Piloto da Semana: GP de Abu Dhabi – 30/11/2016

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton

Nome: Lewis Hamilton. Nascimento: 7 de janeiro de 1985, em Stevenage (Inglaterra). Equipe: Mercedes GP (Fórmula 1). Títulos: Multicampeão no Kart (entre 1996 e 2000); Campeão britânico de Fórmula Renault (2003); Campeão europeu de Fórmula 3 (2005); Campeão da GP2 (2006); Três vezes campeão da F1 (2008, 2014 e 2015).

Nico Rosberg conquistou seu primeiro campeonato mundial de Fórmula 1 após suportar a pressão de Sebastian Vettel para chegar em segundo no GP de Abu Dhabi, vencido por seu rival Lewis Hamilton.

Rosberg entrou na 21ª e última etapa da temporada com uma vantagem de 12 pontos e precisava apenas do terceiro lugar para assegurar o título, independente da posição de Hamilton.

Apesar dos persistentes pedidos de sua equipe Mercedes para andar mais rápido, Hamilton segurou o ritmo no trecho final quando estava liderando à frente de Rosberg, permitindo que o pelotão encostasse no alemão.

Contudo, a tática não deu certo, já que Rosberg suportou bem a pressão de Vettel e cruzou a linha de chegada em segundo. Como resultado, Rosberg venceu o campeonato com uma vantagem de cinco pontos, 34 anos depois de seu pai Keke ter alcançado o feito.

Hamilton e Rosberg mantiveram as duas primeiras colocações na largada, mas não abriram vantagem sobre Kimi Raikkonen, que superou Daniel Ricciardo, e Vettel.

Rosberg parou uma volta depois de Hamilton, trocando os ultramacios pelos macios. Ele retornou atrás de Max Verstappen, que havia rodado na primeira curva após um toque com Nico Hulkenberg e estava tentando estender seu trecho com os supermacios.

A Mercedes informou Rosberg que ele precisava passar Verstappen porque o holandês estava andando deliberadamente devagar, o que provocou momentos de tensão quando os dois ficaram roda a roda sem que o piloto da Red Bull facilitasse.

Rosberg controlou o ritmo por algumas voltas, mas a Mercedes lhe pediu para atacar novamente; desta vez, o alemão completou a ultrapassagem nas curvas 8 e 9 e se defendeu antes de curva 11 para retomar o segundo lugar.

As segundas paradas de Hamilton e Rosberg foram tranquilas, com os dois voltando em segundo e terceiro atrás de Vettel, que estava em um segundo trecho longo. A diferença ficou na casa de um segundo durante quase todo o restante da corrida.

Hamilton aparentemente reduziu o ritmo para tentar deixar Rosberg sob pressão. Vettel, que foi o último dos pilotos de ponta a fazer sua última parada, era a maior ameaça. Ele passou a dupla da Red Bull e se aproximou das Mercedes, trazendo Verstappen com ele.

Rosberg reclamou que Hamilton estava lento demais, enquanto a Mercedes instruiu o britânico a aumentar o ritmo, incluindo uma mensagem do chefe técnico Paddy Lowe, mas em certo ponto ele respondeu “nos deixem correr”.

A estratégia acabou não dando certo. Hamilton confirmou sua 10ª vitória na temporada contra nove de Rosberg, com seu companheiro de equipe em segundo. Vettel, Verstappen, Ricciardo e Raikkonen cruzaram a linha de chegada na sequência.

Após seis anos e um título na McLaren, Lewis Hamilton decidiu mudar de ares e está na Mercedes desde 2013. Decisão que tem se mostrado acertada: obteve quatro pole positions e uma vitória (no GP da Hungria) em seu primeiro ano, e já no segundo foi campeão ao obter sete poles e 11 vitórias nas 17 etapas iniciais: Malásia, Bahrain, China, Espanha, Inglaterra, Itália, Cingapura, Japão, Rússia, Estados Unidos e Abu Dhabi.

Em 2015, o domínio foi ainda maior. Em 19 etapas, foram 11 poles e dez vitórias (Austrália, China, Bahrain, Canadá, Inglaterra, Bélgica, Itália, Japão, Rússia e Estados Unidos). O tri foi confirmado com três provas de antecipação. O ano de 2016 não começou bem, mas Lewis Hamilton se recuperou, tendo vencido seis provas em sete: Mônaco, Canadá, Áustria, Inglaterra, Hungria e Alemanha. Após mais uma fase em baixa, dominou as quatro últimas corridas, nos Estados Unidos, no México, no Brasil e em Abu Dhabi, e terminou o ano em alta, apesar do vice-campeonato, com mais 12 poles. Por isso, ele é o Piloto da Semana do Autoracing!

Lewis Hamilton (F1) obteve a vitória entre os internautas com 30% dos votos. Sebastian Vettel (F1) ficou na segunda posição com 30% dos votos, mas com dois a menos.

Texto: Eduardo Behling e Leandro Schmidt – www.autoracing.com.br

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.