock Car

Com aproximação a mais de 220 km/h e contorno de curva feito a cerca de 170 km/h por quase 10s, a curva do Bacião, em Cascavel, Paraná, é uma das mais desafiadoras para os pneus da temporada da Stock Car. É justamente isso que as máquinas e os pilotos da Stock Car irão enfrentar neste próximo fim de semana. A categoria chega à cidade paranaense para a nona etapa da temporada, nos dias 18, 19 e 20 de outubro, em um campeonato muito disputado.

Além do Bacião, a pista de Cascavel tem curvas rápidas e técnicas, onde um erro pode custar a disputa do título. Ao todo são sete curvas, sendo cinco para a esquerda e apenas duas para a direita, fazendo com que um bom acerto seja primordial para ter desempenho equilibrado.

O desenho do circuito faz com que as forças laterais sejam as mais altas do ano, principalmente por causa do Bacião. Os carros ficam muito tempo apoiados exercendo grande pressão sobre os pneus do lado direito, de modo que as laterais desses pneus sejam muito estressadas. Em Cascavel, a correta calibragem dos pneus pode ser crucial para conseguir um ótimo resultado ao final das corridas.

“Cascavel é uma pista de altíssima velocidade e onde os pneus são bastante pressionados. Os nossos Pirelli P Zero, para pista seca, e Cinturato, para molhada, estão bem dimensionados para estes esforços, mas o cuidado com a cambagem e a correta calibragem dos pneus, seguido nossas indicações, são determinantes para que todos corram com sucesso”, disse Fabio Magliano, Gerente de Produtos Car e Motorsport da Pirelli para a América Latina.

“Por toda a força lateral exercida, recomendamos às equipes trocarem os dois pneus do lado direito do carro, especialmente o traseiro, que é o responsável também pela tração, durante a parada obrigatória para reabastecimento”, encerra Magliano.

A transmissão da rodada dupla começa às 11h00 deste domingo ao vivo pelo SporTV. O classificatório do sábado será mostrado, também ao vivo, pelo Globoesporte.com, a partir das 13h30. Os treinos livres terão transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook oficiais da categoria, a partir das 10h25 de sexta-feira, todos horários de Brasília.

PNEU DISPONÍVEL

Pista seca: P Zero na medida 305/660-18

Pista molhada: Cinturato na medida 285/645-18

CARACTERÍSTICAS DA PISTA (entre 1 e 5):        

Abrasividade da pista: (3)

Força lateral: (5)
Pneu mais exigido (traseiro direito) 

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS P ZERO:

Cambagem recomendada dianteira: (-5,0°)

Cambagem recomendada traseira: (-3,0°)

Calibragem recomendada sem cobertor: 24 PSI a frio

Calibragem recomendada com cobertor: 27 PSI a frio

Calibragem recomendada a quente: 32 PSI 

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CINTURATO:

Cambagem recomendada dianteira: (-2,0°)

Cambagem recomendada traseira: (-0,0°)

Calibragem recomendada sem cobertor: 26 PSI a frio

Calibragem recomendada a quente: 32 PSI

RESULTADO ANTERIOR

CASCAVEL, 8ª ETAPA 2018

09/09/2018

CORRIDA 1
1º) 11 Lucas Di Grassi, Hero Motorsport, 42min01s287
2º) 88 Felipe Fraga, Cimed Chevrolet Racing, a 10s595
3º) 80 Marcos Gomes, Cimed Chevrolet Racing, a 12s928

CORRIDA 2
1º) 51 Átila Abreu, Shell V-Power, 42min05s782
2º) 4 Julio Campos, Prati-Donaduzzi Racing, a 0s610
3º) 8 Rafael Suzuki, Bardahl Hot Car, a 0s887

DOMINGO, 20 DE OUTUBRO
11h00 – Largada, corrida 1
12h02 – Largada, corrida 2

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.